- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 163

 

 
 
Edição nº 163, de 08 de junho de 2010
 
O mundo mágico da Internet
O site mais visitado da região
Pirassununga,SP
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
A palavra que você não ouve, a notícia que você não lê, a realidade que você não enxerga.
 
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
 
08 de junho de 2010
O Globo
Manchete: Pacote alemão corta 15 mil servidores e reduz tropas
Objetivo é diminuir o déficit. Medidas permitirão economizar € 80 bi

O governo alemão anunciou ontem um pacote que deverá cortar € 80 bilhões em gastos até 2014 para reduzir o déficit público. Só para o ano que vem, o objetivo é economizar € 11 bilhões. O pacote é o maior adotado pelo país desde a Segunda Guerra Mundial. Entre as medidas anunciadas pela chanceler Angela Merkel estão a demissão de 15 mil servidores e a redução de 40 mil nos quadros das Forças Armadas. O tempo do serviço militar será reduzido de nove para seis meses. Além disso, foi criado um imposto sobre viagens aéreas e foram cortados € 30 bilhões em benefícios sociais. O pacote precisa ser aprovado pelo Parlamento. Os países da zona do euro decidiram criar um fundo de estabilização de € 440 bilhões para socorrer nações do bloco em dificuldades. O euro atingiu ontem seu menor patamar desde março de 2006, mas acabou fechando estável, a US$ 1,1924 em Nova York. (Págs. 1 e 21)

Ingleses terão de apertar os cintos

O premier Cameron disse que a situação fiscal do Reino Unido é "pior que previra". Ele alerta que "nada será como antes" e que os britânicos vão apertar os cintos nos próximos anos, "talvez décadas". (Págs. 1 e 21)
Cúpula do PT soube de dossiê no fim de 2009
A cúpula petista da coordenação da campanha de Dilma Rousseff sabe, desde o fim de 2009, da existência de um suposto dossiê contra o tucano José Serra e sua filha, Verônica Serra. O material passou a ser visto como uma arma secreta, a ser usada em caso de necessidade. (Págs. 1, 3 e editorial "Guerra de dossiês é antidemocrática")
Lula já não descarta disputar eleição de 2014
Numa entrevista sobre a Copa do Mundo, o presidente Lula admitiu a possibilidade de disputar as eleições de 2014. Disse que veria a Copa como torcedor e foi indagado se descartava disputar eleição: "Não, eu não descarto", respondeu. (Págs. 1 e 3)

Vice-versa

PT e PMDB viraram inimigos na Bahia, mas o atual vice do governador Jaques Wagner (PT) será o vice na chapa do ex-ministro Geddel Vieira Uma (PMDB). Jaques e Geddel travam disputa ferrenha pelo governo do estado. (Págs. 1 e 12)
Israel mata 4 suspeitos de planejar ataque
Soldados mataram em Gaza quatro palestinos, acusados de planejar um ataque terrorista por mar contra Israel, elevando a tensão na região. O governo nomeou um comitê para investigar a ação contra a frota humanitária. (Págs. 1 e 26)
Cade analisa serviço da Oi que rastreia internauta (Págs. 1 e 23)
 
Planos de saúde cobrem mais 70 procedimentos (Págs. 1 e 24)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Um terço dos estudantes já se embriagou
Dados estão em pesquisa com alunos do ensino médio das escolas privadas de SP; 7% se embriagam até 5 vezes por mês

Levantamento em escolas particulares da cidade de São Paulo revela que um em cada três estudantes do ensino médio (15 a 18 anos, em média) se embriagou - bebeu cinco ou mais doses de álcool na mesma ocasião - ao menos uma vez no mês anterior à pesquisa.

Feita pelo Centro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), a pesquisa mostra que 5,4% das mulheres e 7,3% dos homens nesse grupo se embriagam de três a cinco vezes por mês. A venda de álcool a menores é proibida.

Dos alunos de 7ª e 8ª série, 14,2% se embriagaram ao menos uma vez. Foram ouvidos 5.226 estudantes em 37 escolas. (Págs. 1, C1 e C3)

Análise

Para psiquiatra, dados são alarmantes e propaganda tem de ser restrita. (Págs. 1 e C1)
PT dará apoio a Hélio Costa para o governo de MG
O PT oficializou o apoio ao ex-ministro Hélio Costa (PMDB) como candidato ao governo de Minas. O petista Fernando Pimentel, que disputará o Senado, disse não saber se continua na equipe de Dilma Rousseff. (Págs. 1 e A4)
Plano alemão prevê corte de R$176 bi em quatro anos
A Alemanha anunciou um plano para reduzir gastos em € 80 bilhões (R$ 176 bilhões) até 2014. A proposta, que irá ao Parlamento, é o maior corte de despesas desde a Segunda Guerra.

No Brasil, a notícia influiu na alta de 1% do dólar, para R$1,878. (Págs. 1, B4 e B9)
Editoriais
Leia "Diversificar e evoluir", sobre dificuldade de o país criar patentes com base em sua flora; e "Humor sem profeta", acerca de cartuns e religião. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Campanha de Dilma muda após dossiê e crise em MG
Coordenador petista, Pimentel perde espaço em meio a escândalo e por causa de acordo com PMDB

O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel deverá se afastar da coordenação da campanha da pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Roussef. Além de ter o nome ligado a um suposto dossiê contra o presidenciável tucano, José Serra, Pimentel sai enfraquecido com a decisão do PT de apoiar a candidatura do senador Hélio Costa (PMDB) ao governo de Minas Gerais. Pimentel desejava concorrer, mas acabou derrotado, com o PT de Minas enquadrado ontem pela direção nacional do partido. Agora, o ex-prefeito será candidato ao Senado na chapa encabeçada por Hélio Costa. Amiga de Pimentel desde a juventude, Dilma ficou irritada com as atitudes do ex-prefeito, pondo em risco a aliança com o PMDB. O isolamento de Pimentel é a segunda baixa na campanha de Dilma - a primeira foi a do jornalista Luiz Lanzetta, que fez contato com agentes de serviços secretos em suposto esquema para produzir dossiês contra Serra. (Págs. 1 e Nacional A4)
Ritmo de crescimento do PIB é o mais rápido desde o Real
O IBGE divulga hoje o PIB do primeiro trimestre. Na média, o mercado aponta alta de 2,5% ante o trimestre anterior, o que significa 10,2% anualizados. Assim, o Brasil deve registrar, a partir do segundo semestre de 2009, o período de crescimento mais rápido desde o Real. Mesmo no piso das expectativas (2,2%), a economia terá dado salto de 6,1% em nove meses, isto é, na comparação com o PIB do segundo trimestre de 2009. (Págs. 1 e Economia B1)
Brasil falha na ONU, e caso do Irã será votado
O Brasil e a Turquia fracassaram ontem na tentativa de abrir mais negociações antes de serem votadas novas sanções contra o Irã no Conselho de Segurança da ONU. Embaixadores de EUA e México (país que preside o conselho) afirmaram que a votação deverá ocorrer ainda nesta semana. (Págs. 1 e Internacional A10)
Agricultura receberá financiamento recorde (Págs. 1 e Economia B3)
 
Código Florestal teve consultoria ruralista (Págs. 1 e Vida A17)
 
Celso Ming: Sem convergências
Às vezes as autoridades do G-20 parecem mais preocupadas em evitar divergências do que em construir convergências (Págs. 1 e Economia B2)
Notas & Informações: Energia cara para a indústria
Arrecadação cresceu, mas não houve sinal de melhora na política oficial para o setor elétrico. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: PT enquadra PT em Minas
Hélio Costa é escolhido, e Pimentel perde espaço

A direção nacional do PT enquadrou o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel e confirmou para a disputa do governo de Minas Gerais o nome do ex-ministro das Comunicações Hélio Costa (PMDB). Pimentel se desgastou pela insistência em disputar o cargo e por ter o nome envolvido na tentativa de criação de um suposto dossiê com denúncias contra o tucano José Serra, rival da candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff. O presidente do partido, José Eduardo Dutra, reconhece que será "difícil", mas crê na vitória no segundo colégio eleitoral do país. (Págs. 1 e País A4)
Necessidade de crescer com ordem
Ministro faz alerta sobre a questão das encostas, em seminário no Rio

No seminário Chuvas de abril, lições e soluções, ontem no Rio, ficou clara a urgência de investimento em geotecnia - pois o problema dos deslizamentos de encostas é independente da ocupação irregular. O ministro das Cidades, Marcio Fortes, chamou a atenção dos municípios fluminenses para a necessidade de ordenar o crescimento das cidades, dando atenção à macro e à microdrenagem. (Págs. 1 e Tema do dia A2 e A3)
Planos de saúde: boa e má notícias
O acesso a novos serviços já beneficia, desde ontem, milhões de segurados de planos de saúde. A má notícia é o futuro aumento dos preços. (Págs. 1 e Economia A12)
O Pantanal que supera a Amazônia
O aumento na produção de carvão e a expansão das pastagens levam o ritmo de desmatamento no Pantanal a superar o da Amazônia. (Págs. 1 e Vida, Saúde & Ciência A16)
Israel e sua lista de "terroristas"
Israel justificou o ataque à embarcação que tentava furar o bloqueio a Gaza com um documento que informa que pelo menos cinco passageiros eram "conhecidos pelo envolvimento em atividades terroristas". (Págs. 1 e Internacional A15)
Bhopal chora a impunidade
Vinte e seis anos após um vazamento de gás tóxico ter matado 25 mil pessoas em Bhopal, na Índia, oito acusados foram condenados a apenas dois anos de prisão. Ex-presidente da Union Carbide, um americano está foragido. (Págs. 1 e Internacional A14)
Nova safra com sustentabilidade
O financiamento de R$ 2 bilhões a ações capazes de reduzir a emissão de gases do efeito estufa na lavoura é novidade no Plano Agrícola e Pecuário 2010/2011, lançado ontem pelo Ministério da Agricultura. (Págs. 1 e País A5)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: Caixa de Pandora: De investigador a investigado
Ministério Público abre processo contra Leonardo Bandarra, mas ele fica no cargo

O procurador-geral de Justiça do DF, Leonardo Bandarra, escapou de ser afastado do cargo pelo Conselho Nacional do Ministério Público. Mas vai responder a processo administrativo disciplinar por suspeita de vazamento de informações e corrupção. Os integrantes do Conselho acompanharam de forma unânime o voto do corregedor nacional do MP, Sandro Neis. Ele defendeu uma investigação sobre a conduta de Bandarra e da promotora Deborah Guerner ao identificar “indícios muito fortes” de falta funcional, em favorecimento a Durval Barbosa. O afastamento dos dois agentes públicos foi negado em resultado apertado — 7 votos a 5. (Págs. 1 e 27)
Transporte: Sem verbas, recarga do Passe Livre é suspensa
A Fácil, empresa que administra o benefício, não atenderá os estudantes a partir de hoje. Os R$ 6 milhões liberados pelo GDF já acabaram e somente novo aporte, ainda sem previsão, reabrirá o serviço. O governo enviará à Câmara um projeto limitando o alcance do programa, voltado a 132 mil alunos. (Págs. 1 e 31)
Crescimento: PIB de 2010 começa em ritmo chinês após a crise
O Produto Interno Bruto no primeiro trimestre deve chegar a até 3%, segundo especialistas. Produção industrial, investimentos e consumo das famílias garantiram forte expansão no início do ano. Mas a atividade econômica esfriará com a política do BC em aumentar juros para conter a inflação. (Págs. 1 e 12)
Gaza: Israel mata 4 palestinos suspeitos de terrorismo
A Marinha israelense aniquilou uma operação realizada por quatro militantes palestinos. Segundo os militares, eles estavam vestidos de mergulhadores para um ataque terrorista. Fawzi Barhoum, um dos líderes do Hamas, afirma ao repórter Rodrigo Craveiro que a facção está disposta a uma conciliação com o Fatah. (Págs. 1 e 22)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
 
Manchete: NE oferece 30% dos novos empregos na construção
Em ebulição, a indústria da construção civil cresce a taxas chinesas no Nordeste, resultado da combinação entre crédito farto, déficit habitacional elevado e crescentes investimentos em infraestrutura. O bom momento, no entanto, vem acompanhado de uma grave crise na oferta de mão de obra, o que já está se traduzindo em perdas para algumas empresas. Faltam pedreiros, pintores, carpinteiros, eletricistas, engenheiros e até estagiários. A região responde por três em cada dez empregos gerados no setor em todo o país, enquanto o consumo de cimento nos nove Estados cresceu em média 9,3% ao ano entre 2006 e 2009, muito acima da média nacional de 5,9%.

O mercado da construção no Nordeste deve continuar aquecido nos próximos anos. Além das boas perspectivas para o segmento residencial, puxado pelo programa Minha Casa Minha Vida e pelo aumento do crédito imobiliário, a região abrigará três sedes da Copa do Mundo de 2014, o que deverá gerar investimentos importantes em Fortaleza, Recife e Salvador. (Págs. 1 e A12)
Operação de bancos é 20% pela internet
Ao completar 15 anos de funcionamento, as transações bancárias pela internet no país já respondem por 20% de todas as 47 bilhões de operações feitas nos bancos, o dobro do volume de seis anos atrás. O número de operações on-line só perde para os realizados em caixas eletrônicos (ATMS). Existem, ao todo, 35 milhões de contas correntes que apresentam movimentação regular pela internet.

Apesar desse avanço, pesquisa sobre os hábitos dos internautas no país em 2009 mostra que apenas 14% costumam realizar transações pelos sites dos bancos. O percentual recuou em relação aos 18% registrados em 2005, refletindo o desafio dos bancos para conquistar o novo internauta das classes mais baixas. (Págs. 1 e C1)
Oferta da Petrobras pode superar a de banco chinês
A oferta pública inicial de ações do Banco Agrícola da China provavelmente levantará muito menos que os US$ 30 bilhões estimados inicialmente e que configurariam a maior operação do gênero no mundo. Agora, a expectativa é de captar pouco mais de US$ 20 bilhões, menos que o Banco Industrial e Comercial da China captou em 2006 - US$ 22 bilhões.

Além do momento ruim - o mercado acionário chinês caiu cerca de 20% desde meados de abril, devido a preocupações generalizadas com a economia do país -, o Agrícola é o último dos grandes bancos estatais chineses a abrir seu capital e é considerado a mais fraca das instituições financeiras no país. (Págs. 1, D2 e D4)
Foto legenda: Sem café pequeno
A Melitta quer aumentar em mais de 50% sua receita no Brasil nos próximos sete anos e acirrar a disputa com a líder de mercado, Sara Lee, diz seu presidente, Bernardo Wolfson. (Págs. 1 e B12)
CVM vê fraude na compra da GVT por Vivendi
A Vivendi está sendo acusada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por irregularidades cometidas na aquisição da GVT, realizada em novembro. A operação foi inovadora no mercado brasileiro e as brechas utilizadas pelo grupo francês para vencer a disputa com a Telefónica levaram a autarquia a rever a regulamentação sobre essas operações.

Após investigação internacional, a CVM concluiu que a transação foi fraudulenta. A Vivendi também é acusada por falha na comunicação aos investidores, que resultaram em manipulação do mercado. Procuradas, CVM e Vivendi não comentaram o assunto. (Págs. 1 e D9)
Oi aceita PT, mas quer ter reciprocidade
A Oi está aberta à entrada da Portugal Telecom (PT) em seu capital desde que a participação seja minoritária e recíproca, o que quer dizer que a companhia brasileira adquiriria uma parcela da empresa portuguesa. A PT analisa oferta de € 6,5 bilhões feita pela espanhola Telefónica por sua participação de 50% no controle da operadora móvel brasileira Vivo. A negociação com a Oi só será levada adiante se os portugueses fecharem um acordo com os espanhóis.

O controle e a gestão da Oi estão fora da negociação, segundo apurou o Valor, embora executivos que representam a empresa portuguesa venham reforçando o interesse em tocar a operação brasileira. A negociação, se levada adiante, deverá resultar na venda de uma parcela minoritária da Telemar Participações. (Págs. 1 e D1)
Livro eletrônico começa a mudar a indústria editorial (Págs. 1 e B7)
 
Comissão de Inquérito do Congresso dos EUA aumenta pressão sobre Goldman Sachs (Págs. 1 e C3)
 
Jean-Claude Juncker detalha o pacote de socorro aos mercados europeus (Págs. 1 e C2)
 
Salários mais altos na China
Aumentos salariais na China devem elevar os preços das exportações do país e afugentar investidores. Por outro lado, podem melhorar o consumo interno e equilibrar um pouco mais a economia local. (Págs. 1 e A8)
Dualidade aérea
Empresas aéreas internacionais deverão encerrar o ano com lucro conjunto de US$ 2,5 bilhões. Na Europa, setor deve ter prejuízo de US$ 2,8 bilhões. (Págs. 1 e B4)
Campo fértil
Produtos de marca própria têm boa aceitação pelo consumidor brasileiro, mas potencial do segmento ainda é pouco explorado pelos varejistas. (Págs. 1 e B5)
Avanço dos importados
O aumento do poder aquisitivo e da oferta de crédito, a taxa de câmbio favorável e a crise nos países ricos favorecem as vendas de automóveis importados no mercado brasileiro. (Págs. 1 e B8)
Negócios do petróleo
A Lupatech fechou mais dois contratos com a Petrobras no valor de R$ 1,4 bilhão nos próximos cinco anos. A área de petróleo responde por 70% da receita do grupo. (Págs. 1 e B8)
Equipamentos para construção
O grupo Megga, maior importador de máquinas-ferramenta do Brasil, fecha parceria com a chinesa Lonking para a venda de equipamentos para construção pesada. (Págs. 1 e B9)
Elevação do suco
Perspectivas de que o Brasil colherá nesta temporada sua pior safra de laranja em sete anos deve impulsionar as cotações do suco nos próximos meses. (Págs. 1 e B12)
Alternativas de crescimento
A gestora de recursos do Santander foca sua atuação em produtos mais estruturados, como os fundos de capital protegido, e na ampliação do braço "offshore", diz a diretora-executiva da asset, Luciane Ribeiro. (Págs. 1 e D3)
Receita mira paraísos fiscais
A Receita Federal ampliou de 53 para 73 o número de países classificados como paraíso fiscal. Operações realizadas com esses destinos têm tributação maior. (Págs. 1 e E1)
Ideias
Delfim Netto
Futuro da moeda comum europeia está ameaçado e é preciso salvá-la aprofundando a integração na zona do euro. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Charles A. Kupchan
Cessar o diálogo com o governo do Irã sobre seu programa nuclear seria um equívoco perigoso e precipitado. (Págs. 1 e A11)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: Água de Pirapama para 400 mil pessoas (Pág. 1)
 
Receita Federal libera o primeiro lote da restituição do IR 2010 (Pág. 1)
 
Israel ataca barco pequeno e mata quatro palestinos (Pág. 1)
 
Crise alemã (Pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
 
 
Repasse. Se nos anos 40 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.