- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 198

 

 
 
Edição nº 198, de 14 de julho  de 2010
 
O mundo mágico da Internet
O site mais visitado da região
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
 
Sinopses anteriores:
14 de julho de 2010
O Globo
 
Manchete: Brasil atrasado para a Copa de 2014: Lula abre guerra à Fifa: ‘Não somos um bando de idiotas’
Mas governo desperdiçou três anos e principais obras nem saíram do papel

Apesar de o Brasil ter sido escolhido há três anos para sediar a Copa de 2014 e ainda não ter iniciado nenhuma das obras fundamentais, o presidente Lula abriu guerra à própria Fifa, que, anteontem, manifestou preocupação com o atraso. "Vocês viram que terminou a Copa, agora, e já começam aqueles a dizer. ´Cadê os aeroportos brasileiros? Cadê os estádios brasileiros? Cadê os corredores de trem brasileiros? Cadê os metrôs brasileiros? Como se nós fôssemos um bando de idiotas que não soubéssemos fazer as coisas e não soubéssemos definir as nossas prioridades", afirmou o presidente no lançamento do edital do Trem de Alta Velocidade (TAV), em Brasília. Pelo cronograma original, o atraso neste projeto, o do popular trem-bala, é de um ano e 10 meses. (Págs. 1 e Caderno Esportes e Economia, 21)

Expediente trocado

O presidente Lula fez ontem elogios à candidata petista, Dilma Rousseff, em evento oficial sobre o trem-bala, na sede do governo, em Brasília. Depois, desistiu de participar, fora do expediente, da inauguração do comitê eleitoral da petista. (Págs. 1 e 3)
Mais de 2.300 pedidos de impugnação de candidaturas (Págs. 1 e 13)
 
Governo recua na ´Segurobrás´
Empresários criticam e nova estatal não será mais criada por medida provisória

Após críticas do setor privado e da oposição, o governo não irá mais recorrer a uma medida provisória para criar a Empresa Brasileira de Seguros (EBS), 12ª estatal de Lula. A ideia agora é mandar um projeto de lei ao Congresso, com limitações para a empresa atuar. (Págs. 1 e 22)

... e na propaganda de alimentos

Temendo uma onda de contestações na Justiça, a Advocacia-Geral da União recomendou que a Vigilância Sanitária volte atrás na restrição à propaganda de alimentos e bebidas. (Págs. 1 e 24)
Menor é o 1º denunciado no Caso Bruno
O Ministério Público de Minas denunciou o menor de 17 anos, primo do goleiro Bruno, por três crimes: sequestro, homicídio e ocultação de cadáver. Ele admitiu que participou do sequestro. A punição máxima que ele pode receber é de três anos. (Págs. 1 e 19)
Espanha isola presos soltos por Cuba
Os primeiros sete presos políticos libertados pelo regime cubano chegaram ontem a Madri. Mas o esquema de segurança, que os isolou até de outros exilados, não condizia com o status de imigrantes, como o governo espanhol os classifica. (Págs. 1 e 27)
Concentração de renda sobe apenas no DF
O país tirou 12,8 milhões de pessoas da pobreza entre 1995 e 2008, com melhora na distribuição da renda em todas as regiões. A exceção foi o DF, onde a concentração cresceu com a alta de salários e a contratação de servidores. (Págs. 1, 23 e Míriam Leitão)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Lula usa evento oficial para enaltecer Dilma
Atitude pode ser classificada como abuso de poder, pelo uso da máquina pública

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva elogiou a candidata do PT Dilma Rousseff durante o lançamento do edital do trem-bala, realizado na sede do governo.

Lula já recebeu seis multas - no valor de R$ 42,5 mil - por fazer campanha antecipada para a petista.

Essa foi a primeira vez em que o presidente citou Dilma em evento oficial depois do registro da candidatura dela, que ocorreu no dia 5.

A atitude de Lula pode em tese ser caracterizada como abuso de poder. A punição para isso é a inelegibilidade.

Advogados consideram, porém, ser muito difícil que isso ocorra. O Tribunal Superior Eleitoral precisaria avaliar interferência no resultado da eleição. (Págs. 1 e A4)

Análise
Lula desafiou abertamente a lei eleitoral, escreve Fernando Rodrigues. (Págs. 1 e A4)
Foto legenda: Acenos no exílio
Os sete dissidentes libertados após acordo do governo cubano com a Igreja saúdam jornalistas na chegada ao aeroporto de Barajas (Madri); os ex-presos políticos evitaram criticar o regime castrista (Págs. 1, A12 e A13)
Há problemas em 1 de cada 8 candidaturas
Os Ministérios Públicos Eleitorais de 23 Estados mais o DF impugnaram até ontem à noite 2.308 candidaturas às eleições de outubro –13% dos pedidos de registro de candidatura nesses Estados (17,6 mil). Só em Alagoas, são 383 contestações (87% dos 438 pedidos).

A maioria das impugnações deve-se à falta de documentação no registro dos candidatos. Segundo as Procuradorias, ao menos 220 (9,5%) foram motivadas por descumprimento da Lei da Ficha Limpa. Os TREs têm de julgar as contestações até 5 de agosto. (Págs. 1 e A9)
Apenas a BP perde mais valor do que a Petrobras
De janeiro até ontem, o valor de mercado da Petrobras em dólares -dado pelo preço das ações em Bolsa - recuou 24,5%, segundo a agência Bloomberg. A única grande empresa do setor de petróleo com evolução pior é a BP - queda de 30,6%.

Incertezas em torno do processo de capitalização da empresa brasileira - essencial para o investimento no pré-sal - explicam a baixa no valor dos papéis da Petrobras. O governo promete realizar a operação até o final de setembro. (Págs. 1 e B1)
Cientistas defendem a liberação da maconha
Membros da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento divulgaram carta pró-maconha. Com mais de 1.500 pesquisadores, a instituição defende o uso medicinal e diz que o consumo próprio não deveria ser visto como crime.

Para o neurocientista Sidarta Ribeiro, o Brasil está atrasado na discussão sobre a liberação. Mas não há consenso entre estudiosos. A Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas é contrária ao uso, até na medicina. (Págs. 1 e C1)
AGU é contra advertência na propaganda de alimentos
A pedido do mercado publicitário, a Advocacia-Geral da União recomendou suspender resolução da Anvisa sobre propaganda de alimentos. Pela regra, a publicidade terá de incluir advertências sobre eventuais problemas para a saúde.

A Anvisa só deve falar sobre o parecer hoje. (Págs. 1 e C5)
Boa Notícia: Aids recua entre os jovens africanos, mostra pesquisa (Págs. 1 e A15)
 
Editoriais
Leia "Mudança de ritmo", que comenta desaceleração na economia; e
"ECA, 20 anos", acerca da implementação do Estatuto da Criança e do Adolescente. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Lula desafia Lei Eleitoral ao promover Dilma em evento
No lançamento do edital do trem-bala, presidente atribui a sua candidata a responsabilidade pelo projeto

O presidente Lula explorou o lançamento do edital de licitação do trem-bala para promover sua candidata ao Planalto, Dilma Rousseff (PT) - a quem atribuiu a responsabilidade pelo projeto. O uso de eventos públicos oficiais em favor de determinado candidato é um potencial desafio à Lei Eleitoral, como o próprio presidente admitiu, ao dizer que "nem poderia falar" o nome de Dilma. "Mas a história a gente não pode esconder por causa de eleição”, argumentou Lula. Ele fez também críticas às realizações de governos anteriores e citou o desabamento de um túnel do Metrô em São Paulo em 2007, no governo do agora candidato à Presidência José Serra (PSDB). (Págs. 1 e Nacional A4)

Estatal terá poder de veto no trem-bala

A estatal que será criada pelo governo para ser sócia do trem-bala terá poder de veto para algumas questões dentro da empresa formada pelos futuros vencedores da licitação. A participação da estatal será de 33%. O governo nega que a prerrogativa do veto seja uma forma de interferência na administração. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)
Foto legenda: Cubanos libertados dizem que luta segue
Sete dissidentes libertados pelo regime cubano chegaram a Madri, onde anunciaram a intenção de continuar a luta pela democracia na ilha. ´Uma palavra cabe a Cuba: mudança. Para mim e para os meus companheiros a mudança começa pela liberdade´, diz Ricardo González. (Págs. 1 e Internacional A10)
Terreno de SP para Copa de 2014 está contaminado
Relatório da Cetesb mostra que o terreno de Pirituba onde a CBF cogita construir o estádio de São Paulo para a Copa de 2014 está contaminado por metais pesados e passa por processo de "recuperação ambiental", informa Diego Zanchetta. Para ambientalistas, a descontaminação levará ao menos três anos. A Prefeitura diz que é possível encerrar o trabalho em um ano. (Págs. 1 e Cidades C1)
Presidente se irrita com CBF pelo Morumbi
O presidente Lula considera um equivoco a decisão da CBF de excluir o Morumbi da Copa do Mundo de 2014 e que a entidade deveria recuar, informa o repórter João Domingos. Segundo assessores, ele ficou irritado com a confusão e atribuiu os atrasos no cronograma de obras em parte à CBF. (Págs. 1 e Esporte E6)

Lula, presidente
"Terminou a Copa agora e já começam a dizer: ´Cadê os aeroportos brasileiros? Cadê os corredores de ônibus?´ Enfim, como se fôssemos um bando de idiotas que não soubéssemos fazer as coisas e definir as nossas prioridades."
Curetagem após aborto lidera cirurgias
A curetagem após aborto foi a cirurgia mais realizada no Sistema Único de Saúde entre 1995 e 2007, segundo levantamento do Instituto do Coração. Foram analisados mais de 32 milhões de procedimentos cirúrgicos. Entre 1.568 tipos de cirurgias, as curetagens lideraram, com 3,1 milhões. Em seguida, vieram as correções de hérnia (1,8 milhão). (Págs. 1 e Vida A15)
Emenda do divórcio imediato é promulgada (Págs. 1 e Vida A17)
 
Terras de estrangeiros terão mais controle (Págs. 1 e Nacional A9)
 
Magazine Luiza negocia compra de rede do NE (Págs. 1 e Negócios B12)
 
Rolf Kuntz: Investindo em poder
Com a criação da Empresa Brasileira de Seguros, mais um instrumento de poder e de arbítrio vai reforçar o grande arsenal montado por Lula. (Págs. 1 e Economia B8)
Notas & Informações: A moeda de troca de Cuba
Os prisioneiros de consciência são usados para manter respirando a agonizante economia local. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Polêmica viaja no trem-bala
Lula quer projeto pronto até 2016 e atribui o sucesso a Dilma Rousseff

O leilão do trem de alta velocidade entre Rio, São Paulo e Campinas, anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para 16 de dezembro, virou tema de campanha. A obra de R$ 33 bilhões tem o limite do cronograma para 2017, após a Copa do Mundo e os Jogos de 2016, mas Lula quer sua conclusão antes da Olimpíada. "Devemos o sucesso disso a uma mulher", disse o presidente. Do Maranhão, o tucano José Serra ironizou: "O trem-bala é um projeto que não está claro". Coreia, Japão, China, Alemanha, França e Espanha estão interessados na obra, incluindo estações no Galeão, Cumbica e Viracopos. (Págs. 1 e País A4 e Economia A17)
Foto legenda: Vento leva o que vier pela frente
É fria – Uma das janelas de um hotel em obras, em Copacabana, caiu por causa da forte ventania que atingiu o Rio no fim da noite de segunda-feira – felizmente ninguém se feriu. Segundo a meteorologia, era a entrada da frente fria que deve permanecer até amanhã. (Págs. 1 e Cidade A7)
Vendas do varejo crescem
As vendas do varejo brasileiro tiveram crescimento de 10,2% em maio, na comparação com o mesmo período do ano passado, lideradas pelos bens duráveis. (Págs. 1 e Economia A18)
Cubanos livres, mas em Madri
Em clima de festa e sob repercussão positiva da comunidade internacional, chegaram ontem a Madri os sete primeiros dissidentes políticos libertados pelo governo cubano. Outros quatro presos deverão ser libertados hoje. (Págs. 1 e Internacional A21)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: Aumenta o abismo entre ricos e pobres no DF
Distrito Federal é a única unidade da federação onde a desigualdade social se agravou, segundo estudo do Ipea. País erradica a pobreza em 2016 se investir em educação (Págs. 1, 11 e 12)
Violência no Caseb: Acusados de espancar jovem vão para o Caje
Justiça determina que os seis adolescentes suspeitos de agredir um estudante passem 45 dias internados, sob acusação do Ministério Público de tentativa de homicídio. O garoto de 15 anos linchado no início deste mês na Asa Sul, após sair da aula, pode sofrer mais uma cirurgia no cérebro. (Págs. 1 e 26)
Foto legenda: Aliados no trem da Dilma
Petista inaugura comitê em Brasília com a presença de Agnelo Queiroz, José Sarney e outros. Mais cedo, o presidente Lula elogiou a candidata no lançamento de edital do trem-bala. (Págs. 1 e 2)
Impugnados
Quatro candidatos ao Buriti e três ao Senado tiveram seus registros contestados no TRE (Págs. 1 e 23)
Livres, enfim, “inimigos” de Fidel Castro
Sete ex-presos políticos do regime cubano chegaram a Madri. Um deles, Léster Penrón, contou ao repórter Rodrigo Craveiro o que sente depois de sete anos de prisão. “Sinto-me estranho”. (Pág. 1)
Caso Bruno
Em depoimento, ex-presidiário liga o ex-policial Marcos dos Santos, o “Bola”, suspeito de ter assassinado Eliza Samudio, a grupos de extermínio em Minas Gerais. (Pág. 1)
Estrangeiros: CNJ exige o controle da venda de terras
Por determinação do Conselho Nacional de Justiça, os cartórios serão obrigados a informar a cada três meses a aquisição de propriedades rurais brasileiras por grupos ou pessoas de outros países. Em uma série de reportagens, o Correio mostrou o descontrole desse tipo de negócio no país. (Págs. 1 e 7)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
 
Manchete: Magazine Luiza reage e negocia duas aquisições
O Magazine Luiza, terceira maior rede de varejo eletroeletrônico no Brasil, está na reta final das negociações para fazer duas aquisições de peso, num primeiro sinal de reação à série de aquisições finalizadas pelos seus maiores concorrentes nos últimos meses. Havia grande expectativa em relação à forma como a companhia se comportaria após a megafusão de Casas Bahia e Ponto Frio e a união de Ricardo Eletro e Insinuante. A nova tacada da empresária Luiza Helena Trajano deve alterar, novamente, o cenário do varejo nacional.

Só faltam alguns detalhes para que, dentro de alguns dias, o Magazine Luiza possa anunciar a aquisição da Lojas Maia, rede paraibana com 140 lojas, cerca de R$ 1 bilhão de faturamento em 2009 e comandada pelos irmãos Maia, conforme apurou ontem o Valor. Ao mesmo tempo, a equipe do Magazine Luiza está em conversas avançadas para fechar uma transação com a Lojas Colombo, do empresário Adelino Colombo, a maior cadeia varejista do sul do Brasil. (Págs. 1 e B1)
Remessas de lucros sobem com a crise
O forte crescimento da economia brasileira não foi suficiente para atrair o reinvestimento do dinheiro aplicado no país pelas multinacionais. Elas ampliaram muito as remessas de lucros e dividendos para as matrizes nos últimos anos. Em 2010, com a crise, esse movimento se intensificou e, até maio, já foram enviados US$ 10,8 bilhões, 38% a mais que no mesmo período de 2009. Os países europeus foram os que mais ampliaram a repatriação. Os investimentos estrangeiros diretos somaram US$ 11 bilhões no ano, sem avanço em relação a 2009. Mantido esse ritmo, há chance de as remessas superarem os investimentos, o que não ocorre desde 1994. (Págs. 1 e C1)
Foto legenda: O marketing da picanha
Nos últimos três anos, as churrascarias da Fogo de Chão saltaram de 6 para 16 nos EUA, superando o berço brasileiro, que tem 6 unidades. Com a crise mundial, Arri Coser, sócio da empresa, pisou no freio, mas o marketing da picanha é forte nos EUA e ele voltará a investir em 2011. (Págs. 1 e B4)
Dividendos que vão direto para a conta
Os fundos de dividendos, que selecionam empresas que regularmente distribuem lucros, atraem os investidores mais conservadores com a opção de aplicar em ações e ter rendimento relativamente garantido. Em vez de incluir o dividendo no valor das cotas, alguns fundos o creditam diretamente na conta do cliente. A principal vantagem é fiscal. O dividendo é isento de IR para pessoas físicas, mas, se somado à cota do fundo, como faz a maioria dos gestores, passa a estar sujeito à tributação de 15% nos resgates. (Págs. 1 e D1)
Setor financeiro considera Palocci fiador da continuidade
O mercado financeiro está administrando risco ao aproximar-se do ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, reconhecido como interlocutor da candidata do PT a presidente, Dilma Rousseff.

O setor está confiante que Palocci é, junto a Dilma, o fiador da continuidade da política econômica, mas reconhece que nada garante que a candidata, se eleita, seguirá a cartilha pautada pela disciplina fiscal, câmbio flutuante e metas para a inflação.

Interlocutores de Palocci tentam mapear, por exemplo, o poder que Dilma terá no Congresso, onde uma coletânea de projetos em apreciação embute o risco potencial de elevação dos gastos públicos em cerca de R$ 290 bilhões, entre 2011 e 2013. O setor financeiro prepara-se para a eleição, mas o dólar e o risco-país, termômetros de inquietação, em nada lembram o pleito de 2002, quando Lula chegou ao Planalto. (Págs. 1 e A10)
Suzano dá um salto na biotecnologia
Com a compra da Futuragene, companhia britânica de biotecnologia que tem operações nos EUA, Israel, China e sudeste da Ásia, a Suzano Papel e Celulose avança rumo ao plantio de florestas geneticamente modificadas. Além de acelerar as pesquisas de melhoramento genético, o negócio ajuda a internacionalização da empresa e abre chances em novos mercados, como o de fornecimento de tecnologia para culturas ligadas à produção de biocombustíveis. (Págs. 1 e B7)
Ruralistas propõem subsídios diretos de R$ 25 bilhões como seguro-renda rural (Págs. 1 e B12)
 
Cartórios informarão compra de terras por estrangeiros (Págs. 1 e B12)
 
Risco de deflação volta a agitar o Fed, chefiado por Bernanke (Págs. 1 e C8)
 
Mudança de tecnologia
A desenvolvedora de chips para tecnologia CDMA Qualcomm associou-se à 3G Americas, organização da indústria sem fio que representa o sistema GSM. (Págs. 1 e B3)
Venda do Anglo
A proposta financeira de compra do Anglo feita pela Abril Educação foi "de longe" a melhor, explicou ontem Guilherme Faiguenboirn, ex-dono do Anglo. Dois outros grupos tinham interesse. (Págs. 1 e B4)
Crédito de carbono
O grupo franco-belga GDF Suez fechou o segundo contrato de créditos de carbono, chamados de Reduções Certificadas de Emissão (RCEs), com usinas hidrelétricas no Brasil. (Págs. 1 e B8)
Dragagem em São Francisco
O porto de São Francisco do Sul, no Norte de Santa Catarina, inicia hoje as obras para dragagem do canal de acesso. A obra tem recursos do PAC. (Págs. 1 e B8)
Expansão em Suape
O Porto de Suape (PE) encerrou o primeiro semestre com pouco mais de 4 milhões de toneladas movimentadas, um crescimento de 18,4%. (Págs. 1 e B8)
Sem açúcar
Os embarques de açúcar foram paralisados ontem em Santos e Paranaguá por causa das chuvas. Deixou-se de exportar cerca de 150 mil toneladas. (Págs. 1 e B11)
Captação da Gol
A companhia aérea Gol captou ontem US$ 300 milhões com um bônus de 10 anos. O rendimento pago aos investidores foi de 9,5%. A demanda pelos títulos chegou a cerca de US$ 900 milhões. (Págs. 1 e C1)
Espanhóis na Copa
A seguradora espanhola Cesce planeja investir US$ 30 milhões no país até 2014, em parte por causa dos projetos para a Copa no Brasil, afirma Joaquín de La Herrán, diretor-geral no país. (Págs. 1 e C3)
Em busca de alunos
Com 110 anos, a Universidade de St. Gallen - mais conhecida pelas iniciais em alemão HSG - passa a ter representação oficial no Brasil, além de lançar um programa de empreendedorismo. (Págs. 1 e D10)
Ideias
Rosângela Bittar

Estratégia do presidente Lula é eleger Dilma e garantir eleição de uma maioria governista confortável no Senado. (Págs. 1 e A6)
Ideias
Martin Wolf

Crise pôs fim ao ´acordo´ do pós-guerra, de pleno emprego e alto consumo nos EUA e do Estado de bem-estar social na Europa. (Págs. 1 e A9)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: O ano em que os pobres vão salvar o mundo
A crise que assombra a Europa não deve arrastar o mundo para um novo colapso financeiro graças ao crescimento de países da América Latina e Ásia. A avaliação é do diretor gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI). Para Dominique Strauss-Kahn, a possibilidade de recessão global é remota por conta da previsão de bom desempenho do PIB de nações como Brasil, China e Índia. E uma das principais razões para a situação mais confortável desses países é a ascensão social da população de baixa renda. (Págs. 1 e 14)
Ipea prevê fim da miséria em Minas até 2013
Segundo instituto, problema no estado deve ser superado três anos antes que no país. Entre 1995 e 2008, 13,1 milhões de brasileiros saíram da probreza extrema. (Págs. 1 e 13)
Foto legenda: Eles querem justiça
Mais de 500 jovens fazem manifestação em frente ao Tribunal de Justiça de Minas, em BH, para lembrar os 20 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente e pedir criação de vara especializada. O presidente Lula deve sancionar hoje lei que proíbe palmadas ou qualquer castigo físico a crianças. (Págs. 1 e 26)
Divórcio fica mais rápido e mais barato
Lei que dispensa prazo de separação para anular casamento entra em vigor e vai beneficiar 153 mil pessoas por ano. Custo do processo deve cair até 50%. (Págs. 1 e 9)
Caso Bruno: Caseiro rompe silêncio e leva polícia a novas buscas em sítio
Elenilson Vítor da Silva contraria advogados de defesa e diz à polícia que Bruno esteve no sítio nos dias em que Eliza Samudio foi mantida em cárcere privado no local. Em Contagem, menor depõe e reafirma que viu mão da ex-amante do goleiro ser atirada aos cães.

Outro crime no currículo

Ex-presidiário liga o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, suspeito de esquartejar Eliza, ao sumiço de dois presos em 2008. (Págs. 1 e 21 a 23)
Cidadania: Eleitor já pode se cadastrar para votar em trânsito
Eleitores que estarão fora da cidade em que votam em outubro já podem procurar cartórios eleitorais de BH para garantir o direito de escolher o presidente. Os pedidos precisam ser feitos até 15 de agosto. Só vai poder votar em trânsito quem não tiver pendência no TRE. (Págs. 1 e 5)
Foto legenda: Enfim, livres
Sete presos políticos libertados pelo governo cubano acenam para fotógrafos logo após desembarcar no aeroporto de Madri. Outros quatro devem chegar hoje à Espanha, onde vão ganhar status de imigrantes. (Págs. 1 e 18)
Itália: Polícia prende 300 da máfia calabresa
Operação com mais de 3 mil agentes desbaratou a maior organização criminosa do país, a ‘Ndrangheta. Líder do bando foi detido na Calábria, no Sul do país. (Págs. 1 e 19)
Ciência: Pesquisa revela mapa da hepatite C no Brasil (Págs. 1 e 20)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: Divórcio mais ágil
Congresso promulgou a emenda que facilita dissolução das relações. Decisão deixa os recém-separados, sem filhos menores, imediatamente desimpedidos. Antes, era preciso esperar um ano ou comprovar dois anos de separação de fato. (Pág. 1)
Cartórios - Concurso vai selecionar titulares. (Pág. 1)
 
UPE inscreve fera a partir de amanhã
Provas acontecem de 28 a 30 de novembro. Seleção terá três novos cursos e 2.864 vagas, sendo 20% para cotistas. (Pág. 1)
Segurobrás (Pág. 1)
 
Sete dissidentes cubanos já estão em Madri (Pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: Procuradoria impugna 28 candidatos no RS
Entre os ameaçados, estão o presidente da Assembleia, um deputado estadual do PT e o candidato a vice-governador pedetista. (Págs. 1, 6 e Rosane de Oliveira, 10)
Foto legenda: O Sul gelado
Onda de frio intenso que congela parte do Brasil derruba a temperatura para -2,1°C em Cambará, no Rio Grande do Sul (Págs. 1, 4, 5 e 32)
Limite a pais: Lula propõe a proibição da palmada
Medida defende direito dos filhos de serem educados sem o uso de castigos corporais. (Págs. 1 e 27)
Vias sem dono: “Existe desejo de resolver o problema”
Ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, aposta em “discussão ordenada” com o governo Yeda. (Págs. 1 e 14)
Até 2015: Estudo prevê a erradicação da miséria no RS
Ipea, que analisou quadro de todo o país, contabiliza 2,75 milhões de gaúchos na pobreza. (Págs. 1 e 18)
Reação: Tráfico de crack sofre abalo
Polícia Federal estancou esquema de distribuição na Região Central. (Págs. 1 e 34)
------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
 
Repasse: se nos anos 40 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.