- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 199

 

 
 
Edição nº 199, de 15 de julho  de 2010
 
O mundo mágico da Internet
O site mais visitado da região
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
 
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
 
Sinopses anteriores:
15 de julho de 2010
O Globo
 
Manchete: Europa reduz exploração de petróleo; Brasil acelera
Após acidente, EUA impuseram restrições. Lula inaugura hoje pré-sal no Espírito Santo

Depois dos Estados Unidos, ontem foi a vez de a Europa recomendar a suspensão temporária de novos projetos de exploração de petróleo e gás em águas profundas por causa do vazamento da BP no Golfo do México. O acidente, ocorrido em 20 de abril, já é o maior desastre ambiental da história da Indústria do petróleo. Na contramão, o Brasil acelera seus projetos e hoje o presidente Lula inaugura oficialmente a produção na camada pré-sal do Campo de Baleia Franca, no Sul do Espírito Santo. Ontem, o comissário de Energia da União Europeia, Guenther Oettinger, propôs a suspensão temporária de novos projetos de exploração no Mar do Norte, no Mar Negro e no Mediterrâneo. (Págs. 1, 23 e Míriam Leitão)

Foto legenda: Protesto em Bruxelas, ativistas do Greenpeace com cartazes e óleo pelo corpo fazem manifestação contra o vazamento no Golfo
Lula se desculpa e desafia lei de novo
Presidente volta a elogiar Dilma em evento oficial, desta vez diante do presidente do TSE

Como no dia anterior, o presidente Lula voltou ontem a fazer campanha para a candidata do PT, Dilma Rousseff, em evento oficial, desafiando a Justiça Eleitoral. Ao discursar no fim da reunião da Cúpula Brasil/União Europeia, no Itamaraty, ele chegou a se desculpar por ter elogiado Dilma no lançamento do edital para a construção do Trem de Alta Velocidade, anteontem, no CCBB, sede provisória do governo federal. Mas, em seguida, disse que tinha a "obrigação moral" de fazer um "reconhecimento histórico" de que Dilma foi responsável por "todo o trabalho para que a gente pudesse publicar o edital do trem-bala". Desta vez, a menção a Dilma foi feita diante do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, um dos convidados para o evento. Os adversários reagiram. José Serra disse que Dilma "não consegue andar sobre as próprias pernas"; Marina disse que o respeito à lei deve "vir do alto". (Págs. 1, 3 e Merval Pereira)

Pulos patrimoniais

Uma análise das declarações de bens dos parlamentares fluminenses candidatos à reeleição revela crescimento no patrimônio de até 1.712% - caso da deputada federal Senhorita Suely (Prona). O deputado federal Alexandre Cardoso (PSB) declarou ter R$ 1 milhão em espécie. Os parlamentares afirmam que heranças e lucros com empresas particulares justificam a variação. (Págs. 1 e 12)
Cacciola pega pena maior por palavrões
Após duas faltas graves, uma delas por palavrões, e 45 dias na solitária em Bangu 8, a Justiça negou ao ex-banqueiro Cacciola passar do regime fechado para o semiaberto. (Págs. 1 e 27)
Anvisa não aceita instrução da AGU sobre propaganda (Págs. 1 e 28)
 
Comissão aprova fim de contribuição de inativos à Previdência (Págs. 1 e 11)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Culpa pelo IR violado para dossiê pode sair após eleição
Receita já sabe quem acessou dados de vice do PSDB, mas tem prazo de 4 meses para concluir investigação

Em depoimento no Senado, o secretário da Receita, Otacílio Cartaxo, disse que servidores fora de Brasília acessaram declarações do Imposto de Renda do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira.

Apesar de ter os detalhes do caso, Cartaxo não revelou nomes; afirmou que não vai "suprimir prazos" para não prejudicar as investigações. Foi aberta sindicância após reportagem da Folha.

Desde 1° de julho, a Corregedoria da Receita apura se houve ilegalidade. O fisco tem 120 dias para concluir o trabalho - depois, portanto, das eleições de outubro.

A oposição acusa a Receita de blindar o PT - dados do tucano foram para dossiê. Para o senador petista Eduardo Suplicy (SP), Cartaxo cumpre a lei. (Págs. 1 e A4)

Opinião
Manda o bom senso que os esclarecimentos cheguem antes da eleição, escreve Josias de Souza. (Págs. 1 e A6)
Maioria dos Estados deve ter só um turno
As pesquisas disponíveis em 23 Estados e no Distrito Federal indicam que 18 disputas pelo cargo de governador devem ser definidas em primeiro turno, informa Fernando Rodrigues.

O Estado recordista da longevidade de um mesmo grupo é São Paulo. Não há equivalente em outra região brasileira. Desde 1994, os tucanos ganham seguidamente as eleições. (Págs. 1 e A12)
´Crescimento chinês´ do país ficou para trás, indicam dados
Números mais modestos da economia brasileira revelam desaceleração e indicam que a fase de "crescimento chinês" já passou.

A venda de papelão ondulado, que antecipa a produção industrial, caiu 2,1% em junho. Segundo o BC, o nível de atividade ficou estável em maio após crescer por 16 meses. (Págs. 1, B1 e B3)

Análise
Para o economista Alexandre Andrade, as vendas de bens duráveis devem diminuir. (Págs. 1 e B3)
Protógenes, da PF, guarda R$ 284 mil dentro de sua casa
O dinheiro de Protógenes Queiroz, delegado federal afastado e candidato a deputado pelo PC do B, não fica em banco. Conhecido pela prisão de banqueiros, declarou ter R$ 284 mil em casa, "por segurança". (Págs. 1 e A7)
SP insistirá no Morumbi para a abertura da Copa
O governador paulista, Alberto Goldman, marcou encontro no dia 21 com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Goldman dirá que o Morumbi é a única opção de SP para sediar a abertura da Copa de 2014, informa Mônica Bergamo. (Págs. 1 e E2)
Foto legenda: Frio recorde
Turista tira foto em São Joaquim (SC) após geada; São Paulo teve em 2 dias 88% da chuva esperada para julho e previsão é de mínima de 15ºC amanhã (Págs. 1 e C2)
Presidente do PT defende programa que critica a mídia
O presidente do PT, José Eduardo Dutra, defendeu o ponto do programa de Dilma Rousseff que diz que a mídia é "pouco afeita" ao debate democrático e à qualidade: "É uma constatação". Amenizada, a segunda versão do programa manteve a crítica. (Págs. 1 e A14)
Ciência: Ibama recebe apenas 0,2% do dinheiro das multas que aplica (Págs. 1 e A20)
 
Editoriais
Leia "Fora dos trilhos", sobre desrespeito de Lula a regras eleitorais; e "Obra equivocada", acerca de gastos da prefeitura com complexo viário em SP. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Receita já sabe quem acessou IR de tucano, mas não conta
Órgão se nega a dar nome do suspeito de ver dados de Eduardo Jorge e diz que investigação deve durar 120 dias

A Receita Federal já tem o nome de ao menos um auditor suspeito de acessar “com motivação duvidosa" a declaração de Imposto de Renda do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas. Os dados fiscais do tucano abasteceram dossiê levantado pelo "grupo de inteligência" da então pré-campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT), com o suposto objetivo de atingir a candidatura de José Serra (PSDB). No momento, a sindicância se concentra nos acessos às declarações de 2008 e 2009 do tucano. Ontem, em depoimento no Senado, o secretário da Receita, Otacílio Cartaxo, disse que, após 20 dias de investigação interna, já sabe o dia, a hora, os computadores usados e os nomes dos funcionários que acessaram os dados. Ele se negou a revelar esses detalhes, mas disse que “cinco ou seis" acessos foram de "fora de Brasília". Segundo Cartaxo, a sindicância sobre o vazamento deve durar 120 dias. (Págs. 1 e Nacional A4)

Serra acusa PT de espionar

Para ele, o caso Eduardo Jorge mostra o uso da máquina para espionar. “E não é a primeira vez", disse, lembrando a quebra do sigilo do caseiro Francenildo Costa. (Págs. 1 e Nacional A4)
Cartilha oficial que pede voto em mulheres destaca Dilma
O governo federal produziu e distribuiu 215 mil cartilhas, 20 mil cartões e 3 mil livros defendendo que se vote em mulheres. Foi incluído no material um discurso da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. A cartilha é intitulada Mais Mulheres no Poder e foi entregue a partidos, parlamentares e candidatos nos Estados. (Págs. 1 e Nacional A6)
BC detecta desaceleração da economia
O ritmo da atividade econômica em maio foi o mesmo de abril, segundo índice do Banco Central. Foi o primeiro sinal de estabilidade após 16 meses seguidos de expansão. Em junho, cenário traçado pelo BC sinalizara preocupação com o aquecimento, alimentando especulação sobre alta dos juros. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)
Exilado cubano quer que Lula se desculpe
O ex-preso político cubano Pablo Pacheco, exilado desde anteontem em Madri, fez criticas ao presidente Lula, que, em março, comparou os dissidentes a presos comuns. "Espero que se desculpe conosco, porque não foi consequente, não foi cortês", disse Pacheco, que ficou 7 anos preso, ao correspondente Andrei Netto. (Págs. 1 e Internacional A12)
Cetesb vai investigar área do Piritubão
A Companhia Ambiental do Estado detectou mancha de poluição de 1.200 metros quadrados em terreno em Pirituba, onde se cogita construir um estádio para a Copa de 2014. De acordo com a Cetesb, outros focos
"serão objeto de investigação para serem definidas medidas de intervenção". Ontem, o Estado revelou que a área está contaminada e interditada para obras. (Págs. 1 e Cidades C1 e C3)
Foto legenda: Abrigo para 82 famílias
Acampamento de Barreiros (PE) com barracas inglesas doadas pelo Rotary aos desabrigados pelas enchentes há quase um mês; a prefeitura estima que até o fim do ano serão entregues as primeiras casas à população. (Págs. 1 e Cidades C6)
Agrotóxico endosulfan vai ser banido do País (Págs. 1 e Vida A15)
 
Lula diz que ´beliscão dói´ e defende fim da palmada (Págs. 1 e Cidades C7)
 
Visão Global: Parceiros
Cúpula une UE e Brasil, escreve Durão Barroso. (Págs. 1 e Internacional A13)
Notas & Informações: A transgressão consagrada
Lula entrará para a história das eleições presidenciais brasileiras pela desfaçatez sem paralelo com que se conduz. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Violência sexual, o drama da infância
Vinte anos após a criação do estatuto, ataques desse tipo são maioria

Os 20 anos de vigência do Estatuto da Criança e do Adolescente mostram que há muito a caminhar na proteção aos direitos da infância: relatório oficial revela que 36% das 80 denúncias diárias recebidas pelo teleatendimento específico no primeiro semestre foram de abuso sexual. Outros 35% eram sobre violência física ou psicológica. Ao apresentar projeto de lei que pune castigos físicos contra menores, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva discordou do secretário de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, o que não vê agressão no beliscão ou na palmada. "Beliscão dói pra cacete", disse Lula. (Págs. 1 e Tema do dia A2 a A4)
Saia-justa constrange Marina e Aldo Rebelo
A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, e o deputado Aldo Rebelo (PCdoB), que representava a candidata Dilma Rousseff (PT), passaram por constrangimento para evitar o encontro num evento em São Paulo. Marina já classificara como "vexame" o texto do novo Código Florestal, que tem Rebelo como relator. (Págs. 1 e País A6)
Mantega, otimista, espera PIB de até 7%
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, mostrou-se mais otimista em relação ao crescimento da economia brasileira este ano, que, segundo ele, poderá chegar a 7% - ao contrário dos 6,5% previstos anteriormente. Índice do BC revelou que a economia parou de crescer em maio. (Págs. 1 e Economia A17)
ONU veta Brasil em negociação com o Irã
O Conselho de Segurança da ONU descartou a participação de Brasil e Turquia das negociações nucleares com o Irã. Segundo o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, as conversas serão conduzidas pelos cinco países membros permanentes do Conselho, além da Alemanha. (Págs. 1 e Internacional A21)
Prevenção contra mal de Alzheimer
Especialistas propõem mudanças no diagnóstico e tratamento do mal de Alzheimer. Tomografias e ressonâncias serão usadas antes que ocorra perda de memória. (Págs. 1 e Vida, Saúde & Ciência A24)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: Servidor inativo ganha isenção da Previdência
Uma comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou o fim progressivo da cobrança previdenciária sobre os servidores federais inativos. Pela proposta, aposentados e pensionistas têm, a partir dos 61 anos, abatimento anual de 20% sobre a alíquota incidente. A isenção passa a ser total quando o beneficiado completa 65 anos. A medida integra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) número 555/06 e precisa da aprovação em plenário, por dois turnos, na Câmara e no Senado. Aposentados e pensionistas vaiaram o deputado José Genoíno (PT-SP) único a votar contra a suspensão da cobrança. “Os servidores não têm culpa de ter aposentadorias diferenciadas, mas é público e notório que há benefícios elevados. Será que não é justo contribuir?”, perguntou o petista. “O PT é incoerente”, rebateu Chico Alencar (Psol-RJ). (Págs. 1 e 16)
Oração para ser reeleito
Júnior Brunelli, aquele flagrado na Pandora, registra candidatura avulsa a deputado federal. Briga dos impugnados deve parar no STF (Págs. 1, 31 e 32)
Radar e cães na busca por Eliza
Polícia procura pela ex-amante do goleiro na casa de Bola e no sítio de Bruno, onde foram achados vestígios de sangue. (Págs. 1, 10 e 11)
Palmadas com dias contados
Projeto de lei prevê punição aos pais que castigam as crianças. Proposta, no entanto, é de difícil aplicação prática. (Págs. 1 e 12)
De novo: Lula pede desculpa, mas faz elogios a Dilma
Em outro evento oficial, o presidente diz ter errado ao elogiar Dilma Rousseff, mas desafia novamente a lei eleitoral e defende a candidata. Presidente do TSE, Ricardo Lewandowski, demonstra cautela em entrevista ao Correio. (Págs. 1, 2 e 3)
Crime na Asa Norte: Polícia diz que falso corretor matou socióloga
Clildomar Ferreira vai responder pela morte da funcionária do CNPq Elzamir Gonzaga Silva, em junho. Ele enganou a servidora ao fraudar um empréstimo e cometeu assassinato para ficar com o dinheiro. (Págs. 1 e 36)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
 
Manchete: País viveu um boom de lançamentos no varejo
O volume de lançamentos de produtos de consumo no Brasil bateu recorde em 2009 e colocou o país na segunda posição entre os que apresentam mais novidades nas gôndolas no mundo. Apenas os Estados Unidos, onde há um mercado consumidor maduro e extremamente ativo, registraram um número maior de lançamentos.

Foram tantas mercadorias apresentadas pelos fabricantes no mercado brasileiro, em sua maioria voltadas para as classes C e D, que, de cada cem itens novos criados pela indústria no mundo, cinco foram lançados no Brasil por fabricantes instalados no país, segundo dados do Laboratório de Monitoramento Global de Embalagem da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

É a maior taxa de participação do país na cesta de novidades que invade o varejo, se forem considerados os últimos cinco anos. Nessa conta entram bens não duráveis como alimentos, bebidas e cosméticos. (Págs. 1 e B4)
Licitação de US$ 22 bi pode atrasar
A licitação da Petrobras para construção de até 28 sondas de perfuração enfrenta dificuldades por causa de discussões sobre licenças ambientais de estaleiros que disputam a encomenda, estimadas em US$ 22 bilhões. Segundo executivos do setor, o tema já atrasa o processo licitatório, embora a Petrobras considere o cronograma em dia.

O embate sobre as licenças ambientais envolve os projetos de dois participantes da concorrência: o Eisa Alagoas, no Estado homônimo, e o consórcio Alusa Galvão, no norte fluminense. Os dois concorrentes devem apresentar os preços mais baixos entre os sete grupos que se candidataram a construir as sondas para o pré-sal, segundo estimativas de mercado. E alguns grupos questionam o licenciamento ambiental das duas favoritas. (Págs. 1 e B7)
Foto legenda: Encontro e desencontro
O presidente Lula conversa com o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, durante o encontro de cúpula Brasil-UE, em Brasília: divergências sobre as medidas de austeridade na Europa e esforço conjunto em busca de um acordo de livre comércio. (Págs. 1 e A3)
Vinci estreia no setor de seguros
A Vinci Partners, empresa de investimentos de ex-sócios do Banco Pactual, capitaneada por Gilberto Sayão, pode aportar até R$ 500 milhões em dois negócios no setor de seguros. O primeiro é uma seguradora voltada unicamente para garantia de projetos - assegura o cumprimento de contrato de execução de obra - e de riscos de engenharia. O outro é uma resseguradora que atuará em todos os ramos. Batizado de Austral, o grupo aguarda aprovação final para operar. A Austral Seguradora terá capital inicial de R$ 25 milhões e a Austral Resseguradora, de R$ 100 milhões. "Em cinco anos podemos investir até R$ 500 milhões", diz Alessandro Horta, um dos sócios principais da Vinci. (Págs. 1 e C1)
Empresas liberam operários para aulas sobre sindicalismo
O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista, a Mercedes Benz e a Ford começam na próxima semana a pôr em prática uma experiência inédita. As duas montadoras vão liberar todos os seus metalúrgicos de um dia de trabalho por ano para que tenham aulas sobre sindicalismo.

O acordo coletivo que permitiu essa experiência foi feito em 2009 entre o sindicato, as montadoras e as autopeças. Da Mercedes, primeira a ratificar o acordo, os trabalhadores serão levados de ônibus ao clube de campo do sindicato, onde terão um dia de palestras. "O mundo mudou, o sindicato, as empresas e o Estado mudaram e o trabalhador jovem não conhece essa evolução", diz Sérgio Nobre, presidente do sindicato. (Págs. 1 e A4)
Bancos apostam em assessoria e project finance para grandes obras de energia (Págs. 1 e C8)
 
Fim da taxação de servidores inativos avança na Câmara (Págs. 1 e A5)
 
Economia estabilizada
Depois de 16 meses de elevação, o índice de atividade econômica do Banco Central registrou estabilidade entre os meses de abril e maio, ficando em 139,55, em termos dessazonalizados. (Págs. 1 e A4)
TAM e Gol perdem espaço
TAM e Gol continuam perdendo mercado em junho. A participação das duas companhias aéreas passou de 86,9% em junho do ano passado para 82%. (Págs. 1 e B6)
Imóveis em alta
A MRV, facada na baixa renda, vendeu no segundo trimestre R$ 981,9 milhões, o equivalente a 9.434 unidades residenciais, 15,3% mais que em igual período de 2009. (Págs. 1 e B7)
Canaviais renovados
Após dois anos consecutivos de baixos investimentos, os canaviais do Centro-Sul devem voltar a receber recursos para renovação, com a estimativa de aplicações de ao menos R$ 5 bilhões. (Págs. 1 e B12)
Minha Casa, Minha Vida
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que os recursos da caderneta são finitos e que será necessário encontrar outras fontes para o crédito imobiliário. (Págs. 1 e C2)
Brasileiros em NY
Três grandes companhias brasileiras estão em fase final de conversações com Nyse Eutonext para ter recibos de ações - ADRs - negociados na bolsa americana ainda este ano. (Págs. 1 e D3)
Ideias
Ribamar Oliveira

Déficit do regime previdenciário dos servidores públicos foi maior, nos últimos dois anos, que o do INSS. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Maria Inês Nassif

Lei Ficha Limpa tem de vir acompanhada da despolitização das Justiças estaduais, sob pena de se fazer grandes injustiças. (Págs. 1 e A6)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: Novo empréstimo vira armadilha para aposentados
Modalidade de crédito oferecida por financeiras e bancos debita parcelas diretamente da conta corrente mesmo quando pensionistas já comprometeram 30% do benefício com consignados, empréstimos com desconto na folha de pagamento. “É uma forma de burlar o limite”, diz o juiz federal Murilo Almeida. Ele deu ganho de causa a aposentado que chegou a ter seis empréstimos e viu benefício cair quase à metade. (Págs. 1 e 15)
Caso Bruno: No rastro do crime
A polícia acredita ter encontrado indícios que reforçam o envolvimento de Bruno no sumiço de Eliza Samudio. Em buscas no sítio do goleiro, policiais acharam sangue e fios de cabelo no colchão de um dos cômodos e vão comparar o material com o DNA da ex-amante do atleta. Investigadores suspeitam que o quarto foi usado para manter Eliza em cárcere privado. Outros agentes voltaram à casa do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos e, com a ajuda de cães e de radar, vasculharam o imóvel, furaram paredes e recolheram pedaços de concreto nos quais poderiam estar vestígios da passagem da modelo pelo local.

Suspeitos cara a cara

Menor apreendido e Sérgio Sales, primos do goleiro, vão ser confrontados para acabar com contradições.

Robô a serviço da lei

Radar de penetração no solo é usado para examinar estruturas de concreto na busca por restos de corpo.
(Págs. 1 e 23 a 26)
Barrados na eleição
Pelo menos 29 candidatos a deputado federal e estadual em Minas estão entre os 614 políticos que tiveram registros impugnados pelo Ministério Público. Há casos de enquadramento na Lei Ficha Limpa. (Págs. 1 e 3)
Alencar diz que está tudo bem
Bem-humorado, vice-presidente aguarda alta hospitalar com otimismo e ansioso para comer carne de panela. (Págs. 1 e 10)
Gastos públicos sem transparência
Estudo revela que maioria dos estados ainda não usa ferramenta para combater e reduzir a corrupção. (Págs. 1 e 9)
Definidos data e critérios do Enade
Prova exigida para obtenção de diploma em 4.5 mil cursos será em 13 de novembro e terá 40 questões. (Págs. 1 e 27)
BC diz que país parou de crescer
Índice de atividade econômica fica estável em maio e interrompe série de 16 meses em expansão. (Págs. 1 e 16)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: Polícia acha sangue no sítio de Bruno
Peritos localizaram fios de cabelo pela casa e vestígios de sangue humano no cômodo apontado por um primo do goleiro como cativeiro de Eliza Samudio. Material será examinado. Delegado vê provas do assassinato “ficando cada vez mais robustas”. (Pág. 1)
Estado confirma dez casos de leptospirose (Pág. 1)
 
Semelhanças nas campanhas de Eduardo e Jarbas (Pág. 1)
 
Frio intenso pode ter matado mais duas pessoas no Sul (Pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: Estudo avalia a Capital para a Copa de 2014
Mesmo necessitando de R$ 5 bilhões em investimentos, Porto Alegre figura em ranking entre as cidades mais perto de se adequar às exigências da Fifa. (Págs. 1 e 18)
O impacto do frio no Sul (Págs. 1, 36 a 39 e 50)
Foto legenda: Geada em Caxias, ontem, quando a temperatura no RS caiu a -3,4°C (Vacaria)
Limite a pais: Lula acende debate sobre a palmada
Especialistas se dividem sobre a eficácia de proibir castigos corporais na educação dos filhos. (Págs. 1, 4 e 5)
Novos indícios: Apurados vestígios no sítio de goleiro
Sangue e fios de cabelo em propriedade de Bruno reforçam depoimento. (Págs. 1 e 53)
------------------------------------------------------------------------------------
 
Repasse: se nos anos 40 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.