- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 206

 

 
 
Edição nº 206, de 22 de julho  de 2010
 
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
 
22 de julho de 2010
O Globo
 
Manchete: Dossiê: suspeita de violar IR é sindicalista do ABC
Analista cuja senha foi usada diz não se lembrar de ter acessado dados de tucano

A analista da Receita suspeita de violar, sem razão profissional, o sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, é Antônia Aparecida Rodrigues dos Santos Neves Silva, funcionária da Receita em Santo André, no ABC paulista. De 2005 a 2007, foi secretária-geral do Sindicato Nacional da Carreira Auditoria da Receita Federal do Brasil (Sindireceita) de Santo André, ao qual é filiada. Investigada pela Receita, ela disse ontem ao presidente do Sindireceita não se lembrar de ter acessado os dados. Eduardo Jorge responsabilizou o comitê de campanha de Dilma Rousseff, que reagiu às "ilações infundadas". (Págs. 1, 3 e 4)

Ouça no site o jingle Collor-Lula-Dilma (Págs. 1 e 4)

Cabral diz que não participará de debates (Págs. 1 e 13)
Polícia cega
PMs que liberaram o atropelador de Rafael são afastados, mas juram que carro estava normal

A PM precisou ver pela TV as imagens do carro que atropelou e matou o estudante Rafael Mascarenhas para afastar ontem um cabo e um sargento do 23º BPM (Leblon) que liberaram o atropelador logo após o crime. Foi aberto IPM, mas o que a maioria suspeita a PM não investiga - a hipótese de os policiais terem recebido propina para liberar o atropelador. O carro teve o para-brisa quebrado, perdeu a placa dianteira e o para-choque, e tinha só um farol, mas os PMs alegaram não ter visto nada de anormal. "É impossível não ter percebido que haviam se envolvido num acidente com o carro desse jeito. A PM errou ao deixar de preservar o local do atropelamento", disse o comissário Alexandre Estelita, da 15ª DP. (Págs. 1, 15 e 16)

Foto legenda: O carro que atropelou e malou Rafael Mascarenhas, filho de Cissa Guimarães: só não vê quem não quer
De Havana para os EUA
O governo dos Estados Unidos abriu as portas ontem aos dissidentes libertados por Cuba para que sejam recebidos no país como refugiados, e não como deportados, como ocorreu com os que se dirigiram à Espanha. O primeiro a receber o visto americano e a permissão cubana para ir direto aos EUA foi Ariel Sigler, que está doente. (Págs. 1 e 30)

Foto legenda: O dissidente Ariel Sigler e a mulher, Noelia, chegam à representação dos EUA em Havana para tratar da viagem
BC sobe juros menos do que previsto
Contrariando previsões de boa parte dos analistas, o Banco Central elevou a taxa básica de juros em apenas 0,5 ponto, para 10,75% ao ano. A expectativa era de 0,75 ponto. O BC considerou que os riscos de inflação diminuíram. (Págs. 1 e 24)
Achada estrela 300 vezes maior que Sol (Págs. 1 e 32)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Servidora do ABC é investigada por violar sigilo de EJ
Segundo sindicato, analista tributária não se lembra de ter acessado IR de tucano, usado em dossiê feito pelo PT

A Receita confirmou oficialmente, pela primeira vez, que a analista tributária Antonia Rodrigues dos Santos Neves Silva, que trabalha no ABC, está sob investigação de sua corregedoria.

Ela é dona da senha que acessou sem justificativa o Imposto de Renda de Eduardo Jorge, dirigente do PSDB - caso revelado pela Folha.

As informações foram usadas em dossiê montado pelo "grupo de inteligência" da campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência.

Segundo a Receita, Antonia está de férias desde 12 de julho. Em 8 de julho, ela foi exonerada do cargo de chefe da agência de Mauá (SP), pouco depois de o fisco começar a investigar o caso EJ.

A servidora disse desconhecer a acusação, segundo Hélio Bernardes, do sindicato de analistas do fisco. Ex-dirigente do sindicato, Antonia afirmou nunca ter tido filiação partidária. (Págs. 1 e Poder)

Clóvis Rossi
No Brasil, qualquer um pode acessar dados sigilosos sob aguarda do Estado. (Págs. 1 e A2)
Quem nunca foi à escola soma 20% do eleitorado
O Tribunal Superior Eleitoral aponta que, de cada cinco pessoas aptas a votar neste ano, uma é analfabeta ou não frequentou a escola.

O pleito terá 8 milhões de analfabetos. Outros 19 milhões declararam saber ler e escrever, mas sem terem passado por salas de aula.

Para o cientista político Fábio Wanderley Reis, da UFMG, esse voto tende a ser menos ideológico. (Págs. 1 e A8)

Análise
Dado assusta porque esse eleitor é mais vulnerável à venda de voto, diz Leonardo Barreto, da UnB. (Págs. 1 e A8)
Foto legenda: Janela indiscreta
Na zona desmilitarizada entre as Coreias, soldado norte-coreano observa Hillary Clinton; EUA impuseram novas sanções contra a Coreia do Norte (Págs. 1 e A16)
Informalidade cai no país, mas ainda equivale a PIB argentino
Estudo da FGV (Fundação Getulio Vargas) estima que a "economia subterrânea" brasileira tenha caído de 21% para 18,4% do PIB entre 2003 e 2009. Ainda assim, atingiu R$ 578 bilhões, equivalentes ao PIB da Argentina no ano passado.

O termo "subterrâneo" inclui trabalho informal e a movimentação gerada com atividades ilícitas, como tráfico e contrabando. (Págs. 1 e B1)
BC reduz ritmo da alta de juros e taxa sobe 0,5 ponto
O Banco Central fixou a Selic em 10,75%, mais 0,5 ponto. Indicadores de desaceleração da economia fizeram o BC reduzir o ritmo de elevação da taxa básica. As duas altas anteriores foram de 0,75 ponto. (Págs. 1 e A14)

O governo prepara pacote para financiar infraestrutura. (Págs. 1 e A15)
PMs liberaram carro que matou filho de atriz no RJ
PMs liberaram e escoltaram o motorista que matou Rafael Mascarenhas, 18, filho de Cissa Guimarães, após o atropelamento. Eles foram afastados. (Págs. 1 e C8)
Nenhuma religião evita divórcios, aponta pesquisa
A Unicamp cruzou dados de estado conjugal e religião. A proporção de mulheres separadas praticamente não muda conforme a igreja escolhida. (Págs. 1, C1 e C3)
PF acusa grupo de promover caça a onça no Pantanal
A Operação Jaguar 4 prendeu grupo acusado pela Polícia Federal e pelo Ibama de promover caçadas a onças em regiões do Pantanal e na Amazônia. (Págs. 1 e C5)
Boa notícia: Loja deve ter Código do Consumidor para cliente consultar (Págs. 1 e B6)
 
Guarujá reclama de ´invasão´ de 1.200 operários
A Usiminas aloja 1.200 operários que trabalham em Cubatão em 25 locais no Guarujá. Um dos hotéis foi interditado por falta de higiene. Enquanto parte da população reclama, a siderúrgica afirma que vai regularizar a situação. (Págs. 1 e C4)
Contardo Calligaris: Pesquisa mostra que separações são contagiosas (Págs. 1 e E12)
 
Editoriais
Leia "Diálogo de surdos", sobre os conflitos entre o Ocidente e o islã; e "Abuso e intimidação", acerca do PT e da atuação do Ministério Público Eleitoral. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Receita afasta suspeita de quebrar sigilo fiscal de tucano
Em 2 de julho, o Fisco exonerou do cargo de chefia a funcionária investigada no caso Eduardo Jorge

A funcionária que a Corregedoria da Receita Federal considera a principal suspeita de ter quebrado o sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira, é Antonia Aparecida Rodrigues dos Santos Neves Silva. O nome da analista tributária foi confirmado ao Estado por funcionários da Receita. Ela foi afastada da chefia da agência do Fisco de Mauá (SP) em 2 de julho e entrou em férias dez dias depois. A Delegacia da Receita de Santo André, onde Antonia está lotada desde o final de maio, negou que a ausência da servidora do cargo, em plena investigação, esteja relacionada a uma possível punição pela quebra de sigilo do dirigente tucano. Antonia sofre processo administrativo disciplinar aberto pela Corregedoria da Receita no dia 21 de junho. Segundo o PSDB, os dados fiscais de Eduardo Jorge seriam usados pela campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT) para montar um dossiê. (Págs. 1 e Nacional A4)

Auditora nega elo político

Antonia Neves Silva disse a colegas no sindicato, que não tem vínculos com nenhum partido e que não se lembra de ter acessado dados de Eduardo Jorge. (Págs. 1 e Nacional A4)
Em decisão unânime, BC eleva juro em 0,5 ponto
O Comitê de Política Monetária do Banco Central elevou ontem em 0,50 ponto porcentual, para 10,75%, a taxa básica de juros da economia (Selic). A decisão, unânime, coincidiu com as mais recentes previsões do mercado - que, diante do cenário de retração da inflação, deixou de apostar numa alta de 0,75 ponto porcentual. (Págs. 1 e Economia B6)
Pessimista, Fed já fala em ´novas medidas´
O presidente do Federal Reserve (banco central dos EUA), Ben Bernanke, disse que a economia americana enfrenta perspectivas
"atipicamente incertas". Segundo ele, o Fed está pronto para adotar
“mais medidas" para impulsionar o crescimento se for necessário. Ele não detalhou as medidas, mas analistas dizem que o Fed poderia retomar a compra de ativos de bancos. Bernanke disse que a economia ainda está no caminho para a recuperação. (Págs. 1 e Economia B10)
Foto legenda: O carro do atropelamento
Policial faz perícia no carro que atropelou o filho da atriz Cissa Guimarães; os dois PMs que liberaram o motorista e o veículo apesar das avarias evidentes foram afastados; em SP, a polícia mapeou 12 vias usadas para racha. (Págs. 1 e Cidades Cl e C3)
Grandes investimentos terão IR menor
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou ao Estado que o governo vai reduzir o Imposto de Renda para os financiamentos em grandes projetos de infraestrutura, como as hidrelétricas de Belo Monte e do Rio Madeira. Para Mantega, isso permitirá que o setor privado assuma papel de destaque nos financiamentos de longo prazo, hoje nas mãos do BNDES. (Págs. 1 e Economia B4)
Hillary anuncia sanções contra Coreia do Norte (Págs. 1 e Internacional A19)
 
Notas & Informações: Perfil do eleitor brasileiro
Pelo menos em matéria de acesso às umas, a inclusão política dos brasileiros é realidade consolidada. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Aço, um negócio da China
Cartel no Brasil ajuda asiáticos a levar licitação com minério daqui

A China venceu a licitação bilionária para fornecimento de 18.300 toneladas de chapas de aço à Transpetro. O material será utilizado na construção de navios pela estatal dentro do Promef - que prevê 47 novas embarcações até 2014. Quinze siderúrgicas de todo o mundo, inclusive do Brasil, participaram da concorrência. Um dos maiores exportadores de minério de ferro do mundo, o Brasil perdeu porque a cartelização do mercado interno deixa o aço nacional mais caro que o chinês, que é feito com o minério nacional. O Copom elevou a taxa básica de juros ao mês em 0,5 ponto percentual. (Págs. 1 e Economia A17 e A14)
Não havia indício de crime?
Apesar de o carro do assassino de Rafael Mascarenhas, filho da atriz Cissa Guimarães, estar com a parte da frente totalmente danificada, a PM disse, em nota oficial, que o motorista foi liberado por “não haver indício de crime”. Para a delegada Bárbara Lomba, ele deve ser indiciado por homicídio culposo – quando não há intenção de matar. (Págs. 1 e Tema do dia A2 e A3)

Foto legenda: Resta a dor – Cissa chega para o velório do filho

Foto legenda: Caso de polícia – O Fiat Siena foi liberado por PMs desse jeito, após breve abordagem. Por quê?
Islâmicos contra a cruz da Seleção
Líderes religiosos da Malásia aconselharam os muçulmanos a não vestirem a camisa da Seleção Brasileira, que tem a cruz cristã no escudo. (Págs. 1 e Esportes A20)
Receita: servidora sob investigação
A analista tributária Antonia Aparecida Neves Silva, da delegacia da Receita Federal em Santo André (SP), está sendo investigada por suposta participação na quebra de sigilo do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge. (Págs. 1 e País A6)
A maior e mais brilhante estrela
Cientistas do Observatório Espacial Europeu descobriram, a 165 mil anos-luz da Via Láctea, a mais volumosa e brilhante estrela do universo. O astro é 320 vezes maior que o sol, e tem brilho 20 vezes superior a ele. (Págs. 1 e Vida, Saúde & Ciência A16)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: A voz da morte
Serial killer confessa mais 4 crimes no DF e no entorno

Adaylton Nascimento Neiva admite ter assassinado outras vítimas em Sobradinho e no Novo Gama. Sobe para 9 o número de homicídios atribuídos ao suspeito, além de três estupros. Relato feito à polícia pode elucidar o desaparecimento de Denise Estácio Dias, 18 anos, vista pela última vez em julho de 2009. (Págs. 1 e 38)
Gabarito da UnB
Confira as respostas das provas do 2º vestibular de 2010 (Págs. 1 e 39)

Aprovados no UniCeub

Veja a lista dos 715 alunos selecionados pela universidade (Págs. 1 e 40)
Foto legenda: Na trilha de Jean Charles
Thiago Herdy, do Estado de Minas/Correio Braziliense, reconstitui os passos do brasileiro assassinado há cinco anos em Londres. Após passar pela imigração, o repórter trabalhou como faxineiro em loja. (Págs. 1 e 10 a 12)
Juros sobem: Mantega ganha round contra o BC
O reajuste de 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros ficou abaixo do patamar esperado pelo mercado, numa clara vitória política do ministro da Fazenda sobre o Banco Central. A Selic chegou a 10,75% ao ano. (Págs. 1 e 16)
Aposentados
Saúde leva a culpa pela fraude nos contracheques (Págs. 1 e 20)
Foto legenda: Liberação suspeita
Carro que atropelou o filho de Cissa Guimarães teve autorização de PMs para transitar no túnel. Rafael foi enterrado ontem. (Págs. 1 e 14)
Bons de voto em voo solo
Desconfortáveis em suas chapas, candidatos a deputado pedem voto apenas para si e não se envolvem na disputa pelo GDF. (Págs. 1 e 33)
DEM com o pires na mão
Tucanos priorizam verbas para Serra, enquanto democratas sonham com recursos para aumentar a bancada. (Págs. 1 e 2)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
 
Manchete: Debêntures de 12 anos financiam a infraestrutura
Ontem foi concluído um importante teste para o financiamento de longo prazo dos projetos de infraestrutura no Brasil via mercado de capitais. A Rota das Bandeiras, concessionária de rodovias da Odebrecht, vendeu R$ 1,1 bilhão em debêntures para custear o pagamento da outorga do corredor Dom Pedro, em São Paulo.

Os investidores, principalmente os fundos de pensão, demonstraram disposição para comprar papéis com vencimento em 12 anos e amortizações semestrais, um prazo bastante longo e inusual para os padrões brasileiros. Hoje, as ofertas de debêntures têm vencimento médio de quatro anos. Tesourarias de bancos também fizeram aportes, interessadas nas taxas pagas, apurou o Valor. (Págs. 1 e C1)
Foto legenda: Reforma histórica
O presidente dos EUA, Barack Obama, em Washington, após assinar a reforma financeira. "Os americanos nunca mais terão de pagar pelos erros de Wall Street", afirmou. (Págs. 1 e C2)
Mangabeira agora é guru na Argentina
Sem papel de destaque nas eleições brasileiras, o ex-ministro Roberto Mangabeira Unger tornou-se uma espécie de guru da oposição. Só que na Argentina. Ele conseguiu a façanha de transitar com liberdade em todos os espectros ideológicos da tradicionalmente conflituosa política argentina, do partido de centro-direita PRO à esquerdista Coalizão Cívica. Ele aconselha peronistas rompidos com o governo Kirchner, como o ex-presidente Eduardo Duhalde, mas também o senador Ernesto Sanz, da União Cívica Radical, o principal partido de oposição.

Quando esteve à frente da Secretaria de Assuntos Estratégicos, até 2009, Mangabeira visitou ministros argentinos e propôs uma série de iniciativas conjuntas. Nenhuma prosperou. Depois que saiu do governo Lula, intensificou contatos com a oposição. Nos últimos dez meses, esteve pelo menos quatro vezes em Buenos Aires e no interior da Argentina para reunir-se com lideranças partidárias e dar palestras. (Págs. 1 e A14)
Projeto do correio aéreo está pronto
Está pronto o projeto da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) para criar sua própria companhia aérea de transporte de carga. O plano prevê a compra de 13 aviões usados, do porte de Boeings 757, por cerca de US$ 30 milhões cada um. No desenho original dos Correios, a ideia era transformar a estatal em sociedade anônima, mas essa opção já foi descartada. "Houve rejeição dos sindicalistas, que temiam pela estabilidade dos funcionários", disse ao Valor o presidente da ECT, Carlos Henrique Custódio.

O projeto atual é manter os Correios 100% estatal, mas com participação em uma empresa de logística aérea. Na operação, a ECT quer ser minoritária, com uma fatia de 49%. O parceiro - uma companhia aérea ou um consórcio - ficaria com 51%. O governo deve publicar uma Medida Provisória que permita aos Correios montar a subsidiária. Pelo modelo atual, a ECT não tem autorização para isso. (Págs. 1 e B4)
Café robusta faz sua primeira incursão em terras paulistas
O café robusta estreia em terras paulistas pelas mãos de empresários que decidiram ampliar os investimentos na produção do grão. A variedade é ainda desconhecida da agricultura do Estado, o terceiro maior produtor de café do Brasil. Mesmo com preço 45% menor, o robusta tem rentabilidade entre 20% e 30% maior que a do arábica, mostram dados preliminares da Secretaria de Agricultura paulista.

Com a experiência de ter sido sócio do Café do Ponto, vendido para Sara Lee, e depois presidente da trading da multinacional americana até 2005, Luiz Roberto Gonçalves cultiva, junto com outros cinco produtores, 10 hectares da variedade em modo experimental na região de Lins, no noroeste paulista. Já produtor de café arábica em Matão - região forte em cana e laranja -, o empresário Pedro Moreira Salles, presidente do conselho do Itaú-Unibanco, também investe no plantio de robusta em sua propriedade. (Págs. 1 e B12)
Copom amortece alta dos juros e Selic vai a 10,75%
O Banco Central suavizou o ritmo de alta dos juros. O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, para 10,75% ao ano, sem viés. Em comunicado, o Copom avaliou que há um "processo de redução de riscos para o cenário inflacionário" causado pela "evolução recente de fatores domésticos e externos". (Págs. 1 e A2)
Chevron, Conoco, Exxon e Shell criam consórcio para deter vazamentos de óleo (Págs. 1 e B9)
 
Governo quer conter o avanço da China em licitações públicas (Págs. 1 e A4)
 
PIB menor
Bancos e consultores estão revendo para baixo as estimativas para o resultado do PIB no segundo trimestre, diante da fraca performance de indicadores importantes como a produção industrial. (Págs. 1 e A3)
Comércio em desaceleração
A queda no preço de commodities e no custo do frete marítimo alimentam temores sobre desaceleração global e também do comércio mundial. (Págs. 1 e A10)
Encomendas à Embraer
A Republic Airlines, maior operadora de jatos regionais do mundo, vai comprar 24 jatos da família 190 da Embraer, no valor estimado de US$ 960 milhões. (Págs. 1 e B5)
Voos com atrasos
Após notificar 18 companhias aéreas por não cumprirem a norma que ampliou os direitos dos passageiros, a Anac informou que 6 ignoraram a intimação. (Págs. 1 e B5)
Cimento no Cade
O Cade decidiu analisar o setor de cimento para verificar se a aquisição de concreteiras está levando a grandes concentrações de mercado. (Págs. 1 e B8)
Mais aviões cargueiros
A Força Aérea Brasileira revisou o programa de aquisição da aeronave cargueira KC-390, que está sendo desenvolvida pela Embraer, e aumentou para 28 o número de aviões que serão comprados. (Págs. 1 e B8)
Bancos brasileiros no exterior
Os bancos brasileiros tinham exposição de US$ 63,3 bilhões no exterior no fim de março, uma alta de 17,5% em relação a dezembro de 2009, revela o BIS. (Págs. 1 e C4)
Imóveis atraem
Cresce no mercado brasileiro o interesse por aplicações ligadas a imóveis, cujos preços não param de subir, inclusive por ações de empresas que exploram escritórios comerciais e shopping centers. (Págs. 1 e D1)
Remuneração dos executivos
O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças entrou com um recurso para tentar evitar a divulgação da remuneração dos executivos de S.A. (Págs. 1 e D5)
Ideias
Ribamar Oliveira

Exceção criada pela ´MP da Copa´ abre um precedente perigoso, pois outros municípios podem exigir os mesmos direitos. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Pedro C. Ferreira e Renato Fragelli

Créditos pela TJLP são um Bolsa Família às avessas e capitalizações do BNDES indicam que a benesse para poucos vai crescer. (Págs. 1 e A13)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: O assassinato de um sonho
Faz cinco anos que a polícia britânica, em caçada a suposto terrorista, fuzilou um inocente: Jean Charles de Menezes. Durante 40 dias, repórter do Estado de Minas refez em Londres os passos do jovem mineiro. Também visitou Gonzaga (MG), onde familiares de Jean ainda tentam superar a dor da perda. A jornada será contada em série de reportagens que começa hoje.

Londres e Gonzaga (MG) – “Mãe, um dia, a nossa vida vai mudar”. Oito anos depois de ter ouvido a profecia, Maria Otoni de Menezes, de 65 anos, continua morando na casinha de três quartos, lá para os lados do Jorge dos Neca, ou Córrego dos Ratos, na zona rural de Gonzaga, no Vale do Rio Doce, a 306 quilômetros de Belo Horizonte. Ainda hoje ela faz tudo igual, tudo como antes. Cuida da plantação de palmito e cana, logo cedo ordenha a vaca, faz o queijo, reza de dia, reza de noite, em indiferente sossego. O filho Jean Charles errou.

Menino que não resiste ao apelo do desconhecido e deixa sua terra rumo ao estrangeiro não tem opção: paga sempre o mesmo preço – a saudade que leva, a saudade que deixa. Dona Maria já havia se acostumado com a situação. Mas, há cinco anos, quando seu garoto voltou, chegaram com ele câmeras de TV de diferentes partes do mundo. Milhares de pessoas surgiram sabe-se lá de onde. O prefeito, dois ministros, um secretário de Estado, um senador... Daí em diante, tristeza maior tomou conta de dona Maria, e quase tudo virou “motivo de trabulação” (aborrecimento). O filho Jean Charles acertou a profecia. A vida mudou muito. Mas teria sido melhor se ele tivesse errado. (Págs. 1, 29, 32 e 33)
TCU suspende maior obra viária da Copa em BH (Págs. 1 e 31)
 
Filho de Hélio Costa abre crise de ciúme na base aliada (Págs. 1 e 8)
 
Prefeitos na mira MP vai investigar o uso de carro oficial em campanha (Págs. 1 e 11)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: Crédito mais fácil para empresas da Mata Sul
BNDES oferece, a partir de hoje, empréstimos para empresários que perderam tudo na cheia de junho. O juro é mais baixo do que a média, prazo de pagamento vai até 10 anos e mesmo quem está na Serasa pode se habilitar. (Pág. 1)
Foto legenda: Copa (Pág. 1)
 
Bombeiros acusados de levar doações dos flagelados em Alagoas
Show e ajuda (Pág. 1)
Banco Central eleva a taxa básica de juros para 10,75% (Pág. 1)
 
Zero Hora
 
Manchete: Vento de 124 km/h destrói e fere em Canela e Gramado
Fenômeno com características de tornado sacudiu a Região das Hortênsias por volta das 21h de ontem, destelhou casas e mobilizou operação de socorro (Págs. 1, 4 a 6 e 40)

Foto legenda: O bairro Santa Terezinha, em Canela, foi um dos locais mais atingidos pelas violentas rajadas na noite de ontem
Banco Central: Juro sobe, mas em ritmo menor (Págs. 1 e 16)
 
Repasse: se nos anos 40 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.