- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 218

 

 
 
Edição nº 218, de 05 de agosto  de 2010
 
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
05 de agosto de 2010
O Globo
 
Manchete: Ficha limpa barra Roriz, líder nas pesquisas no DF
Mas, na contramão do TSE, TREs livram Jader Barbalho e Jackson Lago

O ex-governador Joaquim Roriz (PSC), primeiro colocado nas pesquisas para governador do Distrito Federal, teve o registro da candidatura negado pelo Tribunal Regional Eleitoral do DF, com base na Lei da Ficha Limpa. Por quatro votos a dois, os juizes decidiram que Roriz não pode se candidatar porque, em 2007, renunciou ao mandato de senador para escapar de processo por desvio de dinheiro. Mas os TREs do Pará e do Maranhão, na contramão de decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), confirmaram as candidaturas do deputado Jader Barbalho (PMDB) e do ex-governador maranhense Jackson Lago (PDT). Os dois ainda poderão ter o registro indeferido pelo próprio TSE. Jader renunciou ao mandato de senador em 2001 para escapar de processo por envolvimento em desvios de dinheiro da Sudam. Jackson Lago teve o mandato cassado pelo TSE, em 2009, por compra de votos nas eleições de 2006. No Ceará, também com base na Lei da Ficha Limpa, foi negado o registro da candidatura do deputado federal José Gerardo (PMDB). (Págs. 1 e 3)

Cabral não revela doadores de campanha milionária

O governador Sérgio Cabral (PMDB) recusou-se a revelar seus doadores de campanha e disse que só o fará em 2 de novembro, como prevê a lei. Sua campanha já arrecadou R$ 4,7 milhões, mais que as de José Serra e Marina Silva, e gastou R$ 4 milhões. O candidato Fernando Gabeira (PV) criticou a campanha milionária de Cabral. "Acho absurdo gastar R$ 4 milhões só no Rio." (Págs. 1 e 14)
Irã nega atentado a Ahmadinejad
Presidente escapa ileso de bomba artesanal lançada contra comitiva, mas não contém onda de boatos

O governo iraniano se apressou a desmentir as versões sobre um possível atentado contra o presidente Mahmoud Ahmadinejad durante um comício. Num episódio cheio de controvérsias, ele escapou ileso de uma bomba artesanal lançada contra sua comitiva. O governo assegurou que a explosão, seguida de nuvem de fumaça, foi causada apenas por fogos de artifício.

Deputados criticaram o governo brasileiro por enviar carta a países da ONU, pedindo que não censurem nações que violam direitos humanos. (Págs. 1, 31 e 32)
Enem: MEC investiga vazamento
O Inep, órgão do Ministério da Educação, abriu investigação para apurar o vazamento, em seu site, de dados pessoais de 12 milhões de inscritos nas últimas edições do Enem. (Págs. 1 e 15)
Gol será multada por caos em aeroportos
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) multará a Gol em R$ 2 milhões. No último domingo, mais de metade dos voos da empresa atrasou e 17% foram cancelados. (Págs. 1 e 25)
Caixa Econômica não quer entregar a Taça das Bolinhas à CBF (Págs. 1 e Caderno Esportes)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Rede pública da TV digital vai ter leilão de R$ 2,8 bi
Planalto quer incluir empresas nacionais de tecnologia para frear avanço de multinacionais em consórcios

O governo prepara leilão para construir a infraestrutura da rede pública de 1V digital. O contrato, de R$ 2,8 bilhões, será gerenciado pela estatal EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), informam Leila Coimbra e Larissa Guimarães.

A concorrência prevê que a iniciativa privada construa 256 torres de transmissão de sinal digital no país.

A principal ficará em Brasília. Haverá outras 48 em capitais e cidades de grande porte. As demais serão instaladas em municípios com cerca de 200 mil habitantes.

A licitação tem atraído a atenção de multinacionais de tecnologia, como a americana Cisco, a francesa TDF e a japonesa Marubeni, que articulam consórcios com construtoras nacionais.

A preocupação do Planalto é incluir empresas nacionais de tecnologia para conter o avanço das estrangeiras em uma área estratégica e fomentar a indústria nacional de TV digital.

O edital está em fase final de elaboração no Ministério do Planejamento. A expectativa da Casa Civil é que o leilão ocorra em novembro ou em dezembro. (Págs. 1 e B1)
L, a menina que ficou na cela com homens, faz 18
L., a garota que em 2007 ficou presa em uma cela com homens no Pará, completa 18 anos com trajetória marcada por dezenas de fugas, prostituição e crack.

Depois de passar por centros de internação, tutelas e programa de proteção, acabou tendo de cumprir medida socioeducativa por furto, revela Eliane Trindade.

Enviada para uma comunidade terapêutica, L. deixou o local na sexta-feira. Ao sair, pediu que uma colega enfeitasse seu cabelo com dreadlocks. (Págs. 1 e C4)
Senadores aprovam pacote de bondades
Em esforço concentrado o Senado votou um pacote de bondades com medidas de apelo popular que devem ser utilizadas como munição nas campanhas de congressistas que disputam as eleições de outubro.
Entre os temas, o plenário da Casa aprovou o projeto que proíbe a demissão por justa causa de alcoólatras crônicos e outro que autoriza as Forças Armadas a fazer "prisões em flagrante" na fronteira. (Págs. 1 e A18)
Governo do Irã afirma que explosão não foi atentado
O Irã negou que explosão em evento com Mahmoud Ahmadinejad tenha sido um atentado, atribuindo o ruído a fogos. Site chegou a noticiar que o barulho havia sido causado por granada.

A Justiça reiterou a condenação de Sakineh Ashtiani ao apedrejamento, e seu advogado fugiu. (Págs. 1 e A20)

Análise

Direitos humanos e questão nuclear devem andar juntos, diz Shirin Ebadl, primeira muçulmana a ganhar o Nobel da Paz. (Págs. 1 e A20)

Foto legenda: Gurada-costas protegem o presidente Mahmoud Ahmadinejad após ruído de explosão
Anac multa Gol em R$ 2 milhões por atrasos e cancelamentos (Págs. 1, C6 e C7)
 
Presidente 40/Eleições 2010: Na TV, Serra quer explorar ´apagão´ aéreo, e Dilma, segurança em SP (Págs.1, A4 e A6)
Renata Lo Prete

Bate-boca tem a sua utilidade em debates políticos

No debate de hoje na Band, cada participante fará dez intervenções, com pouco mais de 16 minutos. Apenas o destempero fora do roteiro da marquetagem pode revelar o que o candidato de fato pensa. (Págs. 1 e A14)
Justiça Trabalhista cria rede digital para ficar ágil (Págs. 1 e A18)
 
Editoriais
Leia "Ganância e inaptidão", sobre atrasos e cancelamentos de voos nesta semana; e "Venezuela em crise", acerca da queda nos lucros da PDVSA. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Corte ignora apelos, muda acusação e iraniana será executada
Além de adultério, Sakineh Ashtiani agora responde por assassinato do marido

A Corte Suprema do Irã ignorou apelos do mundo inteiro, inclusive do presidente Lula, e atendeu a pedido do Ministério Público para que Sakinehrt Ashtiani seja executada. O teor da principal acusação foi modificado de adultério para assassinato - ela é acusada de ter matado o marido. A Corte adiou a decisão para a próxima semana, mas não concordou em reconsiderar o caso. Na prática, não há possibilidade de recurso. Ontem, uma bomba caseira foi lançada contra o comboio que transportava o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disseram testemunhas. Para a agência oficial de notícias, foi apenas um rojão soltado por simpatizante de Ahmadinejad. (Págs. 1 Internacional A17)

Brasil é criticado

Ativistas criticam a proposta brasileira de suavizar o tratamento de regimes ditatoriais na ONU. "Não adianta ter diálogo com quem não quer falar", diz a Federação de Direitos Humanos. (Págs. 1 e Internacional A20)
Inep admite ´fragilidades´ no sistema do Enem
Um dia após o Estado revelar o vazamento de dados de cerca de 12 milhões de inscritos nas três últimas edições do Enem, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Joaquim Soares Neto, admitiu que o sistema tem "fragilidades" e que uma auditoria vai apurar o caso. Soares Neto disse que os endereços eletrônicos estavam no conjunto de informações protegidas disponíveis a 231 instituições de ensino superior, mas não confirmou se os links foram retirados de lá. (Págs. 1 e Vida A23)
Anac anula R$ l milhão em multas no caos aéreo
A Agência Nacional de Aviação Civil cancelou, nos últimos três meses, cerca de R$ 1 milhão em multas impostas a empresas durante a crise aérea; entre 2006 e 2008. As penas foram aplicadas pela própria Anac, em resposta a reclamações que os passageiros fizeram nos aeroportos. (Págs. 1 e Cidades C1 e C3)

R$ 2 milhões

é a valor da multa que pode ser aplicada à Gol pelos atrasos desta semana. (Pág. 1)
Candidatura de Roriz é impugnada
Com base na Lei da Ficha Limpa, o Tribunal Regional Eleitoral impugnou a candidatura de Joaquim Roriz ao governo do Distrito Federal. Ainda cabe recurso. (Págs. 1 e Nacional A11)
Presidenciáveis fazem 1º debate na TV
Dilma Rousseff, José Serra, Marina silva e Plínio de Arruda Sampaio fazem hoje na TV Bandeirantes o primeiro debate da campanha. Estreante, Dilma deve ser o alvo preferencial. (Págs. 1 e Nacional A4)
BP diz que está próxima de estancar vazamento (Págs. 1 e Vida A25)
 
40 bilionários doarão fortuna nos EUA (Págs. 1 e Economia B13)
 
Notas & Informações
Uma plástica no Mercosul

Depois de seis anos de impasses, o bloco terá finalmente o seu Código Aduaneiro. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Senado cria l0 mil cargos de uma vez
Vagas para o Ministério Público serão preenchidas a partir de 2011

A aprovação, pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado, do projeto que cria 10.479 cargos e funções nos quadros do Ministério Público da União (MPU), vai trazer um impacto na folha salarial do órgão de R$ 762,8 milhões por ano. As vagas, aprovadas por unanimidade, serão preenchidas a partir de 2011 mas ainda dependem da sanção presidencial. Há menos de dois meses, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia dito que não concederia novos gastos com o funcionalismo. (Págs. 1 e País A3)
Cartilha do PV ensina a ver debate
O PV de Marina Silva, preparou uma cartilha para mostrar a seus eleitores como assistir ao primeiro debate entre os presidenciáveis, hoje, na Band. (Págs. 1 e País A2)
Presidente do Irã sob ofensiva
O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, escapou de um ataque com explosivo artesanal lançado contra o comboio que o levava a um comício. O governo nega. (Págs. 1 e Internacional A14)
Equador renuncia ao rico petróleo
O Equador abriu mão do direito de explorar petróleo numa região amazônica com reserva de 846 milhões de barris. Em contrapartida, quer ajuda financeira de outros países para programas sociais e ambientais. (Págs. 1 e Vida, Saúde & Ciência A15)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: TRE barra candidatura de Roriz
Com base na Ficha Limpa, Tribunal nega registro eleitoral do ex-governador e embola a disputa ao Buriti. Candidato vai manter campanha

Por 4 votos a 2, os juízes do Tribunal Regional Eleitoral enquadraram Joaquim Roriz na Lei da Ficha Limpa. Eles entenderam que a renúncia do candidato, em 2007, ao mandato de senador é motivo suficiente para negar-lhe o registro eleitoral no pleito de outubro. Em frente ao tribunal, manifestantes comemoram a decisão.
Durante uma missa em homenagem ao aniversário de 74 anos, Roriz reiterou que vai recorrer até ao STF para continuar na disputa. Mas aliados já estão apreensivos com a "instabilidade" que pode afetar a campanha. Adversários preveem mudanças no tabuleiro político brasiliense. (págs. 1 e 29 a 31)
Atentado? Ahmadinejad leva susto em explosão, mas Irã nega ataque
O homem que rejeita o Holocausto e quer varrer Israel do mapa sentiu de perto o que a violência política pode fazer. A explosão de um artefato durante a visita de Mahmoud Ahmadinejad à cidade de Hamedan, a 336Km de Teerã, provocou muita confusão e uma chuva de versões. (Págs. 1 e 34)
Espanhóis e índios disputam paraíso turístico
Uma arca de 32Km² no litoral cearense é objeto de litígio entre empresários espanhóis e a comunidade indígena tremembé, relata o enviado especial Lúcio Vaz. Governo não reconhece empreendimento. (Págs. 1, 11 e Visão do Correio 22)
Gol: multa e auditoria
Depois de cinco dias de atrasos e cancelamentos de voos, a Anac puniu a empresa em R$ 2 milhões. A agência também vai conferir as ações para sanar a crise. (Págs. 1, 14 e 15)
Novas vagas no MPU
O Ministério Público da União terá mais 6.804 empregos por concurso e outros 3.675 cargos comissionados. Os novos postos dependem de aprovação do presidente Lula. (Págs. 1 e 16)
Proteção no emprego
Projeto aprovado pelo Senado muda as regras de demissão de trabalhadores usuários de álcool. Eles passam a ser considerados doentes e terão ajuda no tratamento. (Págs. 1 e 16)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
 
Manchete: Sanções dificultam vendas ao Irã
As sanções impostas ao Irã no mês passado pela União Europeia começam a criar dificuldades para exportadores brasileiros que fazem negócios com o país. Para acatar as sanções, os bancos europeus passaram a restringir operações de confirmação de cartas de crédito aos fornecedores do Irã. O serviço é essencial e serve como garantia de que as vendas serão pagas.

O setor mais prejudicado é o de carne bovina. O Irã se transformou em um dos principais mercados para o produto, rivalizando com o maior e mais tradicional cliente, a Rússia. Entre janeiro e julho, os iranianos compraram 117,5 mil toneladas de carne brasileira, volume 264% maior que as 32,3 mil toneladas do mesmo período do ano passado. As exportações totais para o país em 2009 foram de US$ 1,21 bilhão. (Págs. 1 e A13)
Foto-legenda: Força na pesquisa
Depois de reestruturação iniciado em 2005, que revelou receita e lucros, o Hospital A.C Camargo, referência no tratamento do câncer, concluiu investimento de R$ 18 milhões em um centro de pesquisa e ensino, diz Iriau Machado, CEO da fundação que mantém a instituição. (Págs. 1 e B4)
Serra lidera na terra de Marina
Até a semana passada não parecia que Rio Branco tinha uma candidata a presidente saída dos seringais do Acre. Não se via adesivos de carro com o "Marina 23". Um sintoma do desempenho sofrível nas pesquisas de opinião da candidata do PV, Marina Silva, que está com 32% das intenções de voto dos acreanos, seis pontos atrás de José Serra (PSDB), líder da disputa no Estado. Dilma Rousseff (PT) patina nos 16%. Os “verdes" do Acre, querem mudar esse quadro explorando a imagem de "ousadia" com que Marina superou os obstáculos para se tomar um ícone mundial defendendo a conservação da floresta. A maior barreira para sua ascensão é a imagem de rigor excessivo que criou durante sua passagem pelo Ministério do Meio Ambiente. (Págs. 1 e Al2)
Cresce uso de imóvel como garantia de empréstimos
O aquecimento no mercado imobiliário continua a expandir negócios em diversas frentes, entre elas a concessão de empréstimos tendo imóveis como garantia. O chamado, "home equity" tem crescido rapidamente no país, como alternativa de crédito mais barato para pagar dívidas de quem entrou, por exemplo, no rotativo do cartão de crédito, no cheque especial ou contratou empréstimo pessoal.

Nos Estados Unidos, esse tipo de operação pode ser feita mesmo que a residência seja financiada, mas apenas sobre a parcela já paga ao banco. No Brasil, os critérios são mais rígidos. Exige-se, por exemplo, que o bem dado em garantia esteja quitado, com escritura definitiva. Em troca, oferecem taxas de juros mais baixas e prazos maiores. A modalidade está disponível em instituições como Santander, Bradesco e Caixa. O Banco do Brasil estuda operar a linha e o Itaú está reformando seu produto, oferecido em parceria com a imobiliária Lopes, por meio da CrediPronto. (Págs. 1 e Valor Investe)
Sem herdeiros, Tata procura um sucessor
O Grupo Tata formou um comitê especial para buscar um sucessor para o presidente do conselho, Ratan Tata, que vai se aposentar em 2012, aos 75 anos. Um dos maiores empresários da Índia, que controla um grupo com 360 mil empregados e vendas anuais de US$ 70 bilhões, Ratan nunca se casou e não tem herdeiros. O comitê, de cinco membros, vai considerar candidatos do grupo ou não, indianos ou não. A Tata atua nas áreas de chá, hotéis, carros (dona da Jaguar), produtos químicos e TI. No Brasil, tem a Tata Consultancy Services. (Págs. 1 e B8)
Transação imobiliária recorde no Rio
O maior negócio imobiliário do Brasil em aporte direto está muito perto de ser fechado. A Participações Morro Vermelho, holding que controla a Camargo Correa, e a Tishman Speyer estão vendendo a segunda torre do Ventura, prédio de altíssimo padrão no centro do Rio, por cerca de R$ 700 milhões. Segundo o Valor apurou, o comprador é a BR Properties, que fez parceria com um banco de investimentos para levantar recursos. Metade do prédio (20,5 mil m²) já está alugado para o BNDES, que tem direito de preferência na compra, mas não deve exercê-la. (Págs. 1 e B1)
Com Cielo e Redecard, cartões regionais cruzam fronteiras e tornam-se nacionais (Págs. 1 e C1)
 
Bilionários americanos atendem apelo para partilhar fortunas (págs. 1 e B9)
 
Fôlego para o consumo
A expansão do nível de emprego e da renda dos trabalhadores acelerou o ritmo de crescimento da massa salarial, que no segundo trimestre aumentou 6,7% em relação ao mesmo período de 2009. (Págs. 1 e A3)
Concorrência nos chips
Intel aceita acordo com a Comissão Federal de Comércio (FTC) dos EUA para encerrar processo por práticas anticoncorrenciais nos mercados de semicondutores. (Págs. 1 e B2)
Punições à Gol
Os problemas da Gol nos últimos dias vão resultar em multa de pelo menos R$ 2 milhões a ser imposta pela Anac, que também proibiu a contratação de novos voos fretados até que a situação seja normalizada. (Págs. 1 e B4)
Expansão sob medida
Criada há 25 anos, a fabricante de móveis sob encomenda Q&E Quartos, hoje com seis lojas, prepara sua chegada ao mercado americano em 2012. O destino será Nova York ou São Francisco, diz Alessandro Cenacchi. Até lá os planos incluem mais oito lojas no país. (Págs. 1 e B5)
Aistom foca ´redes inteligentes´
Após recomprar o negócio de equipamentos para transmissão e distribuição de energia, vendido à Areva em 2004, a Aistom investe na fábrica de Itajubá (MG) de olho no mercado de"smart grid". (Págs. 1 e B8)
Governo vê irregularidade em aves
Ministério da Agricultura aponta excesso de água nos frangos in natura produzidos nas unidades da BRF em Capinzal (SC), da Copacol em Cafelândia do Oeste (PR) e da Rigor em Jarinu(SP). (Págs. 1 e B11)
Alta do trigo chega à mesa
A escalada dos preços do trigo no mercado internacional deu início à queda de braço entre a indústria de massas e os moinhos nacionais, que já preparam reajustes para os próximos 30 dias. (Págs. 1 e Bl2)
Foco nos custos
Apesar da tendência de queda para os preços da soja, produtores do Mato Grosso do Sul antecipam compras de insumos para reduzir custos de produção. (Págs. 1 e Bl2)
Sonho americano
Apesar da recuperação da economia americana, o mercado imobiliário, epicentro da crise, ainda não se recuperou e há boas oportunidades para quem quer comprar um imóvel nos EUA. (Págs. 1 e D1)
Fundos perderam R$ 1 bi em julho
A indústria de fundos de investimento iniciou o semestre com saques líquidos de R$ 1,314 bilhão em julho, primeiro resultado mensal negativo do ano. Os saques foram liderados pelos DI e multimercados. (Págs. 1 e D2)
Ideias
Ribamar Oliveira

Números do Tesouro mostram que estratégia do governo Lula não foi criar estatais, mas fortalecer as existentes. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Alexandre Schwartsman

Aumentos de gastos em 2009, executados em 2010, implicaram uma redução persistente do superávit primário. (Págs. 1 e A13)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: Vereadores sem postura
Pelo menos sete parlamentares de BH descumprem o Código de Posturas, lei que eles mesmos aprovaram, e emporcalham a cidade com propaganda eleitoral irregular.

Os sujões:
Cabo Júlio (PMDB), João da Locadora (PT), Luis Tibé (PTdoB), Neusinha Santos (PT), Reinaldo Lima (PV), Silvinho Rezende (PT), Wellington Magalhães (PMN). (Págs. 1 e 3)
Foto Legenda: Praça de touros? Não, é o Mineirão
Operários concluem a retirada de todo o gramado e deixam o campo coberto apenas por terra. O trabalho faz parte da segunda etapa da reforma do estádio, que vai se transformar em canteiro de obras em 30 dias. (Págs. 1 e Super Esportes)
Passagem de avião em supermercado
TAM e Azul anunciam venda de bilhetes em grandes redes varejistas para atender classes C e D. Atrasos em voos levam Anac a multar Gol em R$ 2 milhões. (Págs. 1 e 21)
Crise no Irã: Ahmadinejad é alvo de um suposto atentado (Págs. 1 e 25)
 
Enem sob suspeita: Dados de 11,7 milhões de estudantes vazam na web (Págs. 1, 29 e 39)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: Bancos impedidos de cobrar por boletos
Taxa é proibida, mas muitas instituições ainda insistem na cobrança. Orientação é que o consumidor negocie com banco ou financeira. Se não tiver sucesso, deve procurar a Justiça com prova de que a queixa foi formalizada. (Pág. 1)
Foto Legenda: Isto é Brasil (Pág 1)
 
Antiga Escola Técnica adota o Enem para cursos superiores (Pág. 1)
 
Ministério Público denuncia Bruno e mais oito pessoas (Pág. 1)
 
Vazamento (Pág. 1)
 
Apedrejamento (Pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: A neve da década
Flocos cobrem pelo menos oito municípios gaúchos, como São José dos Ausentes, em uma onda de frio histórica. (Págs. 1, 4 a 10 e 48)

Entenda o fenômeno que surpreende o Sul.
Exército terá poder de polícia nas fronteiras
Aprovada pelo Senado, lei para reforçar o combate ao crime organizado agora só depende da sanção presidencial. (Págs. 1 e 51)
------------------------------------------------------------------------------------
 
 
Se nos anos de 1940 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.