- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 221

 

 
 
Edição nº 221, de 08 de agosto  de 2010
 
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
 
preservação da Mata Atlântica em propriedades rurais, o que equivale a 360.618 campos de futebol – ou três vezes o tamanho da capital -, caso o novo Código Florestal seja aprovado pelo Congresso. Esse é o tamanho das reservas legais em 88% das propriedades rurais que serão afetadas pelo novo Código, informam Cláudio Motta e Emanuel Alencar. Ambientalistas afirmam que na prática, isso representará um estímulo para o desmatamento de trechos hoje protegidos por lei. (Págs 1 e 23)

Foto legenda – O outro Brasil
Na primeira reportagem da série que mostrará um Brasil pouco conhecido, Chico Otávio vai contar histórias como a dos operários que erguem uma usina hidrelétrica perto da capital de Rondônia, estado que cresce de forma desordenada.A série será publicada ao longo da campanha eleitoral. (Págs, 1 e 16)
Gasto secreto sobe e chega R$ 3,2 milhões
Em ano eleitoral, a Presidência da República aumentou o sigilo sobre gastos com cartão corporativo. O gasto secreto subiu e soma R$ 3,2 milhões. Menos de 2% das despesas estão detalhadas no Siafi.(Págs. 1 e 3)
Cabral faz campanha milionária
Um helicóptero alugado, dois mil cabos eleitorais contratados a R$ 1.200 por mês, 30 carros e 20 vans são alguns números da campanha milionária do governador Sérgio Cabral (PMDB), que já arrecadou R$ 4,7 milhões. (Págs. 1 e 14)
País perde US$ 27 bi por indústria exportar menos
Com a queda das vendas ao exterior de produtos industrializados, o Brasil deve deixar de ganhar US$ 27 bilhões este ano. Pela primeira vez desde 1978 o país está exportando mais bens básicos (43,3%) do que manufaturados (40,5%). (Págs 1 e 33)
Histórias do Moreno
Na construção do PMDB, a gafe de Ulysses em Teresina. (Págs 1 e 20)
Caiu na rede
Equilíbrio: depois do “Dilmaboy”, chega ao You Tube o “Serraboy”. (Págs 1 e 4)
Elio Gaspari
O prefeito de Campinas levou Dilma a enfeitar uma fraude. (Págs 1 e 22)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: BNDES repassa 57% dos recursos a 12 empresas
Banco defende política como estratégia para apoiar grandes grupos nacionais.
Levantamento da Folha com base nas operações divulgadas revela como o estatal BNDES foi seletivo de 2008 a junho deste ano.
Nesse período, as estatais Petrobrás e Eletrobrás, além de dez grupos privados que se associaram a projetos de interesse do governo federal, ficaram com 57% dos R$ 168 bilhões contratados.
Entre os mais favorecidos pela instituição estão as três maiores construtoras do país – Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Odebrecht -, a Vale, o grupo Votorantim e o frigorífico JBS.
O diretor de Planejamento do banco, João Carlos Ferraz, defende o apoio a grandes grupos nacionais. Para ele, “não há BNDES no mundo” que force a decisão de investimentos. (Pág 1 e Mercado)
Deputado usa em campanha verba pública dos gabinetes
Deputados de diversos partidos usaram verba pública para fim eleitoral.
Ao menos cinco gabinetes, custeados pela Câmara, foram usados no primeiro mês de campanha oficial.
Dos 513 deputados federais (75%) gastaram juntos R$ 809 mil em combustíveis para percorrer suas bases. (Pág. 1, A4 e A9)
Vinicius Torres Freire
Plínio foi momento de fantasia aceitável no debate na TV. (Pág. 1 e B4)
Poder
Dos Sarney a José Dirceu, veja famílias que fazem política há gerações. (Pág. 1 e A12)
Exigência de criança branca para adoção cai à metade
Dados do Cadastro Nacional de Adoção mostram que caiu quase à metade o contingente dos que colocam a cor branca como condição para adotar uma criança.
Em 2008, a lista do CNA tinha 12 mil pretendentes, e 70% apresentavam a exigência. Em julho de 2010, eram 38% de um total de 28 mil inscritos. (Pág. 1 e C1)
Editoriais
Leia “Álvaro Uribe”, sobre o governo do ex-presidente colombiano; e “Um ano sem fumaça”, acerca da lei que veta o fumo em locais de uso coletivo em SP. (Pág. 1 e A2)

------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Lula deixará para sucessor conta de até R$ 90 bilhões
Valor refere-se à projeção de restos a pagar de 2010 para 2011; até junho, o volume era de R$ 53,7 bilhões

O presidente Lula deixará a seu sucessor pagamentos pendentes de R$ 90 bilhões, segundo a área técnica. Será um novo recorde, batendo os R$ 72 bilhões que passaram de 2009 para 2010. O dado de 2010, até junho, é de R$ 53,7 bilhões, informa a repórter Lu Aiko Otta.

Essas despesas são os restos a pagar e ocorrem porque os ministérios às vezes contratam um serviço, mas ele não é concluído até dezembro. A existência dessa conta é rotineira na administração pública, mas virou uma bola de neve por causa do PAC. Os restos a pagar já são quase iguais aos investimentos previstos no ano. “O gestor público acaba ficando numa escolha de Sofia: ou paga os restos do ano anterior ou executa o orçamento do ano”, diz Gil Castello Branco, do Contas Abertas. “Não tem dinheiro para os dois.” (Págs. 1, B1 e Economia)
A 90 dias do Enem, governo não fechou contratos
A três meses da realização do Enem, o contrato com as instituições que organizarão a prova ainda não foi assinado. Sem esse acordo formal, não é possível iniciar as atividades, como a contratação de fiscais. Mesmo assim, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) garante que tudo está de acordo com o cronograma previsto. (Págs. 1, A24 e Vida)
Escândalos não tiram políticos das eleições
A eleição de outubro expõe uma contradição. Será a primeira disputa com a aplicação da Lei da Ficha Limpa, mas terá personagens dos maiores escândalos políticos dos últimos 20 anos com correndo a deputado, senador ou governador. Além de não terem se afastado da política, muitos são favoritos. (Págs. 1, A4, A6 e Nacional)
Colômbia dispensa Brasil para diálogo com vizinhos. (Págs. 1, A18 e Internacional)
 
J.R. Mendonça de Barros - Revisão de cenário
O crescimento mundial no primeiro semestre foi melhor do que o esperado. Confirmou-se a expansão dos emergentes e melhora na Europa. (Págs, 1, B6 e Economia)
Dora Kramer – Clima morninho
O alto-comando da campanha de Dilma gostou do debate entre os presidenciáveis na TV porque foi um arroz com feijão bem feito. (Págs. 1, A6 e Nacional)
Notas & Informações – Prejuízos à vista na Venezuela
Empresas brasileiras poderão pagar caro por haver acreditado no presidente Hugo Chávez. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Foro especial para juiz pode cair
Aposentados entram na mira do Supremo

A decisão do Conselho Nacional de Justiça de aposentar um ex-ministro do STJ e um juiz do TRF (2ª Região) acusados de corrupção, mantendo as remunerações, pode ser o primeiro passo de uma decisão mais drástica. O Supremo discute o fim do foro privilegiado que mantém magistrados longe da perda dos privilégios. (Págs, 1 e A3)


------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: O jogo duplo da elite do executivo
Em busca de prestígio, experiência e dinheiro, os melhores quadros do setor público optam pelo afastamento voluntário para atuar no mercado privado. Alguns concursados, em especial os que já ocuparam altos cargos no Executivo, chegam a ficar até nove anos licenciados. Tais situações levantam discussões éticas. Há suspeitas de que servidores de órgãos como a Receita, por exemplo, se afastam para montar consultorias que ensinam empresas ou pessoas físicas a pagar menos impostos. Casos assim têm sido discutidos no governo e a Comissão de Ética Pública da Presidência da República baixou uma resolução em 2003, para julgar possíveis conflitos de interesse. (Págs 1 e 12)

Planos de saúde – Espera de até 7 meses por consulta
Demora por atendimento, dívidas com o SUS e reajustes injustificados levaram três órgãos de defesa do consumidor a questionar a ANS, responsável pela regulação dos planos privados, nos últimos 20 dias. (Págs, 1, 14 e 15)
Eleições – Os votos cobiçados de Marina
A candidata do PV tem apenas 10% de intenções de voto, mas pode decidir a corrida ao Planalto caso a disputa vá ao segundo turno. Os concorrentes tomaram uma precaução: nada de atacar a ex-ministra. (Págs. 1 e 2)
Ficha Limpa – Vitória de Roriz pode anular pleito
Procurador regional eleitoral alerta que, se o ex-governador não validar na Justiça a sua candidatura e vencer no primeiro turno, serão convocadas novas eleições no Distrito Federal. (Págs, 1 e 25)
Terceira via
Candidato do PV ao Buriti quer eleitor de Roriz e de Agnelo. (Págs 1 e 28)

------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: Antes do golpe, um tango
Fotos obtidas pelo Estado de Minas revelam a boa vida que Thales Maioline,o Madoff mineiro, um mês antes de sumir com R$ 50 milhões de investimentos.(Pág.1 e pág.14)
Campanha
Com 10% nas pesquisas, Marina é o fiel da balança.(Pág. 1 e 3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Empate bonito de se ver
Náutico e Sport ficaram no 1x1, ontem, nos Aflitos, com os times buscando o gol todo o tempo, mas esbarrando nas grandes atuações de Glédson e Magrão, a disputa firme de bola entre Cristiano e Zé Antônio (no ar) é bom retrato do jogo. (Pág. 1)
Contratação de temporários vai começar (pág. 1)
 
Judiciário fica mais veloz com a Era Digital (pág. 1)
 
Álcool, direção e juventude viram misturas explosiva (pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Veja
 
Manchete: Falar e escrever bem: rumo à vitória
Expressar-se com clareza e elegância é essencial para avançar na vida. A boa notícia é que há mais ferramentas para o aprendizado. (Pág. 1)

Especial
Língua portuguesa como falar e escrever bem. (Pág. 96)
Corrupção: O ficha-suja Joaquim Roriz estrela um vídeo-bomba(Pág.1)
 
Ficha suja
Joaquim Roriz tem candidatura impugnada. (Pág. 76)
------------------------------------------------------------------------------------
Época
 
Manchete: Os novos evangélicos
Um movimento de fiéis critica o consumismo, a corrupção e os dogmas das igrejas - e propõe uma nova reforma protestante. (Pág. 1)

Debate na TV: Os limites de Dilma diante das câmeras(pág.1)
 
Religião
Quem são e o que desejam os novos protestantes. (Pág. 84)
Eleições
Os limites de Dilma expostos na TV. (Pág 36)
------------------------------------------------------------------------------------
ISTOÉ Dinheiro
 
Manchete: "Comprei a empresa onde eu trabalhava"
Conheça as histórias de empreendedores que viraram donos das companhias em que eram funcionários e realizaram o sonho de ter o próprio negócio. E o melhor: hoje elas estão maiores e mais rentáveis. (Pág 1)
Capa
Funcionários compram empresas onde trabalham... (Pág 52)
------------------------------------------------------------------------------------
CartaCapital
 
Manchete: A hora da tevê
Entregues às câmeras, os candidatos apostam as últimas fichas.

Pará: Ana Júlia Carepa enfrenta mais uma dura eleição
Ana Júlia Carepa busca a reeleição no Pará em um cenário tão adverso quanto a dura disputa de 2006.(pág.1)
Eleitor, telespectador
A campanha presidencial resume-se a aparecer na tevê. Dilma tenta faturar no primeiro turno. Serra e Marina buscam adiar o fim do jogo. (Pág. 18)
Caminho tortuoso
Ana Júlia Carepa busca a reeleição no Pará em um cenário tão adverso quanto a dura disputa de 2006. (Pág. 24)
------------------------------------------------------------------------------------
EXAME
 
Manchete: O Google vai à guerra
Para o maior fenômeno da internet de todos os tempos, crescer não basta. É preciso crescer astronomicamente. E isso só será possível atacando os territórios de Apple, Microsoft e Facebook. Prepare-se para ver sangue. Eric Schmidt fala a EXAME: "Vamos arriscar mais"

Especial: Os bastidores dos dois grandes negócios que mudaram o jogo das telecomunicações no Brasil(pág.1)
 
Capa: Tecnologia.
O Google tem de crescer. Para isso, precisará atacar os territórios de Apple, Microsoft e Facebook. (Pág. 20)
Especial
Aquisição: Ataques entre sócios, negociações paralelas e - mais uma vez - uma providencial ajuda do governo brasileiro. Os bastidores da venda da Vivo para os espanhóis da Telefônica. (Pág. 114)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: Encontro de extremos
Após estreia com empate na Sul-Americana, o Grêmio de Silas retorna ao Brasileirão com o desafio de vencer justamente o líder fluminense de Muricy Ramalho, para encerrar a sequência de seis jogos sem vitória que o mantém na zona de rebaixamento.(Pág. 1)
Frase de semana
Sou candidato e jamais desisto. Irei às ruas, aos casebres, aos palacetes e direi a todos que sou candidato ao governo do Distrito Federal.(Págs. 1 e 14)
Klécio Santos: A Luladependência de Dilma
Resta saber se o PSDB ousará partir para o confronto com o presidente.(Págs. 1 e 10)
------------------------------------------------------------------------------------
 
Se nos anos de 1940 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.