- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 233

 

 
Edição nº 233, de 21 de agosto  de 2010
 
O Dizimista – Primeiro jornal virtual de Pirassununga
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
 
21 de agosto de 2010
O Globo
 
Manchete: Governo Lula não mudou a calamidade no saneamento
Em 2008, após 6 anos de mandato, 56% dos domicílios ainda não tinham esgoto

Pesquisa do IBGE revela que em 2008, sexto ano do governo Lula, o país ainda enfrentava situação de calamidade no saneamento: nada menos que 32 milhões de domicílios brasileiros (56% do total) ainda não eram atendidos por rede de esgoto, índice de pais subdesenvolvido. Em 2000, quando a pesquisa foi feita pela última vez, havia 36 milhões de domicílios sem esgoto (66%) - o que mostra que a situação pouco mudou. Neste período, os municípios sem rede coletora diminuíram apenas de 2.630 para 2.495 - cinco deles no Estado do Rio. O Ministério das Cidades descumpriu prazo para apresentar um plano de orientação dos investimentos em saneamento. Ele acabou em dezembro de 2008. (Págs. 1 e 3 a 11)

Mais crianças catam lixo

Raíssa dos Reis, de 5 anos, ajudava ontem o pai a carregar latas de a1umínio numa favela próxima ao aterro de Jardim Gramacho, em Caxias. "Aonde eu vou, ela vai atrás", disse o pai. Segundo o IBGE, aumentou o número de crianças catadoras de lixo no país. Em 2000, elas eram 5.393 e oito anos de pois, 5.636 (num universo de 70 mil catadores). Metade dos municípios ainda tem lixões. (Págs. 1 e 4)
Marina também firma compromisso
Assim como Dilma (PT) e Serra (PSDB), a candidata do PV à Presidência, Marina Silva, assinou ontem, em congresso da Associação Nacional de Jornais (ANJ), documento em que se compromete a defender a liberdade de expressão. (Págs. 1 e 17)
Governo pode elevar fatia na Petrobras
Se o mercado não absorver as ações que a Petrobras colocar à venda, a União pode elevar sua fatia no capital, hoje de 32%. O ministro Mantega disse que a capitalização será mesmo em 30 de setembro. (Págs. 1, 35, 36 e Miriam Leitão)
Gol pode ter manipulado escala de piloto
Segundo o Ministério Público do Trabalho, há indícios de que a Gol tenha manipulado escalas de voos e embarcado até piloto como passageiro para driblar o excesso de jornada A empresa não comenta. (Págs. 1 e 39)
Empresário moderno é socialista, diz Skaf, candidato em SP (Págs. 1 e 18)
 
De olho na TV
Xexéo: pela primeira vez na História, Lula associa leitura a um futuro melhor. (Págs. 1 e 16)
Caiu na rede
Adriana Vasconcelos: vídeo no You Tube faz sucesso com ataques a Dilma. (Págs. 1 e 18)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Dilma dispara, dobra vantagem e venceria Serra no 1 º turno
Eleições 2010

Petista sobe 6 pontos e vai a 47%; tucano cai a 30%, diz Datafolha; Embalada pela TV, candidata ganha em todas as regiões e classes, à exceção dos mais ricos

Pesquisa Datafolha em todo o país mostra que Dilma Rousseff (PT) duplicou sua vantagem em relação a José Serra (PSDB) depois de três dias de propaganda eleitoral no rádio e na TV.
Com esses números, a candidata se elegeria no primeiro turno. Dilma tem agora 47%, ante 30% de Serra. Em votos válidos, a petista vai a 54%, acima dos 50% para definir a eleição.
A diferença entre os dois subiu de 8 para 17 pontos. Hoje, o tucano não lidera em nenhuma região do país. Com 9%, Marina Silva (PV) variou um ponto para baixo.

Na pesquisa espontânea, Dilma foi de 26% para 31%. Serra, de 16% para 17%. A margem de erro máxima do levantamento é de dois pontos percentuais. (Págs. 1 e A4)

Fernando de Barros e Silva
Tucano vem escrevendo a crônica do colapso. (Págs. 1 e A2)

Mauro Paulino e Alessandro Janoni
Televisão ajuda a ampliar vantagem da petista. (Págs. 1 e A6)
Campanha do PT infla dados sobre habitação
A propaganda de Dilma Rousseff (PT) inflou números do setor habitacional na gestão Lula, relata Gustavo Patu. Segundo programa de rádio, "os investimentos em habitação no Brasil saltaram de R$ 7,9 bilhões para quase R$ 70 bilhões".
O sistema de acompanhamento dos gastos da União mostra que os investimentos federais no setor foram de R$ 33 milhões, em 2003, para R$ 506 milhões, em 2009. O valor citado na propaganda vem da soma de várias fontes. (Págs. 1 e A10)
Para TCU, nem bolsa garante meta de jovens na faculdade
Relatório do TCU aponta que o governo não cumprirá a meta de ter 30% dos jovens de 18 a 24 anos na faculdade até 2011, relata Dimmi Amora. Com o programa de bolsas ProUni, iniciado em 2004, o número foi de 10,5% a 13,9% em 2008.
Técnicos do TCU acham possível atingir a meta só em 2020. Para o governo, os 30% serão alcançados, considerando universitários de todas as idades. (Págs. 1 e Cotidiano 2)
Auditoria do pré-sal tem vínculo com a Petrobras
A empresa americana GCA, contratada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) para determinar um preço para o barril do petróleo do pré-sal, mantém negócios com a Petrobras, informa Rubens Valente.
A petroleira, que vai fazer a compra de 5 bilhões de barris da União, tem interesse em um preço mais baixo.
A ANP disse não haver conflito. Petrobras e GCA não comentaram. (Págs. 1 e B1)
Metade das casas ainda não tem acesso a rede de esgoto (Págs. 1 e Cotidiano 2)
 
Boa notícia
Desconto retroativo ao INSS não será mais cobrado. (Págs. 1 e B11)
Editoriais
Leia "Avesso do avesso", que comenta a propaganda eleitoral de José Serra; e "Malha metropolitana", acerca do transporte sobre trilhos em São Paulo. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: No País, 34,8 milhões de pessoas vivem sem coleta de esgoto
Números divulgados pelo IBGE mostram que expansão do saneamento não acompanhou crescimento populacional; só 44% dos domicílios têm acesso à rede

A expansão da rede de saneamento básico no Brasil não acompanhou o crescimento da população entre 2000 e 2008. A Pesquisa Nacional de Saneamento Básico, divulgada ontem pelo IBGE, mostra que, em 2008, 34,8 milhões de pessoas, ou 18% da população, viviam em locais sem nenhum tipo de rede coletora de esgoto. Em 2000 eram 34,7 milhões, ou 20,4%. A proporção de domicílios com acesso à rede geral subiu de 33,5% para 44%, alta de 31,3%. O porcentual de municípios com rede coletora passou de 52,2% para 55,2%, um aumento de 194 municípios. Pouco mais de um quarto dos municípios (28,5%) trata o esgoto coletado. (Págs. 1 e Vida A25 e A26)

Lixões espalhados pelo País

Mais de 70% das cidades brasileiras despejam lixo em locais que não são adequados, diz o IBGE. (Págs. 1 e Vida A26)

32,2 milhões
É o total de residências brasileiras sem coleta de esgoto. (Pág. 1)

1,6%
É o percentual de domicílios de Rondônia com acesso a saneamento. (Pág. 1)
Serra defende uso da imagem de Lula
O candidato à Presidência José Serra (PSDB) defendeu a exibição de imagens suas com o presidente Lula no horário eleitoral contestada pelo PT. "Não sei por que estão se incomodando. Só dissemos que eu e Lula somos políticos experientes", afirmou Serra, em referência à suposta inexperiência da candidata Dilma Rousseff (PT). Aliados do tucano questionaram a eficácia da estratégia, mas o núcleo próximo do candidato diz que a ideia é mostrar Serra como o candidato do pós-lula. (Págs. 1 e Nacional A4)

Sabatina: Geraldo Alckmin
Tucano diz que vai rever pedágios

O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse ontem em sabatina promovida pelo Grupo Estado que pretende fazer alterações nos pedágios das estradas. Segundo Alckmin, os 18 contratos com as concessionárias serão revistos “um por um” para “verificar se são favoráveis ao Estado”. Alckmin criticou a proposta de Aloizio Mercadante (PT) de criação em São Paulo de banco nos moldes do BNDES: "Não pode, é ilegal.(Págs. 1 e Nacional A8 e A9)
Shell e Basf são condenadas a pagar R$ 1,1 bi
A Shell e a Basf foram condenadas a pagar tratamento médico e indenização a ex-trabalhadores de uma fábrica de agrotóxicos em Paulínia (SP). No total, eles devem receber cerca de R$ 1,1 bilhão, segundo estimativa da juíza que conferiu a sentença. A Shell disse que a decisão é "descabida" e a Basf, "absurda". Elas vão recorrer. (Págs. 1 e Economia B1)
Mansueto Almeida
O que queremos do BNDES?

Há um sentimento de que problemas do Brasil podem ser resolvidos pelo fortalecimento do BNDES, sem que se discuta de quanto o banco precisa. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Notas & Informações
A imagem da Petrobras

Nenhum inimigo da Petrobras prejudicou tanto a imagem da empresa quanto o governo Lula. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Lentidão no avanço do saneamento
Pesquisa do IBGE expõe atraso

O saneamento não tem acompanhado a evolução de outros setores da área de infraestrutura. Segundo a Pesquisa Nacional de Saneamento Básico de 2008, do IBGE, somente 45,7% dos domicílios do país eram atendidos por redes há dois anos. Os presidenciáveis José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) usaram os números para criticar o atual governo, que foi defendido por Dilma Rousseff (PT). (Págs. 1 e País A2 e A3)
Mantega avaliza capitalização
A Petrobras depende da definição do preço do petróleo do pré-sal cedido pela União (cessão onerosa) para marcar a data de capitalização. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou que isso se dará em setembro. (Págs. 1 e Economia A14)
Foto-legenda: Queda de braço
A Advocacia-Geral da União (AGU) obteve, no Rio, uma decisão judicial que determina o prazo de 60 dias para a retirada do Canecão do terreno que pertence à Universidade Federal do Rio de Janeiro, em Botafogo. (Págs. 1 e Cidade A7)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: Sessão dos distritais dura só três minutos
Nem mesmo as caríssimas instalações da nova Câmara Legislativa foram suficientes para convencer os deputados distritais a trabalhar. Desde do retorno das férias, em 3 de agosto, os parlamentares estão cada vez mais sumidos do local de expediente. O boletim das sessões realizadas nas últimas semanas mostra queda acentuada no quorum e redução vertiginosa das atividades em plenário.
O recorde aconteceu na última quarta-feira. Com 16 presentes, a sessão durou três minutos: começou às 15h31 e terminou às 15h34. O presidente da Câmara Legislativa, Wilson Lima (PR), procura justificar o breve desempenho dos colegas. "Às vésperas das eleições, os deputados acabam indo para rua mesmo, seus apoiadores e funcionários estão licenciados fazendo campanha, é difícil não participar do processo". (Págs. 1 e 31)
"Adriana está bem, na medida do possível"
Pelo segundo dia consecutivo, parentes visitaram Adriana Villela no presídio feminino da Colmeia. A filha do casal assassinado na 113 Sul está em uma cela individual, antes reservada para encontros íntimos das detentas, e dorme em uma cama de casal. Célia Mendes, tia, afirma que Adriana tem demonstrado estabilidade. "Ela está bem, na medida do possível". O desembargador Romão Cícero pediu mais informações para decidir se concede habeas corpus à vidente Rosa Maria Jaques e ao marido. O magistrado determinou a soltura de Guiomar da Cunha, ex-empregada dos Villela, porque entendeu não haver provas da participação dela no crime. (Págs. 1 e 15 s 37)

Promotora acusada
Arruda afirma que Deborah Guerner o chantageou com vídeo de Durval Barbosa e teria recebido propina de Roriz para abafar o escândalo da bezerra de ouro. (Págs. 1 e 34)
Foto-legenda: Reforma presidencial
A partir de quinta-feira, o presidente Lula volta a despachar no Palácio do Planalto. A sede do executivo passou por um ano e cinco meses de restauração; Ganhou duas garagens subterrâneas, facilidades no fluxo de funcionários e novos escritórios. O Correio visitou as dependências do Planalto. Nas fotos acima, confira o acesso à sala da Presidência, os azulejos de Athos Bulcão à saída do elevador e o vão livre no terceiro andar do prédio. (Págs. 1 e 2)
Saneamento
30 milhões de casa sem esgoto

Números do IBGE mostram que, nos últimos oito anos, a rede de coleta de resíduos aumentou apenas três pontos percentuais. Cerca de metade dos municípios do país (2.495) não tem esgoto encanado. Maranhão, Piauí e Pará são os estados que mais sofrem com o problema. (Págs. 1 e 10)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: UPE tem recorde de feras inscritos
Número pode cair um pouco por falta de pagamento, mas 54.796 alunos se matricularam para o vestibular, superando os 35.178 de 2007. Interiorização foi um fator decisivo ao crescimento. (Pág. 1)
Mais de 70% das cidades brasileiras dependem de lixões (Pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: Polícia desarticula desvio em contas correntes no RS
Depois de 15 meses de investigação, é preso em Fortaleza golpista virtual que formou quadrilha no Estado quando foi recolhido ao Presídio Central. (Págs. 1 e 45)

Disputa na TV
Promessas ocupam o horário eleitoral

Veja quais propostas chamaram a atenção na arrancada da propaganda obrigatória. (Págs. 1, 8 e 14)
Ameaça nuclear
Usina no Irã põe o mundo em alerta

Apesar de estar sob sanções da ONU, país inaugura hoje central atômica construída com apoio russo. (Págs. 1 e 34)
Entrevista a ZH
Uma vítima do cerco à imprensa na Venezuela

Proprietário do principal jornal venezuelano, Miguel Otero descreve a ZH o avanço da censura imposta a críticos de Chávez. (Págs. 1 e 37)
Aeroporto às escuras
A três anos e 10 meses da Copa que o Brasil sediará, blecaute de duas horas atrasa pelo menos 32 voos. (Págs. 1, 4 e 5)
------------------------------------------------------------------------------------
 
Se nos anos de 1940 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.