- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 237

 

 
Edição nº 237, de 25 de agosto  de 2010
 
O Dizimista – Primeiro jornal virtual de Pirassununga
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
 
25 de agosto de 2010
O Globo
 
Manchete: Garotinho é condenado por formar quadrilha com ex-chefes de polícia
Grupo é acusado de lotear delegacias e proteger máfia de caça-níqueis

Em sentença inédita na Justiça Federal do Rio, um ex-governador, Anthony Garotinho, dois ex-chefes da Policia Civil - Álvaro Lins dos Santos e Ricardo Hallak - e mais sete pessoas foram condenados pelo juiz Marcelo Leonardo Tavares, da 4ª Vara Federal Criminal, a penas que variam de dois a 28 anos de prisão, por crimes de formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de bem. O juiz ressalta que Garotinho dividia com Lins - condenado a 28 anos – o comando da quadrilha responsável pelo loteamento de delegacias e a proteção das atividades da máfia dos caça-níqueis, controlada por Rogério Andrade. Os condenados vão recorrer. (Págs. 1 e 18)
Eleições 2010: As janelas quebradas do sigilo
Juiz manda Receita abrir para tucano investigação sobre vazamento de seus dados fiscais

A Justiça Federal determinou que a Receita Federal dê ao vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, acesso às investigações sobre o vazamento de seus dados fiscais. "O Brasil convive há muito tempo com janelas quebradas na vizinhança da proteção ao sigilo", diz a sentença do juiz Antonio Claudio Macedo da Silva. A Receita entregou a Eduardo Jorge dois CDs com dados das investigações. Para o tucano, o vazamento saiu da campanha petista. O PT nega. (Págs. 1, 3 e Zuenir Ventura)

´Herança maldita´ de Lula em debate

Dilma Rousseff e José Serra negam que irão fazer o impopular ajuste fiscal. Mas representantes de seus partidos admitem a medida. (Págs. 1, 9 e 10 e editorial "Será necessário um ajuste em 2011")

Tesoureiro de Dilma é impugnado

Tesoureiro de Dilma Rousseff, José de Fillippi teve a candidatura a deputado federal barrada pelo TRE-SP que cobra uma certidão. A Procuradoria já tinha pedido sua impugnação por ficha suja. (Págs. 1 e 11)
Feira livre de dados pessoais segue em SP
O comércio de dados pessoais sigilosos nas ruas de São Paulo continua sendo feito livremente. Ontem, um dia após denúncia do GLOBO, repórter comprou outro CD com informações de contribuintes. Agora, da Receita Federal, por R$ 95. (Págs. 1 e 25)
CBF e empresas investem em UPPs
Fundo vai financiar obras de infraestrutura em áreas retomadas do tráfico de drogas

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) - de olho na Copa de 2014 – e seis empresas vão participar de um fundo para financiar obras de infraestrutura nas áreas de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). O fundo já dispõe de R$ 24 milhões. O secretário de Segurança será o gestor dos recursos do convênio assinado ontem pelo governador. (Págs. 1 e 23)
Cristina usa ditadura para controlar jornais
Em cadeia nacional, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou que recorrerá a Congresso e Justiça para obter o controle da distribuição de papel aos jornais. Ela acusou o "La Nacion" e o "Clarín" de terem se aproveitado da ditadura no país. (Págs. 1 e 31)
Rejeição de Obama já bate a popularidade
Uma nova pesquisa de opinião Reuters/Ipsos mostrou que pela primeira vez a rejeição ao presidente Obama superou a aprovação: 52% dos entrevistados desaprovam o seu desempenho; só 45% lhe dão nota positiva. (Págs. 1 e 33)
Tuberculose: resultado de teste em 1h30m
Rio e Manaus serão as primeiras cidades brasileiras a usar um novo método para detectar tuberculose, que reduz de dois meses para 1h30m o tempo de diagnóstico. O Brasil também produzirá um tratamento mais simples. (Págs. 1 e 34)
Sinal verde para privatizar aeroporto (Págs. 1 e 27)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: União e Petrobras discordam sobre volume de reserva
Estimativas distintas criam nova divergência entre governo e estatal e podem retardar a capitalização da petroleira

Além da polêmica sobre o preço do barril, a operação para levantar dinheiro para os investimentos da Petrobras nos próximos anos corre agora um novo risco de não ocorrer no mês que vem, informa Valdo Cruz.

O Congresso aprovou que a União ceda à Petrobras 5 bilhões de barris. Para isso, entregaria à empresa o reservatório de Franco e uma área vizinha a Tupi. A estatal afirma haver menos petróleo do que a ANP estima.

A Petrobras precisaria de mais áreas para obter os 5 bilhões de barris. O governo resiste e mandou que os cálculos sejam refeitos. (Págs. 1 e B3)

A Vale ultrapassou a Petrobras e se tomou a maior empresa exportadora do país de janeiro a julho. (Págs. 1 e B6)
Avião da Embraer bate e 42 morrem na China
Um acidente com um avião da companhia brasileira Embraer na China deixou 42 mortos -54 sobreviveram. O desastre com a aeronave da chinesa Henan Airlines ocorreu no pouso.

As causas do acidente ainda são desconhecidas. Fonte oficial, entretanto, disse que o jato se partiu antes de tocar o solo. A Embraer afirmou que vai apoiar as investigações. (Págs. 1 e A18)
Ar seco deixa 4 regiões de SP com clima de Saara
Ararinha, Franca, Votuporanga e Barra Bonita, no interior de SP, registram índice de umidade relativa do ar de 11%, nível similar ao do deserto, do Saara (entre 10% e 15%). Na capital, a taxa fica em 17%. (Págs. 1 e C1 e C4)

Em lugar fechado, toalha molhada é melhor que bacia com água. (Págs. 1 e C4)
Cristina quer nacionalização de papel-jornal
Em guerra com a mídia argentina, a presidente Cristina Kirchner afirmou que pretende nacionalizar a produção de papel-jornal. Os jornais dizem que o governo quer aumentar o controle sobre a imprensa. (Págs. 1 e A16)
Foto legenda: Presidente 40: Eleições 2010
Geddel, Dilma e Lula: no canto superior direito, o rosto apagado de Jaques Wagner (Pág. 1)
Até partido que não apoia Dilma fala em obter cargos
Partidos que apoiam Dilma Rousseff (PT) falam abertamente sobre a divisão de cargos em eventual governo dela. A "partilha do pão" -expressão do candidato a vice na chapa, Michel Temer (PMDB)- inclui até parte do PTB, que apoia o tucano José Serra. (Págs. 1 e A4)

Tribunal militar nega acesso da Folha a processo de candidata. (Págs. 1 e A10)
Marco Antonio Villa: Brasil terá pleito sem polêmica e sem oposição
O Brasil poderá com esta campanha inaugurar uma nova forma de pleito presidencial: sem debate, sem polêmica, sem divergência e sem oposição. Nas últimas cinco eleições, só tivemos disputa em três delas.

Esperava que em 2010 fosse diferente: sem Lula e com oposição que realizasse um amplo debate nacional. Rotundo equívoco. (Págs. 1 e A10)
Ex-ministro apaga rival em propaganda na televisão
Inserção na TV do candidato do PMDB ao governo da Bahia, Geddel Vieira Lima, apagou seu adversário Jaques Wagner (PT), candidato à reeleição. Na cena, os dois aparecem em evento ao lado do presidente Lula.

Segundo a equipe de Geddel, o efeito de computador foi usado para evitar problemas com a Justiça. (Págs. 1 e A12)
Paulistano foge de fila e tira visto dos EUA no Rio
Com espera para marcar entrevista superior a dois meses, paulistanos vêm solicitando vistos para visitar os Estados Unidos no Rio de Janeiro. Lá, o agendamento ocorre em menos tempo.

No ano passado, foram emitidos 270 mil vistos em São Paulo, o maior número em todo o mundo. (Págs. 1 e C3)
Editoriais
Leia "Medidas necessárias", sobre controle fiscal no próximo governo; e "Risco para a infância", acerca da fiscalização do material escolar. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Serra quer mostrar força em SP para conter avanço de Dilma
PSDB arregimenta prefeitos paulistas, mobiliza ´estrelas´ tucanas e faz programa de TV mais agressivo

A coordenação da campanha do presidenciável do PSDB, José Serra, preparou uma ofensiva política para fazer frente ao crescimento da candidata Dilma Rousseff (PT) nas últimas pesquisas. O contra-ataque prevê demonstração de força no Estado de São Paulo, onde foi articulado encontro com 450 prefeitos, e a exibição de depoimentos de apoio a Serra no horário eleitoral gratuito na TV, gravados por “estrelas” do PSDB. Foi fechada ontem uma agenda conjunta entre Serra e o candidato tucano ao governo paulista, Geraldo A1ckmin, para projetar a candidatura em São Paulo e impedir o avanço de Dilma. Na TV, o programa de Serra lançou ataques à petista e, pela primeira vez desde que começou o horário político, ele lembrou o mensalão. (Págs. 1 e Nacional A4)

Petista planeja montar time de conselheiros

Líder nas pesquisas para a eleição presidencial, a petista Dilma Rousseff planeja adotar um modelo de govamança que inclui ter conselheiros no Planalto. Eles atuariam em áreas estratégicas e se reportariam diretamente a ela. A ideia, que tem semelhança com o núcleo de assessores da Casa Branca, enfrenta resistência de ministros do atual governo. (Págs. 1 e Nacional A7)
Foto-legenda: Mulheres vão à luta
A mulher de Serra, Monica, visita hospital em Natal em ato de campanha para o marido; A mulher de Lula, Marisa Letícia, pede votos para Mercadante, candidato ao governo de SP, em Paraisópolis. (Págs. 1 e Nacional A4 e A8)
União decide intervir em 7 portos geridos por Estados
O governo federal decidiu intervir na administração de portos estaduais que descumpriram regras previstas em contrato com a União ou cuja operação tem afetado a competitividade do Pais. A intervenção tem graus diferenciados, como a retomada total da concessão de cinco portos do Estado do Amazonas ou a maior participação da União na gestão de Paranaguá e Rio Grande, na Região Sul. (Págs. 1 e Economia B1)
O drama dos mineiros: Chile pede ajuda à Nasa
O Chile pediu conselhos à Nasa para lidar com os 33 mineiros soterrados a 688 metros de profundidade há 19 dias. Para o ministro da Saúde, Jaime Mañalich, a situação é igual à de astronautas em estações, espaciais - os mineiros só serão resgatados em quatro meses. Em contato por um interfone, eles contaram que sobreviveram com uma ração de duas colheres de atum, meia xícara de leite, um biscoito e um pêssego em calda a cada 48 horas. (Págs. 1 e Internacional A12)

Sebastián Piñera
Presidente do Chile

"Estamos fazendo o humanamente possível para tê-los conosco até o fim do ano." (Pág. 1)
Dia mais seco do ano faz população mudar rotina
Após decretar três dias de estado de alerta, a Prefeitura colocou em prática ações de seu plano de contingência para situações de baixa umidade. Interrupção de atividades ao ar livre ou em locais com aglomeração de pessoas estão entre as recomendações. (Págs. 1 e Cidades C1)

17%
Foi o índice de umidade relativa do ar ontem em SP, o mais baixo do ano. (Pág. 1)
Foto legenda: Para inglês ver
A PM mostra em simulação no Pacaembu seu arsenal para 2014. São Paulo, porém, ainda não definiu estádio para a Copa. (Págs. 1 e Esportes E3)
Avião da Embraer cai na China e 43 morrem (Págs. 1 e Internacional A15)
 
Cristina acusa jornais de aliança com ditadura (Págs. 1 e Internacional A13)
 
Notas e Informações
O novo alvo do ´grande eleitor´

Além de eleger sua criatura política, Lula quer exterminar a espécie tucana em São Paulo. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Frente ampla contra a violência
Empresários vão doar mais de R$ 23 milhões por ano para agilizar UPPS

Numa parceria inédita entre empresas com sede no Rio e o governo do estado, a construção de novas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) será simplificada e agilizada através da doação de mais de R$ 23 milhões anuais até 2014. O dinheiro será utilizado para a compra de terrenos, viaturas, equipamentos e, se necessário, até armamentos a serem usados por policiais das UPPs. O empresário Eike Batista, através do grupo EBX, será o maior doador, com cinco parcelas anuais de R$ 20 milhões. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, disse que a parceria dará mais velocidade ao projeto. (Págs. 1 e Cidades A4)
Dilma no primeiro turno já é tendência
Se as eleições fossem hoje, a candidata à Presidência pelo PT, Dilma Rousseff, seria eleita no primeiro turno, segundo pesquisa CNT/Sensus divulgada ontem. Levando em conta apenas os votos válidos, a petista teria 55,3%, superando a soma de todos os outros concorrentes. (Págs. 1 e País A2 e A3)

Garotinho e Álvaro Lins são condenados
O ex-governador Anthony Garotinho e o ex-chefe de Polícia Álvaro Lins foram condenados, respectivamente, a dois anos e meio de prisão (convertidos em serviços à comunidade e suspensão de direitos) e 28 anos. (Págs. 1 e País A6)
Tragédia com avião da Embraer
Pelo menos 43 pessoas morreram, na China, na queda de um avião fabricado pela Embraer. Ele saiu da pista durante o pouso e pegou fogo. (Págs. 1 e Internacional A14)
Poluição muda DNA de espanhóis
Os marinheiros que limparam a maior maré negra da Espanha, em 2002, após o naufrágio do petroleiro Prestige, têm alterações de DNA, problemas pulmonares e mutações nos linfócitos - mais risco de câncer. (Págs. 1 e Vida, Saúde & Ciência A15)
Rio trabalha por um novo porto
Transformar o Porto do Rio no melhor do país será o projeto mais importante na preparação da cidade para a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016, segundo o ministro da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito. (Págs. 1 e Economia A12)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: Plano Piloto tem dois roubos a cada hora
Bairros que integram o Plano Piloto, as asas Sul e Norte concentram um quarto do total de roubos e furtos registrados no DF. De janeiro a julho, foram contabilizadas 12.406 ocorrências, o equivalente a dois crimes a cada hora. As maiores vítimas são os pedestres. As estatísticas da Secretaria de Segurança apontam, entretanto, para a redução da criminalidade nas áreas nobres de Brasília. O governador Rogério Rosso anunciou a convocação de 1.350 policiais militares. (Págs. 1, 26 e 27)

Assalto em shopping

A audácia dos bandidos invadiu o Brasília Shopping, na Asa Norte, na noite de segunda-feira. Dois assaltantes surpreenderam funcionários de um laboratório, trancaram 20 pessoas em uma sala e obrigaram dois reféns a abrir o cofre. Os dois homens, bem-vestidos, roubaram R$ 170 mil. Ninguém foi preso. (Págs. 1 e 26)
Roriz e Arruda na mira da CPI
Relatório da comissão que apura desvios na Codeplan pede indiciamento dos ex-governadores. Inquérito da PF conclui que ex-democrata comandava esquema de corrupção (Págs. 1 e 25)
GDF: BRB opera com lucro e venda é descartada
O Governo do Distrito Federal desistiu de vender o Banco de Brasília, como antecipou o Correio em 23 de julho. O aviso foi encaminhado à Comissão de Valores Imobiliários na segunda-feira. Os resultados de 2010, com lucro de R$ 101 milhões no primeiro semestre, reforçam a posição da instituição financeira. “Somos um banco forte e com crescimento sustentável”, afirma o presidente do BRB, Nilban de Melo Júnior. (Págs. 1 e 35)
Foto legenda: Embraer investiga
Técnicos brasileiros vão ajudar na perícia do acidente ocorrido ontem, na China, com um avião fabricado pela empresa. Morreram na tragédia 43 dos 96 passageiros e tripulantes. (Págs. 1 e 18)
Terras estrangeiras: Transações antigas fora do controle da AGU (Págs. 1 e 9)
 
Impugnação: 47 deputados e senadores ainda estão ameaçados (Págs. 1 e 3)
 
Crime da 113: Filas para a vidente
Presa na Colmeia por atrapalhar as investigações do triplo assassinato, Rosa Maria Jaques dá consultas e faz previsões sobre o futuro das outras detentas. (Págs. 1 e 28)
Seu bolso: Luz sobe 6,35%
A CEB vai reajustar as tarifas de energia elétrica a partir de amanhã. Esse aumento vale para os imóveis residenciais e comerciais. Nas indústrias, o índice chega a 9,57%. (Págs. 1 e 34)
Juros altos: Opção de 167% ao ano
O fotógrafo Raimundo Carvalho orgulha-se de não comprar a prazo. Mas ele é exceção. Os brasileiros estão se endividando mais, principalmente no cheque especial. (Págs. 1 e 11)
Crise econômica: Obama em baixa
Os altos índices de desemprego abalaram a confiança no presidente dos EUA. Segundo pesquisa, 52% dos norteamericanos desaprovam o atual governo. (Págs. 1 e 14)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
 
Manchete: Migração do crédito afeta carteira de bancos privados
A forte expansão dos empréstimos do BNDES começa a ter impacto negativo nas carteiras de crédito dos bancos comerciais. Atraídas por taxas de juros mais baixas, grandes e médias empresas migraram para o banco de desenvolvimento e, com isso, as linhas remanescentes nas outras instituições financeiras tiveram seu risco médio elevado. As consequências são custo do dinheiro e spread em alta e maior risco de inadimplência.

As operações de crédito do BNDES deram um salto de 45,4% em 12 meses, um crescimento quatro vezes maior do que os 11% de avanço dos empréstimos com recursos próprios dos bancos. Somente em julho, os empréstimos do banco oficial avançaram 4,7%, ante 0,4% das demais instituições financeiras. (Págs. 1 e C10)
Corrida para a renda fixa no Brasil
Números desapontadores sobre o desempenho do setor imobiliário nos EUA levaram os títulos públicos americanos e da zona do euro a baixas recordes. A perspectiva de que a atividade global permanecerá fraca e os juros, baixos estimulou o apetite dos investidores por ativos de renda fixa no Brasil.

No leilão de ontem do Tesouro, os juros dos títulos de prazo mais longos, como as NTN-B indexadas ao IPCA, caíram abaixo de 6% ao ano, o menor nível desde 2007. A NTN-B 2050 foi vendida a 5,88%. Papéis com outros prazos também tiveram quedas expressivas como reflexo da demanda crescente por papéis de longo prazo, especialmente de investidores estrangeiros. "A queda dos juros dos Treasuries provoca uma onda em cadeia no mundo todo", diz Julio Callegari, economista do J. P. Morgan. (Págs. 1 e C2)
Foto legenda: Novos rumos
Segunda maior empresa de call center do Brasil, a Atento ampliou sua atuação e hoje auxilia pequenos varejistas do interior do país a monitorar estoques. Sua meta é ter 80% da receita proveniente de serviços de maior valor agregado, diz Nelson Armbrust. (Págs. 1 e B3)
Camargo ganha obra na Venezuela
A Camargo Corrêa fechou contrato de US$ 2,2 bilhões com o governo da Venezuela para obras de saneamento na bacia do rio Tuy, em uma região próxima a Caracas, para atender a uma população de cerca de 5 milhões de pessoas. O empreendimento, que inclui estações de tratamento de água, esgoto e projetos de irrigação, é o maior contrato da empreiteira brasileira na Venezuela. Diferentemente de outras empresas, a Camargo, que já toca desde 2009 um projeto de saneamento em Caracas, diz que não teve problemas para receber pagamentos do governo venezuelano. Para a nova obra, não houve concorrência e o BNDES vai financiar 60% do empreendimento - essa era uma das exigências do governo Chávez. (Págs. 1 e B7)
Cid Gomes defende aliança PT-PSDB pela estabilidade
Um dos governadores do PSB favoritos à reeleição em primeiro turno, Cid Gomes (CE) defende a reaproximação de PT e PSDB num eventual governo de Dilma Rousseff (PT), como estratégia para reduzir o peso do PMDB - partido do vice, o deputado Michel Temer (SP). "Ter um vice com aspirações é um risco grande. Temer é um cara de ambições, não tão discreto. Não sei se compreenderá seu papel", diz.

Cid prevê que Aécio Neves, sendo eleito senador por Minas Gerais, fará a ponte. "Para o Brasil ter mais estabilidade se faz necessário que esse acirramento entre PT e PSDB arrefeça. Aécio deve assumir a condição de líder absoluto do PSDB e ele é sensível a essa estratégia". (Págs. 1 e A12)
Depois de 50 anos, Carrefour vai ´reinventar´ hipermercado
A invenção do hipermercado pelo Carrefour, meio século atrás, ajudou a fazer do varejista francês o segundo maior do mundo, atrás do Walmart. Mas o volume de clientes tem caído nos hipermercados da Europa Ocidental.

No último ano, o presidente do grupo, Lars Olofsson, e sua equipe entrevistaram 50 mil pessoas sobre hipermercados e descobriram que elas queriam mais facilidade na hora de comprar. Em Écully, uma das cinco novas lojas, isso se traduziu em corredores maiores, cilindros transparentes pendurados no teto para identificar as diferentes seções e entradas separadas para a seção de alimentos e as de outros produtos. (Págs. 1 e B9)
Empresas vão bancar instalações policiais em favelas do Rio (Págs. 1 e A2)
 
Expectativa de IPO eleva valor do Facebook a US$13,7 bilhões no mercado secundário (Págs. 1 e D7)
 
Fusão italiana de olho no Brasil
As empresas italianas Zero9, especializada em e serviços para telefonia móvel, e Neomobile, provedora de conteúdo para celulares, fundiram suas operações. A receita conjunta, no Brasil, soma R$ 100 milhões. (Págs. 1 e B1)
Siderurgia
A Siemens deve anunciar hoje contrato de US$ 290 milhões para fornecer os equipamentos da nova linha de chapas grossas e bobinas a quente da Gerdau Açominas, em Ouro Branco (MG). (Págs. 1 e B6)
Wheaton amplia o foco
Tradicional fabricante de embalagens para o setor farmacêutico, a Wheaton vai construir uma fábrica de tampas de alumínio para os setores de bebidas e alimentos. (Págs. 1 e B6)
Divisão de Belo Monte
A construção de Belo Monte dará um grande impulso aos negócios da Contem, construtora do grupo Bertin. A empresa que faturou R$ 400 milhões em 2009, ficará com 10% da obra, orçada em R$ 15 bilhões. (Págs. 1 e B8)
Revisão de contratos no algodão
A forte valorização dos preços do algodão, que só neste mês subiram 23% no mercado interno, levou produtores e tradings a renegociar contratos de venda antecipada da produção. (Págs. 1 e B11)
BB mira grandes produtores
O Banco do Brasil vai destinar até R$ 3 bilhões para o crédito rural com juros livres (sem subsídio do Tesouro e risco total do banco). Os alvos são 22,5 mil grandes produtores, sobretudo do Centro-Oeste. (Págs. 1 e B12)
BNDES sai da Fiagrill
A trading mato-grossense Fiagril, com sede em Lucas do Rio Verde, recomprou a participação de 25% que o BNDES detinha em seu capital desde 2007. O Valor da transação não foi divulgado. (Págs. 1 e B12)
Alta da carne
Câmbio valorizado e preços firmes no mercado interno, por causa da oferta apertada, levaram a arroba do boi à maior cotação em dólar em quase dois anos no mercado paulista, superando os US$ 50. (Págs. 1 e B12)
Iluminação pública
Superior Tribunal de Justiça julgará ação popular movida em Minas que questiona o cálculo da contribuição para iluminação pública. Se for derrotada, o custo pode chegar a R$ 5 bilhões para a Cemig. (Págs. 1 e E1)
Ideias
Cristiano Romero

A indústria perdeu competitividade, mas é cedo para falar em desindustrialização e medidas anacrônicas de proteção. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Rosângela Bittar

É impossível acreditar que Lula sairá de cena nos próximos quatro anos, mesmo com a vitória de sua candidata. (Págs. 1 e A6)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: Shoppings apressam obras de olho nas vendas de fim de ano
Ampliação dos centros de compra movimenta cerca de R$ 660 milhões e vai gerar 8 mil empregos diretos no estado até o fim do ano, época de maior aquecimento do comércio. Além da abertura de mais lojas nos empreendimentos já existentes, serão inaugurados outros dois de grande porte: o Shopping Sete Lagoas, no mês que vem, e o Boulevard Shopping, na capital, em outubro. (Págs. 1 e 17)
Foto legenda: Acredite se quiser!
Este castelo, segundo os donos, vale apenas R$ 2,4 milhões

No ano passado, a propriedade chegou a ser posta à venda por R$ 25 milhões. Mas enquanto o preço de imóveis disparou no país, o do castelo construído em São João Nepomuceno, na Zona da Mata mineira, encolheu. Candidato à reeleição, o deputado estadual Leonardo Moreira (PSDB) declarou à Justiça Eleitoral possuir 49% do imponente imóvel e afirmou que sua parte valeria apenas R$ 1,176 milhão. Outros 49% seriam de um irmão. E 2%, de um ex-cabo eleitoral. Leonardo é filho do deputado federal Edmar Moreira (PR), aquele ficou nacionalmente conhecido como o deputado do castelo. (Págs. 1 e 3)
STJ decide se banco deve indenizar poupador
Ministros devem julgar hoje duas ações e avaliar se instituições financeiras têm de arcar com as diferenças de correção da poupança durante os planos Bresser, Verão, Collor 1 e Collor 2. (Págs. 1 e 15)
Foto legenda: Fogo impiedoso
Desde domingo, um incêndio devastador consome a Serra de Igarapé, às margens da BR-381, na Grande BH. Mesmo como uso de aviões no combate às chamas, 25 hectares de mata foram destruídos até ontem à noite. (Págs. 1 e 28)
Segurança: Celulares serão bloqueados nos presídios de MG (Págs. 1 e 23)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: Ofensiva contra a taxa de marinha
Está nas mãos do Ministério Público a missão de unificar ações encaminhadas no Recife, Olinda, Paulista, Jaboatão e Tamandaré para dar sequencia à luta contra o tributo cobrado sobre terrenos próximos a cursos d´água, baseado em lei de 1831. (Pág. 1)
Menina de 14 anos é vítima de barbárie sexual em Ceilândia (Pág. 1)
 
Desastre com avião da Embraer na China deixa 43 mortos (Pág. 10)
 
Compras coletivas se transformam na nova febre da internet (Pág. 1)
 
Drama no Chile (Pág. 1)
 
Eleições (Pág. 1)
 
Greve no metrô (Pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: Força-tarefa tenta reduzir o drama nas emergências
Ministério Público, autoridades da Saúde e entidades médicas lançam plano para reverter colapso no atendimento. (Págs. 1, 4 e 5 e Rosane de Oliveira (10))

Foto legenda: Reportagem de ZH descreve a madrugada de sufoco nos hospitais.
Foto legenda: Uma gigante movida pela união
Com esforço e emoção, equipe acompanhada por multidão em Capão Novo conseguiu remover baleia de banco de areia. (Págs. 1 e 36)
Nacionalismo: Medida limita projetos de florestamento
Governo federal restringe a 5 mil hectares futuras compras de terras por estrangeiros. (Págs. 1 e 24)
------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
Se nos anos de 1940 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.