- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 247

 

 
 
Edição nº 247, de 04 de setembro de 2010
 
 
O mundo mágico da Internet
 Pirassununga - SP
 
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
SINOPSES - RESUMO DOS JORNAIS
04 de setembro de 2010
O Globo
Manchete: Contador estava no PT quando acessou sigilo da filha de Serra
Mantega diz que Receita sempre foi vulnerável; para Lula, escândalo é futrica menor

O contador Antônio Carlos Atella Ferreira era filiado ao PT quando entregou à Receita a falsa procuração usada para violar o sigilo fiscal da filha do candidato do PSDB à Presidência, José Serra. O TRE-SP informou ao "Jornal Nacional" que Atella foi filiado ao PT paulista de 2003 a 21 de novembro de 2009, quando teve seu registro excluído do cadastro do tribunal. Em 30 de setembro de 2009, menos de dois meses antes, ele ingressou com o documento falso em nome de Verônica Serra. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que "vazamentos sempre ocorreram" na Receita porque o sistema não é inviolável. Lula chamou o escândalo de "futrica menor". (págs. 1, 3 a 11, Merval Pereira, Guilherme Fluza e editorial "Justiça compensa baixo nível na política")

Ibope: Dilma mantém vantagem sobre Serra

Pesquisa do Ibope feita entre 31 de agosto e 2 de setembro, já em meio ao escândalo da violação do sigilo da filha de José Serra, mostra que Dilma Rousseff mantém a vantagem de 24 pontos sobre o tucano: 51% a 27%. (Págs. 1 e 13)

BB terá de informar à PF quem acessou conta de Eduardo Jorge. (Págs. 1 e 4)

Decisão do STF causa polêmica nas eleições

A decisão do STF, que liberou o humor, incluindo o uso de montagens em programas de TV, gerou dúvidas entre os ministros da Corte: os programas do horário eleitoral foram beneficiados? O presidente da Corte, Cezar Peluso, afirma que sim. (Págs. 1 e 15)
Alta de investimento puxa expansão do PIB
Na comparação com o segundo trimestre de 2009, taxa ficou em 8,8%. Resultado superou as projeções

Puxado por aumento dos investimentos, o PIB brasileiro (conjunto de bens e serviços produzidos no país) cresceu 1,2% no segundo trimestre em relação ao período de janeiro a março, de acordo com o IBGE. Na comparação com o segundo trimestre de 2009, o crescimento da economia foi de 8,8%. Os números vieram acima da previsão do mercado e os analistas já calculam que o PIB deve ter expansão de 7% a 8% em 2010. Num ranking de 18 países que já divulgaram taxas de PIB entre abril e junho, o Brasil ficou em sexto lugar, perdendo para Chile, México e Alemanha, por exemplo. (Págs. 1, 23 a 25, Míriam Leitão e Flávia Oliveira)
Petrobras: funcionário ganha incentivo
Pelas regras divulgadas ontem ao mercado, a Petrobras deverá levantar, no máximo, R$ 126 bilhões na capitalização. Os atuais acionistas terão prioridade para comprar ações. Os funcionários também ganharam incentivo extra para participar do aumento de capital da estatal: eles terão "bônus" de 15% do total que investirem. Ou seja, receberão o dinheiro de volta. (Págs. 1 e 26)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: Dado sigiloso da filha de Serra foi obtido por filiado ao PT
Escândalo da Receita: Atella, que tem negado ligação com partidos, afirma que houve motivação política

O contador Antonio Carlos Atella Ferreira era filiado ao PT quando usou procuração falsa para retirar na Receita dados sigilosos da filha do tucano José Serra.

A filiação é de 2003, segundo o TRE, que não confirmou se ele ainda é do PT.

José Eduardo Dutra, presidente petista, disse que não reconhece a vinculação e que, mesmo confirmada, não "muda nada", porque ele não participa do partido.

O cunhado de Atella foi um dos fundadores do PT de Mauá, que teve o comitê assaltado na quarta-feira.

Após depor na PF, o contador disse que era vítima de uma "trama criminosa", que o material tinha fins políticos e foi guardado para ser usado "na hora certa".

A Polícia Civil paulista instaurou inquérito sobre o caso numa forma de pressionar a PF a acelerar a apuração sobre o sigilo. (Págs. 1 e A4)

Sempre houve vazamentos na Receita Federal, afirma Mantega. (Págs. 1 e A6)

Em resposta a Serra, Lula diz não ser censor da internet. (Págs. 1 e A7)

Segurança de Yeda acessou arquivos de Tarso

O candidato ao governo do RS Tarso Genro (PT) teve dados sigilosos acessados pela sargento César Rodrigues de Carvalho, que foi preso ontem. Ele atuava como agente na segurança da governadora Yeda Crusius (PSDB). Tarso e Yeda não se pronunciaram. (Págs. 1 e A12)

Fernando Rodrigues: Complexidade diminui impacto do escândalo

O baixo impacto eleitoral do "receitagate" é atribuído ao alto grau de complexidade do escândalo. Quem paga imposto sabe o que é ter a vida devassada, mas os beneficiários do Bolsa Família não declaram o IR. (Págs. 1 e A2)
Dilma vai a 50%, e Serra, a 28%; em SP, Mercadante reduz vantagem
Pela primeira vez depois do início do horário eleitoral, não houve grandes mudanças na disputa presidencial, segundo pesquisa Datafolha realizada ontem e anteontem em todo o país.

Dilma Rousseff (PT) oscilou de 49% para 50%; José Serra (PSDB), de 29% a 28%.

Se a eleição fosse hoje, a candidata petista venceria já no primeiro turno, com 56% dos votos válidos.

Para o governo de São Paulo, Aloizio Mercadante (PT) reduziu em oito pontos a vantagem de Geraldo Alckmin (PSDB). Mesmo assim, o tucano venceria no primeiro turno. (Págs. 1, A8 e A9)
PIB é recorde e projeta um crescimento de 7%
A economia se expandiu em 8,9% no primeiro semestre de 2010 em relação ao mesmo período de 2009, mostra o IBGE. O desempenho é o melhor da série histórica iniciada em 1996. Em 2009, ano de crise, houve contração de 0,2%.

Embora tenha se desacelerado ante o primeiro trimestre do ano, o segundo trimestre cresceu 1,2%. A maioria dos analistas previa alta de 0,7%. Se confirmada a expectativa do ministro Guido Mantega, o PIB de 2010 avançará 7%. (Págs. 1 e B1)
Iraque quer que Brasil ajude na reconstrução
Após sete anos, o Iraque reabre sua embaixada no Brasil. Baker Fattah Hussen, que assume o posto, disse à Folha que quer convencer empresários brasileiros a participar da reconstrução. Para isso, pede uma representação diplomática do país em Bagdá. (Págs. 1 e A13)
Editoriais
Leia "Melhorando", sobre índices de desenvolvimento sustentável do país; e "Riscos para a indústria", acerca de déficit comercial em bens manufaturados. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Dilma para de subir, e Serra, de cair
Pesquisa Ibope que capta parcialmente efeitos do escândalo da Receita mostra quadro estável; petista venceria no primeiro turno

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, parou de avançar e se mantém com 51% das intenções de voto, segundo a pesquisa do Ibope para o Estado e a TV Globo. Da mesma forma, José Serra (PSDB) parou de cair e aparece com 27%, mesmo índice verificado há uma semana. O resultado da pesquisa, feita entre 31 de agosto e 3 de setembro, capta apenas parcialmente os eventuais efeitos do noticiário a respeito da quebra do sigilo fiscal de Verônica Serra, filha do candidato tucano. Segundo o Ibope, Dilma teria 59% dos votos válidos e venceria no primeiro turno. (Pág. 1 e Nacional A4)

Alckmin amplia vantagem em SP

A chance de Geraldo Alckmin vencer a disputa pelo governo paulista no primeiro turno aumentou. Segundo o Ibope, o tucano atingiu 62% dos votos válidos. Há uma semana, ele tinha 57%. No total de votos, Alckmin tem 51%, contra 20% do petista Aloizio Mercadante. (Pág. 1 e Nacional A4)
"O vazamento na Receita é muito maior", diz Mantega
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu ontem que não apenas pessoas com vinculações com o PSDB tiveram sigilo quebrado na Receita Federal. "Na verdade, não foi só o sigilo de algumas pessoas com vinculações partidárias que foi quebrado. Foi um número muito maior", disse o ministro, para quem não há sistemas invioláveis. O Palácio dos Bandeirantes colocou a Polícia Civil de São Paulo na investigação da fraude. (Pág. 1 e Nacional A8)
PIB surpreende e tem alta de 8,9% no semestre
O PIB brasileiro cresceu 8,9% no primeiro semestre de 2010, a maior taxa acumulada em dois trimestres desde 1996. O crescimento de 8,8% no segundo trimestre, em relação ao mesmo período de 2009, foi o segundo maior da série, atrás dos 9% do primeiro trimestre. Segundo alguns analistas, a alta acima do esperado no segundo trimestre - 1,2% sobre o primeiro - põe em dúvida o argumento do Banco Central de que a economia estaria em desaceleração e deve voltar a pressionar os juros. Para o ministro Guido Mantega (Fazenda), porém, o ritmo do segundo semestre será menor. Na área externa, as importações cresceram 38,8% ante o primeiro trimestre de 2009, ritmo cinco vezes maior que o das exportações (7,2%). (Pág. 1 e Economia B1 a B6)

5,1% foi a expansão acumulada do PIB nos 12 meses encerrados em junho
Dengue: morte revela mau atendimento
Levantamento do Ministério da Saúde nos registros de mortes por dengue em 2010 revela falha no atendimento em 69% dos casos analisados. Metade das mortes ocorreu em municípios com baixa cobertura no Programa Saúde da Família. A epidemia da doença em 2010 é a maior já registrada no País. Até início de julho foram contabilizados 788.809 casos suspeitos. (Pág. 1 e Vida A17)
Abert festeja fim do veto a humor político (Pág. 1 e Nacional A11)
Samuel Pessoa: O futuro do BNDES
É preciso preparar o BNDES para que tenha padrões de governança como os do Banco do Brasil, com abertura de capital. (Pág. 1 e Economia B2)
Notas e informações: A largada para o pré-sal
Se os investidores se entusiasmarem, Petrobras poderá fazer maior oferta de ações da história. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Brasil cresce em ritmo quase chinês na economia
No segundo trimestre, crescimento foi de 8,8%, pouco menos que o gigante asiático

Se confirmadas as expectativas do mercado, que apontam para alta de 7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010, o Brasil abrirá esta década com a maior expansão econômica desde o Plano Cruzado, em 1986. A economia cresceu 8,9% no primeiro semestre do ano em relação a igual período de 2009, como informou ontem o Instituto Brasileiro de Geografia de Estatística (IBGE). Na comparação do segundo trimestre com o de 2009, o crescimento da China foi de 10,3% e o do Brasil, de 8,8%. (Economia)
Revelações de um comício entre quatro paredes
Organizadas para difundir ideias entre os formadores de opinião, as reuniões políticas em residências dão margem a inconfidências como a do deputado estadual Marcelo Freixo, ameaçado de morte após combater milicianos: “Se eu perder esta eleição, terei que sair do Brasil”. (País)
Editorial
A apuração da inconcebível devassa nos dados de contribuintes ligados ao PSDB deveria estar estampada nas páginas policiais, mas virou combustível para o ringue político. (Editorial)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
Manchete: Gastos do governo turbinam o PIB
A máquina pública foi responsável em grande parte pelo crescimento de 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre. A gastança federal no período pré-eleitoral compensou a desaceleração em todos os setores da economia. De acordo com os dados divulgados ontem pelo IBGE, o ritmo de aumento das despesas do governo subiu de 0,8% para 2,1%, na contramão do consumo das famílias, dos investimentos e da produção industrial. No acumulado do ano o PIB nacional deu um salto de 8,9% - o melhor resultado em 14 anos. A equipe econômica prevê para 2010 um crescimento de até 8%, com uma inflação em torno de 5%. O presidente Lula rebateu as críticas À política com perfil intervencionista. "Toda vez que alguém falar em ajuste fiscal, vocês podem ter a certeza que significa aumentar imposto e reduzir salário", disse. (Págs. 1 e 16 a 21)
Assassinato de prefeito choca Alto Paraíso
Um crime violento e covarde marca com sangue a rivalidade política em Alto Paraíso (GO), a 240km de Brasília. O prefeito Divaldo William Rinco (PSDB) foi assassinado com três tiros pelas costas na noite de quinta-feira. O principal suspeito do atentado é Ary de Abadia Garcês, pai do vereador Hueberton Garcês (DEM), que apoiou o candidato derrotado por Divaldo Rinco em 2006. Mais de duas mil pessoas lotaram o ginásio de esportes de Alto Paraíso, onde o corpo do prefeito foi velado. Ontem, a polícia manteve vigilância na rua em que ocorreu o crime. (Págs. 1, 2 e 3)
INSS chama novos peritos
Por causa da greve dos médicos, o órgão publicou as regras para a contratação de temporários. Mais de 500 mil trabalhadores aguardam perícia. (Pág. 1, 24 e Visão do Correio, pág. 26)
Foto-legenda: Justiça especial
Renan de Castro Mota é um dos seis portadores de Down que trabalham no STJ. Ele é assessor direto do ministro Cesar Asfor Rocha, que deixou a presidência do tribunal ontem. (Págs. 1 e 42)
Jornal do Commercio
Manchete: Absolvidos
Após sete anos e muitas vindas, na madrugada de hoje os jurados consideraram, por quatro votos a três, os kombeiros inocentes do assassinato de Tarsíla e Eduarda. Pai de Tarsíla promete seguir lutando por justiça e acusação vai recorrer. (Pág. 1)
Dilma pede apuração urgente do caso do vazamento de dados (Pág. 1)
Eduardo dispara e Armando empata com Maciel, segundo Ibope (Pág. 1)
Zero Hora
Manchete: PIB supera previsões e atinge 8,9% no semestre
Crescimento é o maior desde o início de série do IBGE, em 1996, e indica economia aquecida apesar do juro alto usado como arma para controlar a inflação. (Págs. 1, 4 e 5)
Sigilo violado
Contabilista era do PT quando acessou dados da filha de Serra

TRE paulista informa que Atella foi filiado à sigla até novembro de 2009 – dois meses após o vazamento.

Em Esteio, Lula manda recado para tucano

Presidente diz que não se ganha eleição tentando impugnar o adversário.

Pesquisa Ibope

Dilma mantém 24 pontos de vantagem. (Págs. 1, 6, 8 e 10)
Caso Banrisul
PF prende mais um suspeito

Davi Antunes de Oliveira seria intermediário de agências. (Págs. 1 e 27)
 
NEGADO HABEAS CORPUS A EX-PREFEITO DE ANALÂNDIA BETO PERIN
Repasse. Se nos anos de 1940 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
Buya neles!!!
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.