- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 277

 

 
 
Edição nº 277, de 08  de outubro  de 2010
 
O mundo mágico da Internet
Pirassununga - SP
O site que está bombando na rede
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
A palavra que você não ouve, a notícia que você não lê, a realidade que você não enxerga.
 
08 de outubro de 2010
O Globo
Manchete: Eleições 2010: Empresa de diretor de estatal tem contratos com Petrobras
Ibanês Cássel, sócio da Capacità, é ligado a Dilma; especulação derruba ações

Diretor de Gestão Corporativa da Empresa de Pesquisas Energéticas (EPE), estatal ligada ao Ministério de Minas e Energia, lbanês César Cássel tem a Petrobras como cliente de sua empresa particular de eventos. Cássel é ligado à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, desde que ela foi secretária de Energia do Rio Grande do Sul. Sua empresa, a Capacità Eventos Ltda., assinou com a Petrobras, em 2008, dois contratos no valor total de R$ 538.755,65. Cássel está na EPE desde 2005, a convite da então ministra Dilma. Cássel disse que tem 1% de participação na Capacità. A mulher dele, Eliana Azeredo, é diretora-geral da empresa. Ontem, rumores acerca da publicação de reportagens sobre irregularidades na Petrobras derrubaram ações da companhia na Bovespa. A ação ordinária fechou em queda de 2,98%. (Págs. 1 e 3 a 9)

´Petrobras é transparente, mas não tanto´, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem, em discurso em Angra dos Reis, que a Petrobras não é mais uma caixa-preta, como no passado, quando "ninguém sabia o que acontecia lá dentro". Lula disse que hoje a estatal é "uma caixa-branca, e transparente. Nem tão assim, mas é transparente". (Págs 1 e 4)

Ministro de Lula defende regular conteúdo da mídia

O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Franklin Martins, disse ontem, em Londres, que o projeto do governo para um marco regulatório da radiodifusão poderá criar uma agência fiscalizadora de conteúdo. "A imprensa é livre. Não quer dizer que é boa", disse Franklin. (Págs. 1 e 18)

Votos de fé

De olho no voto dos evangélicos, o comando da campanha da petista Dilma Rousseff está procurando o deputado federal eleito Anthony Garotinho (PR). A discussão em torno do aborto continuou fortemente ontem. Em Belo Horizonte, onde foi levada por correligionários a uma capela, Dilma voltou a falar do assunto, e de novo se disse "a favor da vida". Na campanha da oposição, o candidato a vice da chapa tucana, Índio da Costa, e a mulher de José Serra, Mônica Serra, pediram apoio de pastores. (Págs. 1, 12 e 13 e Luiz Garcia)

Foto Legenda: Dilma recebe apoio de católicos mineiros dentro de uma capela

Editorial

No debate sobre o aborto que abriu o segundo turno, curvar-se ao fundamentalismo religioso, como faz Dilma, é trair o princípio da laicidade do Estado, uma conquista do Iluminismo, em um lance de esperteza eleitoreira. (Págs. 1 e 6)

Foto legenda: Eu uso óculos

Eduardo Paes, Sérgio Cabral e o presidente Lula na inauguração do Centro de Pesquisas da Petrobras. (Pág. 1)
Enfim, o Nobel para Vargas Llosa
Candidato há anos ao mais nobre prêmio literário, escritor peruano se diz surpreso com a escolha

O escritor peruano Mario Vargas Llosa ganhou ontem o Prêmio Nobel de literatura, depois de anos sendo citado entre os fortes candidatos à honraria máxima da área. A Academia Sueca justificou a escolha
"pelas incisivas imagens da resistência, da revolta e da derrota do indivíduo" que marcam a obra de Llosa. O escritor disse que sua surpresa com o anúncio do Nobel foi total e que espera ter conquistado o prêmio apenas por sua obra literária. "Agora, se minhas opiniões políticas em defesa da democracia e da liberdade, contra as ditaduras, tiverem sido levadas em conta, em boa hora, me alegra muito." (Págs. 1, 36 e 37)
Helicópteros vão atacar arrastões no Rio
A polícia vai retomar hoje o patrulhamento com helicópteros para reforçar a segurança nas áreas onde ocorreram arrastões. As vias expressas também serão monitoradas do alto.

Na Penha, bala perdida matou mais uma pessoa em tiroteio entre policiais e bandidos. (Págs. 1,19 e 21)
Danúbio Azul ou vermelho?
A lama tóxica vermelha provocada pelo vazamento de uma fábrica de alumina na Hungria atingiu o Rio Danúbio e pôs a União Europeia em alerta. O premier húngaro chamou a tragédia de "desastre ecológico sem precedentes", causado por falha humana. (Págs. 1 e 38)
PF quer fazer perícia em computadores de Erenice (Págs. 1 e 9)
 
Segundo Caderno
Caetano Veloso, que encerra hoje a turnê "Zil e zie", fala sobre música e faz uma análise de Serra e Dilma. (Págs. 1 e Segundo Caderno)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Rodoanel vai se ligar a Cumbica e à marginal Tietê
Construção do trecho norte, com 42,8 km, tem custo estimado em R$ 5 bi; obra deve ficar pronta em 2014

O governo do Estado definiu o traçado do trecho norte do Rodoanel. A obra ficará pronta em 2014 e vai facilitar os acessos ao aeroporto de Guarulhos e à marginal Tietê. Seus 42,8 km vão exigir R$ 5 bilhões. O trecho sul, com 57 km, não atingiu o valor de R$ 5,5 bilhões.

A Secretaria dos Transportes prevê que o novo trecho do Rodoanel leve à diminuição de 10% do tráfego na marginal. O Estado projeta economia de 34 minutos (de 125 para 91) na viagem da rodovia dos Bandeirantes à Dutra, segundo estudo de impacto ambiental.

Para evitar efeitos mais drásticos no Parque Estadual da Cantareira, prevê-se a desapropriação de 2.784 imóveis, 540/0 mais que o trecho sul. Além do dinheiro do Estado, estão em negociação um empréstimo internacional e a participação do governo federal. (Págs. 1 e C1)

Foto legenda: Presidente 40 Eleições 2010

‘Caixa-branca’. Lula em batismo de plataforma; presidente afirmou ter tornado a Petrobras transparente e disse que polícia do Rio
´bate em quem tem que bater´. (Págs. 1 e A18)
Vargas Llosa ganha o Nobel de Literatura
A Academia Sueca concedeu o Nobel de Literatura ao peruano Mario Vargas Llosa, 74, considerado um dos maiores intelectuais atuais. Ele receberá R$ 2,7 milhões. É o primeiro sul-americano a ganhar o prêmio desde García Márquez, em 1982.

Em entrevista, o escritor disse ter achado que a ligação que anunciou o Nobel fosse "trote". Ele virá a Porto Alegre (RS) no dia 14, para dar palestra. (Págs. 1, E1 e A22)

João Pereira Coutinho

Não há separação entre a obra de Vargas Llosa e seu pensamento político. (Págs. 1 e E8)

Foto legenda: O escritor dá entrevista nos EUA após o anúncio do prêmio
PF deverá convocar Erenice para depor nos próximos dias (Págs. 1 e A7)
 
Lula avalia que campanha do PT precisará reanimar Dilma
O presidente Lula vê abatimento na sua candidata ao Planalto, Dilma Rousseff (PT), por não ter vencido a eleição no primeiro turno e o considera injustificado, informa Josias de Souza.

Para Lula, o segundo turno deu a José Serra (PSDB) ares de "falso vitorioso", e a “prioridade zero” agora é reanimar Dilma. (Págs. 1 e A4)

Campanha de Dilma na TV vai mostrar petista como uma das mulheres "mais votadas da humanidade". (Págs. 1 e A4)
Serra exibirá FHC em seu programa de TV do 2º turno
A cúpula do PSDB exigiu que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que vinha aparecendo discretamente, tenha maior presença no programa de José Serra para o segundo turno. O horário eleitoral volta hoje.

Já na estreia, o programa do candidato tucano à Presidência pregará a "valorização da vida". (Págs. 1 e A6)

Para evitar evasão no fim de semana do 2º turno, governo tucano de SP antecipa feriado de servidor. (Págs. 1 e A15)
Franklin nega que projeto para mídia inclua censura
O ministro Franklin Martins afirmou que o governo Lula concluirá até o final do ano proposta de regulamentação dos meios eletrônicos de comunicação sem incluir censura de nenhum tipo.

"A imprensa no Brasil é livre, o que não significa que seja boa", disse. (Págs. 1 e A18)
Justiça francesa aprova veto a véu em local público
O Conselho Constitucional da França endossou a polêmica lei que proíbe o uso do véu islâmico integral, como a burca, em locais públicos. A decisão abre caminho para que o presidente Nicolas Sarkozy sancione a lei, que deve valer a partir de 2011. (Págs. 1 e A21)
Lei venezuelana obrigará registro militar de todos entre 18 e 60 anos (Págs.1 e A20)
 
Vacinação de cães e gatos contra a raiva é suspensa em todo o país (Págs. 1 e C7)
 
Editoriais
Leia "Defesa lenta", acerca do reaparelhamento das Forças Armadas; e
"Sigiloso tribunal militar", sobre o direito de acesso a documentos públicos. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Petrobras perde em 3 dias R$ 28,4 bilhões de seu valor em bolsa
Relatórios bancários e rumores sobre a estatal provocam queda de 7,5%

Em dois dias marcados por intensa boataria entre operadores do mercado financeiro e pelos efeitos de relatórios bancários desfavoráveis para o comportamento de suas ações, a Petrobras perdeu R$ 24,9 bilhões de valor em bolsa. Na comparação com o início da semana, a perda foi ainda maior: R$ 28,4 bilhões. A queda foi de 7,5% ante os R$ 380,82 bilhões que a empresa valia na segunda-feira, contabilizados os ganhos da capitalização. As ações preferenciais registraram ontem a menor cotação em 18 meses, afetadas pela expectativa de supostas denúncias de irregularidades na empresa e no processo de capitalização. "O mercado acionário é movido por inúmeras variáveis difíceis de quantificar", disse o diretor financeiro da Petrobras, A1mir Barbassa. Desconsiderando as oscilações, o presidente Lula disse ontem ter orgulho de "ter participado da maior capitalização da humanidade". (Págs. 1 e Economia B1)

Estatal faz balanço positivo

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse que a relação dívida/capital caiu de 35% para 16% depois da capitalização. (Págs. 1 e Economia B1)
PF quer ver computador de Erenice
A Polícia Federal quer ter acesso aos arquivos do computador da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra. O delegado do inquérito sobre a suspeita de tráfico de influência envolvendo a ex-ministra e os filhos dela também já decidiu que chamará Erenice para depor. (Págs. 1 e Nacional A13)
Nobel de Literatura: Chegou a vez de Mario Vargas Llosa
As seis décadas de carreira de Mario Vargas Llosa foram premiadas com o Nobel de Literatura. A escolha do peruano de 74 anos, colaborador do Estado, teve um lado político, segundo a Academia Sueca - além do valor literário do autor de dezenas de romances, ensaios e peças de teatro. Para Vargas Llosa, o Nobel é reconhecimento à literatura latino-americana e da Espanha. (Págs. 1, Caderno 2 e D1)

Análise

Vinícius Jatobá: Escrevinhador esquecido
Mestre do romance latino-americano, Vargas Llosa é um monumento vivo da literatura mundial. (Págs. 1 e D%)

Foto legenda: Mário Vargas Llosa

Escritor peruano
"Achei que a Academia Sueca havia me esquecido. Há muitos anos mencionou-se meu nome, mas não sabia ser era sério ou não" (Pág. 1)
Foto legenda: Lama atinge Danúbio
Vilarejo húngaro tomado pela lama tóxica que vazou após acidente em indústria e chegou ao Rio Danúbio, alarmando o Leste Europeu. (Págs. 1 e Internacional A2l)
D. Odilo cobra ´posição clara´ sobre aborto
O cardeal-arcebispo de São Paulo, d. Odilo Pedro Scherer, defendeu que os candidatos à Presidência tenham um "posicionamento claro" sobre o aborto. "É questão que merece consideração política." (Págs. 1 e Nacional A4)
Taxa de emplacamento no Detran foi desviada (Págs. 1 e Cidades C3)
 
Washington Novaes: O caminho do desperdício
Mais uma capital brasileira, Brasília, ameaça embarcar na última moda nacional em matéria de lixo, a implantação de usina de incineração. (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)
Dora Kramer: Guerra insana
Já que o tema teria prejudicado Dilma no primeiro turno, cabe ao PT encerrar o assunto aborto o quanto antes, para que o baile prossiga. (Págs. 1 e Nacional A5)
Notas & Informações
O fim de um tabu

A partir de hoje se saberá de que forma José Serra assumirá o legado de Fernando Henrique. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Haiti já despeja desabrigados pelo terremoto
Donos querem terrenos dos acampamentos

Eles passaram a ser vistos como uma praga. Confinados em acampamentos que não oferecem condições mínimas, milhares de desabrigados pelo terremoto que devastou o Haiti em janeiro agora sofrem com ameaças de despejo. No terreno da Igreja de Deus, no Vale de Bourdon, por exemplo, 5 mil homens, mulheres e crianças são considerados um estorvo pelos proprietários. O missionário Jim Hudson descreve: "São pessoas que tomam banho em público, roubam eletricidade e não trabalham; ficam sentadas, esperando por esmolas". Entidades de direitos humanos se opõem ao despejo, que ameaça maios de 160 mil pessoas em outros acampamentos, mas o governo não tem condições de abrigá-las. (Págs. 1 e Internacional, 14 e 15)
Foto Legenda: Vargas Llosa
O repórter do JB Alvaro Costa e Silva relembra seu encontro com o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 2010, o peruano Mario Vargas Llosa, e diz que contará aos netos que tocou nele. (Págs. 1 e 23 a 25)

"Meninos, apertei a mão de um Nobel".

Freixo e Chico Alencar, os novos caciques do Psol (Págs. 1 e País, 2)
 
Sudeste puxa a alta nos preços da construção (Págs. 1 e Economia, 13)
 
Foto Legenda: Fumaça e câncer
A poluição do ar, especialmente a que vem dos escapamentos dos carros, pode estar diretamente relacionada à incidência de câncer de mama. É o que revela estudo canadense. (Págs. 1 e 16)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: Inflação pressiona alimentos e IPTU
Óleo de soja, feijão, carne e frutas registram as maiores altas. GDF envia projeto com reajuste de 4,68% no imposto de imóvel. (Págs. 1, 12 , 31 e Visão do Correio, 16)
Dilma vai com fé
Em resposta à campanha “clandestina” e “suja” veiculada na internet, Dilma Rousseff reiterou que é contra o aborto. Ela comentou sobre o tema durante encontro com congregações católicas na capela Nossa Senhora de Fátima, em Belo Horizonte. “Sou contra o aborto porque é uma violência contra a mulher”, justificou. Caciques do PT e do PMDB avaliam como passageira a insatisfação com o resultado das urnas e se dizem empenhados em fortalecer uma “aliança vencedora”. Em São Paulo, José Serra reafirmou as afinidades com o PV, mas negou que vá assediar o partido ou oferecer ministérios em troca de apoio. (Págs. 1 e 2 a 5)

Foto Legenda: Candidata à Presidência distribui autógrafo em Belo Horizonte: Compromisso em defesa da vida com grupos católicos
PV apoia Agnelo
Após conquistar 78 mil votos no primeiro turno, Eduardo Brandão se junta à campanha do petista e entrega uma lista de reivindicações ambientais, como o incentivo à coleta seletiva e o fim do lixão da Estrutural. (Págs. 1 e 23)
Weslian sem medo
Enquanto o marido atua nos bastidores, candidata recebe adesão do presidente do PTN e participa de carreata entre a Candangolândia e o Núcleo Bandeirante. No fim da tarde, celebrou o aniversário de 68 anos em uma igreja de Luziânia (GO). (Págs. 1 e 24)
Contaminação: Saúde investiga se bactéria provocou 18 mortes
Internados em hospitais públicos e particulares da cidade, os pacientes estavam infectados com uma superbactéria resistente a antibióticos, mas não há certeza se essa foi a causa dos óbitos. Desde janeiro, 111 pessoas contraíram a KPC no Distrito Federal. O maior número de casos foi registrado em Santa Maria. (Págs. 1 e 29)
Gastança: Senado pagou fortuna a 464 servidores
Eles receberam vantagens indevidas que custaram R$ 11 milhões aos cofres públicos no ano passado, segundo o Tribunal de Contas. A Casa pagou R$ 27,8 milhões em horas extras irregulares, em 2009. Ex-diretores, como o recém-eleito distrital Agaciel Maia, terão de explicar o prejuízo de R$ 157,7 milhões calculado pela auditoria. (Págs. 1 e 8)
Tragédia ambiental no Danúbio
O vazamento de lama tóxica de uma fábrica na Hungria chegou ao maior rio da Europa. A maré vermelha matou milhares de peixes e devastou a vegetação. (Págs. 1 e Ciência, 22)
Nobel: A hora de Vargas Llosa
Sempre cogitado, o autor peruano ganha aos 74 anos o maior prêmio da literatura mundial. É a sexta vez que um escritor da América Latina é lembrado. (Págs. 1, Diversão & arte e 3)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico
 
Manchete: Petrobras passa por inferno astral e perde valor na bolsa
A conclusão da maior oferta de ações da história poderia ter sido um alívio para a Petrobras, que enfim se veria livre da especulação que atingiu seus papéis meses antes do fim da operação. Mas os últimos pregões têm mostrado que a expectativa era infundada.

As ações da Petrobras caíram ontem para o menor preço desde março de 2009, o maior recuo entre as principais produtoras de petróleo do mundo. No mês, perderam 7,3%, em 20 dias, 13% e no ano, 30%. A estatal passou da quarta empresa mais valiosa no mundo, no início de setembro, para a 11ª colocação, com valor de mercado de US$ 203,05 bilhões.

São várias as razões para o inferno astral da companhia. O segundo turno nas eleições presidenciais trouxe certa instabilidade ao mercado, que já colocara nos preços a vitória da candidata Dilma Rousseff. Boatos relacionados ao processo eleitoral tiveram efeito negativo. (Págs. 1 e D1)
Estados preservarão investidores
Uma boa surpresa aguarda os governadores eleitos no Paraná, Pernambuco e Santa Catarina. Os investimentos previstos na proposta de orçamento para 2011 são maiores que os planejados para 2010, ano eleitoral, quando normalmente os gastos crescem. Projetos ligados à Copa de 2014 explicam os aumentos programados no Paraná e em Pernambuco, enquanto Santa Catarina conseguiu um excedente porque prevê elevação pequena (3,23%) das despesas correntes.

Em outros Estados, como São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, o investimento vai perder espaço no gasto total. O governo paulista projeta queda nominal de 3,6% no orçamento de 20l0 em relação ao plano para 2011, mas o valor ainda será alto – R$ 21,2 bilhões. Rio de janeiro e Minas preveem ampliação expressiva dos gastos com pessoal. (Págs. 1 e A3)
Evangélicos avançam na Câmara
A bancada de deputados federais evangélicos cresceu de 39 eleitos em 2006 para 64 já representa 12,5% da Câmara. Por outro lado, a bancada católica foi reduzida de 30 representantes para 21. O deputado João Campos (PSDB-GO), presidente da frente Parlamentar Evangélica, diz que uma das razões para o avanço é o aumento do número de fiéis no país, que ele estima em 25% da população - no Censo de 2000, os evangélicos eram 15,4% e os católicos, 73,6%.
Os partidos que mais representam os evangélicos são o PSC, PR e PRB. O PSC é quase todo ligado à Assembleia de Deus. Todos os oito deputados do PRB são da Igreja Universal do Reino de Deus, que tem no Senado Marcelo Crivella, reeleito pelo Rio. (Págs. 1 e A7)
Marriott planeja abrir 50 hotéis no país
A rede Marriott, uma das maiores do mundo, pretende mudar seu modesto desempenho no Brasil, onde está há 13 anos e tem apenas quatro hotéis. O plano é alavancar com investidores nacionais e estrangeiros R$ 2 bilhões para aplicar no país, nos próximos dez anos, mais especificamente na construção de pelo menos 50 hotéis.
"A Marriott é uma empresa discreta. Queremos crescer no momento e na hora certa, sem fazer muito alarde", afirma o vice-presidente de desenvolvimento da rede para o Brasil, Guilherme Cesari, contratado há seis meses para elaborar e executar o plano de expansão do grupo. Uma das bandeiras que serão trazidas para o mercado brasileiro é a Fairfield Inn, marca de hotéis econômicos. Cesari enxerga potencial para a Fairfield em 25 Estados. (Págs. 1 e B1)
FMI quer contrapartida de emergentes
Se os países emergentes querem ter mais voz nas decisões do FMI, devem aceitar a valorização de suas moedas para contribuir com o reequilíbrio entre as principais economias do mundo. Esse recado foi dirigido ontem à China pelo diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, mas pode ter também consequências para o Brasil, que luta junto com o país asiático para ampliar a representação dos emergentes nos organismos multilaterais.

Segundo Strauss-Kahn, formalmente, não há nada que vincule o aumento do poder de voto dos emergentes no FMI e o tema da "guerra cambial" travada entre China e EUA. Mas ele acabou por subscrever declarações do secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, segundo as quais a China só ganhará poder no FMI se flexibilizar o câmbio. (Págs. 1 e C1)
Vargas Llosa é o sexto latino-americano a receber o Nobel de Literatura (Págs. 1 e A12)
 
Fernando Henrique Cardoso vai "À Mesa com o Valor" (Págs. 1 e Eu & Fim de Semana)
 
Argentina X múltis do agronegócio
O Fisco argentino acusa a Bunge e outras empresas do agronegócio de sonegação. A multinacional negou irregularidades e denunciou coação por parte do governo. (Págs. 1 e A9)
Dinheiro para ações climáticas
Grupo da ONU sugere leilões de crédito de carbono, taxação do transporte aéreo e marítimo e royalties do petróleo explorado por países ricos como fontes de recursos para adaptação às mudanças climáticas nos países em desenvolvimento. (Págs. 1 e A9)
Juventude digital
Pesquisa mostra que 57% das crianças brasileiras de 5 a 9 anos já usaram computador e 23% se conectaram à internet. Entre os internautas com mais de 15 anos, 20% do tempo on-line é gasto em redes sociais. (Págs. 1 e B2)
Montadoras melhoram previsões
A indústria automobilística aumentou suas projeções para a produção e exportação de veículos neste ano. As vendas externas devem crescer 57,9% sobre 2009. (Págs. 1 e B8)
PIB de US$ 2 trilhões
O PIB brasileiro deve chegar neste ano a US$ 2 trilhões, segundo o FMI. O país continuará como a 7ª maior economia do mundo, mas deve ultrapassar a Itália em 2011. (Págs. 1 e Cl)
IOF não reduz demanda por títulos
O primeiro leilão de títulos públicos após a alta do IOF teve boa acolhida. O resultado pode significar que a taxação foi insuficiente para afastar o investidor externo, ou que o ingresso de recursos foi antecipado. (Págs. 1 e C2)
Debêntures do BNDESPar
O BNDESPar definiu o tamanho de sua emissão de debêntures, que poderá chegar a R$ 2 bilhões, na maior oferta de debêntures já feita pela instituição. Investidores de Varejo terão no mínimo 35% dos papéis. (Págs. 1 e C8)
Estados protestam devedores
Nos próximos dias, o Estado de São Paulo envia para protesto em cartório o nome de cem grandes devedores do ICMS e IPVA. O procedimento deverá ser intensificado no próximo ano. (Págs. 1 e E1)
Ideias
Claudia Safatle

Dos candidatos à Presidência não vieram até agora pistas sobre como pretendem remover as travas que freiam o crescimento. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Maria Cristina Fernandes

Sempre tratados como peças de ficção, programas de governo são a melhor vacina contra a mistificação. (Págs. 1 e A5)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: Catorze horas de terror em assalto a joalheria
Assalto a uma joalheria num prédio em Santa Efigênia levou pânico à região na manhã de ontem. Para obrigar o contador a abrir os cofres e levar R$ 200 mil e alguns quilos de ouro em pó, ele, a mulher e a filha haviam sido rendidos em casa no dia anterior por cerca de seis homens. Foi colocado um colete de explosivos na filha, levada com a mãe para um galpão, e instalada uma microcâmera na roupa do contador. O Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) isolou o quarteirão e todos que trabalham no edifício ficaram trancados em seus andares. Mas os ladrões já tinham fugido. Foram pelo menos oito roubos desse tipo em dois meses em BH. (Págs. 1, 21 e 22)
Eleições 2010: Em BH, Dilma diz ser contra aborto
Na capela do Mercado Central, em companhia do ex-prefeito Fernando Pimentel, candidata do PT à Presidência credita a uma campanha
“clandestina” as informações de que seria favorável à interrupção da gravidez. (Págs. 1 e 3 a 8)
Eleições 2010: Serra sugere que adversária mente
Ao lado de Geraldo Alckimin, tucano diz que não assediará o PV em busca de apoio e condena a mentira nas discussões sobre o aborto.
“Quem é a favor de repente diz que é contra por motivos eleitorais”, ironizou o tucano. (Págs. 1 e 3 a 8)
Vargas Llosa ganha Nobel
Escritor peruano de 74 anos é o sexto autor latino-americano agraciado com o prêmio de literatura da academia sueca. Com vasta obra traduzida para mais de 30 idiomas, ele escreveu A guerra do fim do mundo, romance baseado em Os sertões, de Euclides da Cunha. (Págs. 1 e Cultura)
Mercado: Ações da Petrobras caem e fazem Bovespa recuar (Págs. 1 e 17)
 
Desastre ecológico: Lama tóxica contamina o 2º maior rio da Europa (Págs. 1 e 19)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: João da Costa fará transplante de rim
Prefeito do Recife anunciou, ontem, seu afastamento por cerca de 60 dias. Ele sofre de insuficiência renal e será operado nesta segunda-feira. Notícia pegou de surpresa até assessores mais próximos. O vice-prefeito Milton Coelho já assumiu o cargo. (Pág. 1)
Lula combate a "guerra santa"
Apoio local para candidatos (Pág. 1)

O guia eleitoral está de volta (Pág. 1)
Prêmio Nobel (Pág. 1)
 
Imbra fecha e deixa rastro de prejuízos (Pág. 1)
 
Violência derruba comandantes da PM do Rio (Pág. 1)
 
Laboratório ilegal de cosméticos é interditado (Pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: Propaganda recomeça sob polêmica religiosa
Dilma tentará na TV evitar que Serra se aproveite do desgaste que o tema aborto vem causando ao PT. O tucano buscará vincular a questão à ética.

PMDB gaúcho adia decisão sobre apoio. (Págs. 1, 6, 8, 18 e Rosane de Oliveira, 12)
 
 
 
-Ademir Lindo também fica famoso na Bahia:
 
 
 
Repasse: se nos anos 40 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.