- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 279

 

 
 
Edição nº 279, de 12 de outubro  de 2010
 
O mundo mágico da Internet
Pirassununga,SP
O site que está bombando na rede
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
A palavra que você não ouve, a notícia que você não lê, a realidade que você não enxerga.
 
12 de outubro de 2010
O Globo
 
Manchete: Começa era da terapia com células de embrião
Pela primeira vez, EUA testam método para curar vítima de lesão na coluna

Um paciente que sofreu uma lesão na coluna há menos de duas semanas e, com isso, perdeu parte dos movimentos é o primeiro ser humano a receber células-tronco de embriões. O teste, que começou ontem nos EUA e envolverá outras nove pessoas com o mesmo problema, promete revolucionar os tratamentos médicos. Se tudo der certo, os pacientes devem recuperar, ao menos parcialmente, a mobilidade. As células embrionárias são consideradas extremamente promissoras na restauração de tecidos lesionados, mas a terapia ainda é muito experimental. O tratamento vem sendo desenvolvido há dez anos, com investimento de US$ 170 milhões. (págs. 1 e 32)
Eleições 2010: Dilma e Serra mantêm a mudança de tática
Por estratégia eleitoral, candidata petista ficará no ataque e tucano pretende não subir tom

Os presidenciáveis Dilma Rousseff e José Serra inverteram os papéis no debate de anteontem à noite e vão manter essa estratégia no segundo turno, segundo seus marqueteiros e líderes aliados. A petista se mostrou agressiva, como se estivesse atrás nas pesquisas, numa estratégia deliberada para enfrentar o debate do aborto e ouras questões religiosas. Já a campanha do tucano decidiu não subir o tom, apesar da pressão de setores da oposição. O deputado cassado José Dirceu e o deputado Ciro Gomes passaram a opinar mais nessa fase da campanha de Dilma. (págs. 1 e 3 a 14)

Merval Pereira: Dilma adotou tática arriscada, que pode não dar bom resultado. (págs. 1 e 4)

Miriam Leitão: Aborto é sério demais para leviandades em debate pré-eleitoral. (págs. 1 e 24)
Desemprego rende Nobel de Economia
Pesquisadores explicam por que aquecimento econômico não acaba com falta de trabalho

Por explicar o desemprego alto mesmo quando há muitas vagas no mercado, os americanos Peter Diamond e Dale Mortensen e o britânico-cipriota Christopher Pissarides ganharam o Nobel de Economia. Para Diamond, o pós-crise será doloroso. (págs. 1, 23 e 24)

Foto legenda: Peter Diamond, Susan Hockfield, do MIT, e Solow, Nobel de 87
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Justiça bloqueia os bens de gigante da tecnologia
Filial da Cisco no Brasil é acusada de usar fantasmas para subfaturar importações

A Justiça ordenou o bloqueio dos bens da Cisco do Brasil no processo em que a companhia, filial da gigante americana de tecnologia, é acusada de importação subfaturada com uso de empresas-fantasmas, informam José Ernesto Credendio e Mario Cesar Carvalho.

Duas das empresas-fantasmas doaram, na campanha de 2006, R$ 500 mil ao PT. Em 2007, o partido confirmou a doação, mas disse que não tinha como verificar suspeitas sobre a Cisco.

A Receita multou a empresa em R$ 3,3 bilhões pelo suposto esquema de fraude. A Cisco, que recorreu do bloqueio, diz que já liberou ativos financeiros e que a decisão não altera suas operações no Brasil. (pág. 1 e Mercado)
Foto-legenda: Sem comunhão
Dilma assiste a missa em Aparecida (SP) ao lado de Gabriel Chalita (PSB); ela não comungou e deu a entender que a doença a reaproximou de Deus. (págs. 1 e A14)
Ataque a rival na TV visava retirar Dilma da defensiva
A equipe de Dilma Rousseff (PT) avalia que a tática de atacar José Serra (PSDB) no debate da Bandeirantes foi um sucesso por tirar a candidata da defensiva. Para petistas, além de mostrar firmeza, Dilma colou no tucano a imagem de responsável por “baixarias” na campanha, inseriu na pauta as privatizações e mobilizou a militância. (págs. 1 e A4)
Ex-executivo da Dersa cobra defesa de Serra
Citado por Dilma Rousseff (PT) como o homem que teria fugido com caixa dois de R$ 4 milhões, o ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, cobra defesa de José Serra (PSDB), mas diz que não vai processar a petista. (págs. 1 e A12)
Folha e Rede TV! promovem debate presidencial neste domingo às 21h10 (págs. 1 e A8)
 
Teste dá certo, e Chile iniciará resgate dos 33 mineiros à 0h
O Chile anunciou sucesso no teste da cápsula Fênix, que içará os 33 operários presos em mina a partir da 0h de quarta, informa a enviada Laura Capriglione.

O governo banca os custos, mas não revela o total. O presidente boliviano Evo Morales deve acompanhar o resgate ao lado chileno Sebastián Piñera. (págs. 1 e A16)
Estudo que aborda emprego dá Nobel a 3 economistas
Os americanos Peter Diamond e Dale Mortensen e o britânico-cipriota Christopher Pissarides ganharam o Nobel de Economia por estudos sobre o mercado. Eles apontam obstruções que impedem desempregados de encontrar vagas. (págs. 1 e B3)
Editoriais
Leia “A fé nos boatos”, sobre as razões de mudanças de voto no final do 1° turno; e “Mais ensino técnico”, acerca de propostas para a educação. (págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: MTA perde contrato e pode parar de voar para Correios
Empresa está no centro da crise que derrubou a ministra Erenice Guerra da chefia da Casa Civil

Um dos pivôs da crise que derrubou a ministra da Casa Civil Erenice Guerra, a MasterTop Linhas Aéreas (MTA) caminha para fechar as portas e abandonar os contratos que mantém com os Correios. Desde 27 de setembro, a companhia não está operando grande parte das linhas de transporte de carga aérea postal e tem levado multas diárias por causa disso. Não tem dinheiro para combustível e começa a procurar fornecedores para fazer acordos. Na semana passada, a MTA - que tinha como testa de ferro o então diretor de Operações dos Correios, coronel Eduardo Artur Rodrigues Silva - perdeu na Justiça o contrato de R$ 44,9 milhões que havia ganho com uma liminar. (pág. 1 e Nacional, pág. A4)

Chefe da estatal tem de sair, avalia Planalto

A crise política nos Correios deve fazer sua próxima vítima em breve: o presidente da estatal, David José de Matos. É consenso no Planalto que sua permanência é insustentável. Matos é o elo que resta entre Erenice Guerra, ex-ministra da Casa Civil, e o primeiro escalão do governo. (pág. 1 e Nacional, pág. A4)
Hospital terá de notificar Anvisa sobre casos de superbactéria
Os hospitais serão obrigados a comunicar às autoridades sanitárias a ocorrência de infecção por superbactérias entre seus pacientes. A medida integra o Plano Nacional de Microagentes Multirresistentes no Brasil, um projeto em elaboração desde o início do ano, mas que foi apressado diante do recente avanço no País da KPC, uma superbactéria resistente à maior parte dos antibióticos disponíveis no mercado. (pág. 1 e Vida, pág. A15)
Foto-legenda: Dilma em Aparecida
A pedido da Igreja, Dilma Rousseff antecipa visita para evitar o adversário José Serra, que estará hoje na cidade, e assiste à missa ao lado de Gabriel Chalita (PSB). (pág. 1 e Nacional, pág. A5)

Foto-legenda: Serra em Goiânia
Estudantes pintam o rosto do candidato do PSDB à Presidência, José Serra, durante caminhada pelas ruas da capital goiana. (pág. 1 e Nacional, pág. A10)
Emprego não beneficiou os mais pobres
Enquanto o desemprego geral caiu de 11,4% para 6,7% entre agosto de 2004 e agosto deste ano, a taxa dos 20% mais pobres saltou de 20,7% para 26,27% nas seis principais regiões metropolitanas do Brasil. Já entre os 20% mais ricos o desemprego caiu de 4,04% para 1,4% no mesmo período. Os dados são de um levantamento inédito do Ipea, com base em dados do IBGE. (pág. 1 e Economia, pág. B1)
Nobel premia teoria sobre trabalho
A teoria que defende a flexibilização do mercado de trabalho para estimular empregos valeu aos americanos Peter Diamond e Dale Mortensen e ao cipriota-britânico Christopher Pissarides o Nobel de Economia. (pág. 1 e Economia, pág. B5)
Foto-legenda: À espera do resgate
Parentes e operários comemoram o sucesso dos testes. Início do resgate dos 33 mineiros é esperado para hoje. (pág. 1 e Internacional, pág. A14)
Encontro das Águas tem tombamento provisório (pág. 1 e Vida, pág. A20)
 
Dora Kramer: Manobra radical
Dilma mostrou capacidade de reação, mas precisou se despir do modelo amável que vestiu na campanha e ficou mais próxima do natural. (pág. 1 e Nacional, pág. A8)
Rubens Barbosa: Generosidade externa
O Brasil está se tornando um dos maiores doadores para países de menor desenvolvimento relativo. A generosidade é, ao menos, controvertida. (pág. 1 e Espaço Aberto, pág. A2)
Notas e informações: Biodiversidade desconhecida
O Brasil dá proteção legal a apenas 1,5% de seus ecossistemas costeiros e marítimos. (págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Renda de Cesar Maia é um mistério
Ex-prefeito se diz remunerado, mas Fundação nega

Derrotado na disputa por uma das duas vagas do Rio no Senado Federal, o ex-prefeito Cesar Maia (DEM) disse ao JB que agora vai viver do salário que a Fundação Liberdade e Cidadania, mantida por seu partido, lhe paga como consultor de assuntos internacionais. O problema é que o presidente da Fundação, José Carlos Aleluia, negou que haja remuneração por esse trabalho. A assessoria do DEM admitiu pagamentos, mas negou que Maia ganhe um salário pela consultoria. (pág. 1 e País, pág. 2)
Foto-legenda: Falta pouco para o fim da agonia na mina
Começa à meia-noite o resgate dos mineiros presos há dois meses em San José, no Chile. Eles usarão óculos especiais, máscaras de ar e, assim que chegarem à superfície, vão receber tratamento psicológico. (págs. 1 e 13)
Violência na Sérvia assusta grupos gays no Brasil (pág. 1 e Internacional, pág. 12)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: Campanha acirrada mira o voto indeciso
A disputa entre Dilma Rousseff e José Serra pela Presidência da República subiu de temperatura por uma razão estratégica: a batalha pelos 17 milhões de eleitores que ainda não firmaram o voto neste segundo turno. Os comandos das duas campanhas têm até o dia 31 para conquistar esse eleitorado, formado em maioria por mulheres e brasileiros de baixa instrução, e pretendem utilizar abordagens específicas para cada estado. Os tucanos vão investir no Rio Grande do Sul porque veem a possibilidade de Serra ultrapassar Dilma nas urnas. Os petistas contam com a popularidade de Lula e os resultados da gestão petista para angariar votos. No Distrito Federal, os candidatos ao Buriti também buscam maneiras de atrair os indecisos. Nada menos de 14% do eleitorado — cerca de 280 mil pessoas — ainda podem confirmar o voto em Agnelo Queiroz ou em Weslian Roriz. Mas fatores como a rejeição à polarização PT-Roriz e a possível abstenção no próximo feriado influem nas pretensões dos postulantes ao GDF. (págs. 1, 2 e 25)

Debate vira munição

Campanha de Dilma Rousseff reproduz no horário eleitoral da tarde trechos da investida contra Serra na TV e obriga a equipe do tucano a usar mesma estratégia no programa veiculado à noite. (págs. 1, 3 e 4)

Retrato da discórdia

Advogados de Agnelo defendem a retirada da imagem de Roriz da urna por entenderem que há tentativa de ludibriar o eleitor. Assessoria de Weslian afirma que mudança fere a lisura da eleição. (págs. 1 e 24)

Foto-legenda: Dilma e Lula apoiam Agnelo em Ceilândia; antes, ela foi a Aparecida do Norte (SP).

Foto-legenda: Em Goiânia, sobre um trio elétrico, Serra fez citações religiosas e beijou um terço.

Foto-legenda: Weslian grava programa eleitoral: discursos de improviso.
Economia: Trio vence Nobel com teoria do emprego
Os economistas Peter Diamond, Dale Mortensen e Christopher Pissarides ganharam o Nobel deste ano após desenvolverem estudo que explica o desemprego mesmo quando se constata a sobra de vagas no mercado. (págs. 1 e 13)
Trânsito: Decisão da Justiça ameaça a lei seca
Por unanimidade, Superior Tribunal de Justiça decide que um motorista flagrado sob efeito de álcool não pode ser processado criminalmente caso tenha se recusado a fazer o teste do bafômetro ou o exame de sangue. (págs. 1 e 29)
Células-tronco: EUA farão o primeiro teste em humanos
Os Estados Unidos darão início aos primeiros testes com células-tronco embrionárias em humanos. A experiência será realizada em um paciente com lesão na medula. Cientistas querem verificar o nível de tolerância. (págs. 1 e 21)
Chile: Esperança após 67 dias de agonia
Depois de realizar testes promissores, o governo chileno anunciou para a meia-noite de hoje o resgate dos 33 mineiros soterrados a mais de 600 metros de profundidade. A operação de salvamento deve durar dois dias. (págs. 1 e 18)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: DNIT paralisa investimentos de R$ 1 bi em Minas
Suspeitas de irregularidades, pendências judiciais ou necessidade de rever orçamentos fizeram com que 10 editais publicados este ano pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para melhoria de BRs no estado fossem suspensos ou anulados. Com isso, obras essenciais para a população ficaram travadas. A principal delas é a revitalização do Anel Rodoviário de BH, considerada fundamental para a Copa de 2014 e que dificilmente será feita em tempo hábil. (págs. 1, 17 e 18)
Dilma e Serra intensificam os ataques
Um dia depois de debate acalorado na TV, petista visita Aparecida (SP) e critica postura do adversário, que considera arrogante. Em Goiânia, tucano reclama de acusações da oponente, classificadas como absurdas. (págs. 1, 3 e 4)
Como seduzir 17 milhões de eleitores
Os dois candidatos à Presidência da República, que têm perfis com alto índice de rejeição, definem estratégias para correr atrás dos indecisos. (págs. 1, 3 e 4)
Economia: Estudo sobre desemprego rende Nobel
Análise sobre como as políticas econômicas interferemna criação e preenchimento de vagas de trabalho dá o prêmio da Academia Real de Ciências da Suécia aos americanos Peter Diamond e Dale Mortensen e ao britânico-cipriota Christopher Pissarides. Os três apontam imperfeições na clássica relação entre oferta e demanda. (págs. 1 e 11)
Chile: Resgate dos mineiros começa à meia-noite
Testes feitos ontem com a cápsula de salvamento deixaram os chilenos
otimistas para iniciar, à 0h de amanhã, a retirada dos 33 trabalhadores presos há mais de dois meses em uma mina, a 672 metros de profundidade. (págs. 1 e 14)
Portugal: Brasileiros são presos com 1,7 tonelada de cocaína (págs. 1 e 15)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: Maracaípe sem lei
Morte da universitária de 20 anos, atropelada por um buggy na areia da praia, pode ser vista como uma tragédia previsível. Moradores afirmam que a ausência de controle da prefeitura no tráfego possibilita acidentes como o de sábado. (pág. 1)
Expectativa é grande no Chile para o resgate dos mineiros (pág. 1)
 
Campanha (pág. 1)
 
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: Uso de células-tronco dá novo passo nos EUA
Paciente americano com lesão na coluna recebe células-tronco de embrião, tratamento que dá esperança de reverter paralisia e abastece polêmica. (págs. 1 e 34)
Foto-legenda: O mundo em suspense
68 dias depois

Começa exatamente à 0h desta quarta, pela previsão do governo chileno, o resgate dos 33 mineiros. Eles estão presos desde 5 de agosto a 700 metros de profundidade, em um drama que comoveu o planeta. (págs. 1, 4 e 5)
No ataque: Os temas que Dilma e Serra elegeram
Debate revelou a ofensiva de cada candidato na disputa à Presidência. (págs. 1, 6 e Editorial, pág. 16)
Vão imóvel: Panes da ponte serão investigadas
Ministério Público Federal apura responsabilidades por descaso no Guaíba. (págs. 1 e 28)
------------------------------------------------------------------------------------
 
Repasse: se nos anos 40 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.