- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 291

 

 
 
Edição nº 291, de 25  de outubro  de 2010
 
O mundo mágico da Internet
Pirassununga - SP
O site que está bombando na rede
O Dizimista– Primeiro jornal virtual de Pirassununga
A palavra que você não ouve, a notícia que você não lê, a realidade que você não enxerga.
 
25 de outubro de 2010
O Globo
Manchete: Serra sobe o tom; Dilma e Lula adotam o silêncio
Tucano fala em ´mentira permanente´; petistas evitam discursos e polêmicas

No último domingo de campanha, os presidenciáveis adotaram estratégias diferentes em eventos no Rio. José Serra, em Copacabana, subiu o tom dos ataques ao governo Lula e ao PT: "Precisamos de um governo que tenha caráter. Não podemos viver situação de mentira permanente". Para ele, o PT tem critérios diferentes contra a corrupção: "A justiça dos companheiros é mais lenta, não anda."

Em carreata na Zona Oeste, Dilma Rousseff e Lula não discursaram nem deram entrevista, fugindo de polêmicas. Dilma fez uma declaração breve: "Foi maravilhoso. Um final de campanha para cima." (Págs. 1 e 3)

PF ouvirá pivôs de escândalos

A Polícia Fedeal ouvirá hoje dois personagens dos últimos escândalos na campanha do PT: Erenice Guerra e o jornalista Amaury Ribeiro Júnior - que deve ser indiciado por comprar dados sigilosos da Receita. (Págs. 1 e 4)

Agropecuária terá limite na Amazônia

Após o segundo turno das eleições, o governo prevê editar decreto em que define o zoneamento Ecológico-Econômico da Amazônia Legal. Pelo documento, a expansão da fronteira agropecuária será limitada. (Págs. 1 e 10)

Foto legenda: Cabral, Lula, Dilma e Paes na carreata que percorreu três bairros da Zona Oeste: sorrisos e silêncio

Foto legenda: Alckmin, Gabeira, Serra, Aécio e Itamar: na orla de Copacabana, críticas ao governo
Acidente fatal reabre polêmica
Jovem de 24 anos morre em alta velocidade

A paixão pela velocidade custou a vida do estudante de publicidade Diogo Monteiro Frota dos Santos. Ele morreu na madrugada de ontem, no dia de seu aniversário de 24 anos, ao bater em um muro em Botafogo. Na traseira do carro do rapaz, que no Orkut era membro da comunidade "Já ultrapassei os 200km/h!", havia um adesivo com apologia da direção perigosa. Para especialistas, os jovens não têm noção do risco. (Págs. 1 e 14)

Foto legenda: o caro do estudante após o choque: morte no dia do aniversário
Haiti já tem casos de cólera na capital
O governo haitiano confirmou cinco casos da doença, que antes estava restrita ao interior, em Porto Príncipe. O surto de cólera já matou mais de 250 pessoas e infectou mais de 3 mil, e o temor das autoridades é que milhares de refugiados sejam contaminados na capital. (Págs. 1 e 23)
Irã restringe ensino nas universidades
O Ministério da Educação iraniano anunciou cortes no ensino e na pesquisa acadêmica de 12 disciplinas consderadas ocidentais e incompatíveis com os ensinamentos do Islã, como Estudos sobre a Mulher, Direitos Humanos e Ciência Política. (Págs. 1 e 23)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Após Ceará, três Estados planejam vigiar mídia
Bahia, Alagoas e Piauí se preparam para implantar órgãos de controle

Pelo menos mais três Estados se preparam para criar conselhos de comuncação com o objetivo de monitorar a mídia, a exemplo do já ocorrido no Ceará, informa Elvira Lobato.

O governo de Alagoas, do PSDB, estuda transformar um conselho consultivo em deliberativo, com poder semelhante ao cearense.

No Piauí, um grupo de trabalho nomeado pelo ex-governador Wellington Dias (PT) propôs a criação de órgão para, entre outras funções, vigiar o cumprimento das regras de radiodifusão. Na Bahia, governada pelo PT, o conselho seria vinculado à Secretaria de Comunicação Social do Estado.

Nos três casos, há envolvimento do Executivo. Em São Paulo, tramita projeto similar ao do Ceará. (Págs. 1 e A4)
Foto legenda: Cachimbo da Paz:
Usando capacete com bolinha de papel, militante tucano anda com petista no Rio, onde Dilma e Serra fizeram campanha; reta final tem apelo a ´ideal´, do lado tucano e tom emocional, do petista (Págs. 1 e Eleições, 3 a 5)
Fiscais relatam pressão política do PT no Ibama
Fiscais do Ibama relataram à Procuradoria uma suposta pressão da superintendente no Estado, Analice de Novais Pereira, filiada ao PT, para livrar empresas de multas e embargos. O Ibama nega haver "uso político" do órgão. (Págs. 1 e Eleições)
Sistema criado por Serra amplia custo de material
Implantado para reduzir custos, um novo sistema online de compra de material por escolas estaduais de SP aumentou os gastos. O processo foi criado na gestão do presidenciável José Serra (PSDB). Segundo o governo, o gasto caiu. (Págs. 1 e 6)

A campanha em gafes

Candidatos trocaram cidades, exaltaram "polvo" e defenderam traição "com discrição". (Págs. 1 e Eleições 8)
Poder público desaloja 165 mil em SP
Projetos em execução pelo poder público em São Paulo vão desalojar compulsoriamente de suas casas cerca de 50 mil famílias, entre 2006 e 2015, informa José Benedito da Silva.

É o maior desalojamento forçado do Estado. Considerando 3,3 moradores por casa (prévia do Censo 2010), são 165 mil pessoas, mais que a população de São Caetano do Sul (153 mil). (Págs. 1 e C1)
Lobato buscava verba alemã para negociar petróleo
Cartas trocadas de 1934 a 1937 entre Monteiro Lobato e um engenheiro suíço revelam que, enquanto adotava posições nacionalistas sobre a exploração de petróleo no país, o escritor pretendia utilizar capital alemão para garantir empreendimentos próprios nessa área. (Págs. 1 e A8)
Cólera chega à capital do Haiti após matar 253
A epidemia de cólera que já matou 253 pessoas no Haiti chegou à capital. Foram confirmados cinco casos em Porto Príncipe. Teme-se que a doença se alastre pelos 1.268 campos de desabrigados do terremoto de 12 de janeiro. (Págs. 1 e A10)
Boa Notícia: Começa extração ecológica da madeira na Amazônia (Pág. 1)
 
Editoriais
Leia "Imprevidência", sobre o sistema previdenciário brasileiro; e
"prioridades chinesas", que comenta a possibilidade de reforma política no país. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Na reta final, PF ouve Erenice e jornalista
Pivô de escândalos de tráfico de influência na Casa Civil e de violação de sigilo do IR depõem hoje

A seis dias da eleição presidencial, os pivôs de escândalos que desgastaram a campanha de Dilma Rousseff (PT) prestarão hoje depoimento, em inquéritos separados, à Polícia Federal em Brasília.

Braço direito de Dilma na Casa Civil, a ex-ministra Erenice Guerra terá de explicar se sabia das irregularidades praticadas por seus filhos Israel e Saulo Guerra na intermediação de negócios entre empresas privadas e estatais. As denúncias de tráfico de influência fizeram Erenice deixar o cargo, em 16 de setembro.

O jornalista Amaury Ribeiro Jr. será ouvido sobre a violação do sigilo fiscal de tucanos. Suspeito de ter encomendado e pago a invasão dos dados fiscais, ele poderá sair do depoimento indiciado por corrupção ativa e violação de sigilo. (Págs. 1 e A4)

Mais um round

A expectativa é de troca de alfinetadas sobre escândalos hoje, no penúltimo debate entre Dilma e Serra, na Rede Record. (Págs. 1, e Nacional A9)
Enfim, um dia de distensão na campanha
Apesar do temor de confrontos entre petistas e tucanos, não houve incidentes ontem no Rio, alvo da campanha de rua dos presidenciáveis. Em Copacabana, zona sul, José Serra (PSDB) criticou a "justiça dos companheiros" para apuração lenta de escândalos do governo Lula. "Veja o que aconteceu com o dossiê dos aloprados, com todos esses escândalos. Ninguém na cadeia até hoje." Acompanhada de Lula, Dilma Rousseff (PT) visitou bairros da zona Oeste e elogiou o "clima de festa" da carreata organizada por assessores do governador Sérgio Cabral. (Págs. 1 e Nacional A8)
Cólera ameaça desabrigados de tremor no Haiti
O surto de cólera que já matou 250 pessoas no Haiti chegou a Porto Príncipe, onde milhares de desabrigados vivem sem esgoto desde o terremoto de janeiro. (Págs. 1 e A12)
Investimento externo pode voltar a ter IR
Se o IOF frear a queda do dólar, o governo poderá enviar ao Congresso uma MP para repor o Imposto de Renda nas aplicações de estrageiros em títulos públicos. (Págs 1 e Economia, B1)
Rio Negro atinge o nível mais baixo desde 1902 (Págs 1 e A17)
 
Rede de ensino à distância é condenada por pirataria (Págs 1 e N3)
 
Após escândalo de corrupção na Fifa, Suíça quer mudar lei ( Págs. 1 e Esportes, E6)
 
Notas & Informação
Otimismo perigoso

Se o relatório do Ministério da Fazenda fosse mais realista, mostraria a necessidade de investimentos. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
 
Manchete: Inflação imobiliária em alta no Rio
O avanço da economia e a proximidade da Olimpíada e da Copa no Rio têm seus preços. Um deles é o aumento descontrolado do valor dos imóveis na capital fluminense. Dependendo do bem, a alta em um ano passa dos 80%. Situação é parecida no país e governo prepara índice específico para o setor. (Págs. 1, 10 e 11. Economia)
Dilma e Serra fazem hoje o penúltimo debate na TV (Págs. 1 e 2. País)
 
Parada gay mostra o lado mais alegre da Rocinha (Págs. 1 e 6. Rio)
Correio Braziliense
 
Manchete: Cinco dias de vale-tudo
Os presidenciáveis se preparam para cumprir uma maratona até a véspera da eleição, quando encerram o segundo turno da campanha em Minas Gerais. De hoje a sexta-feira, Dilma Rousseff e José Serra terão no total duas horas de programa eleitoral, dois debates e compromissos políticos em sete estados. Mudanças radicais na estratégia de campanha estão descartadas, mas o confronto, não.

A candidata do PT apostará na comparação entre os governos Lula e FHC. No embate local, Agnelo Queiróz reforçará a proximidade com o presidente Lula e com Dilma, enquanto Weslian Roriz continuará fazendo promessas de impacto eleitoral. (Págs. 1, 3, 4, 19 e 21)

Foto Legenda: Dilma lança hoje programa de governo em São Paulo

Foto Legenda: No roteiro de Serra, os três maiores colégios eleitorais

Foto Legenda: Weslian briga para exibir denúncias no horário eleitoral

Foto Legenda: Na última semana, Agnelo quer aumentar o corpo a corpo
O drama de quem espera seis meses por uma biópsia
Sem funcionários para digitar os laudos, Hospital de Base só faz aumentar o desespero de pacientes com suspeita de câncer e que aguardam resultados dos exames. Apenas dois servidores são responsáveis pela emissão dos papéis, e, quando um entra em férias, a situação fica ainda mais caótica. Uma angústia até agora sem solução (Pág. 1)
Temporão não vê motivos de pânico
Para o ministro da Saúde, "a população pode ficar tranquila", porque a superbactéria age apenas em hospitais e em pacientes debilitados. (Págs. 1 e 26)
Células-tronco: Vinte paraplégicos começam tratamento (Págs. 1 e 27)
 
Indústria do cigarro tenta barrar ações contra o fumo
A organização Pan-Americana de Saúde vai monitorar de perto os gigantes do tabaco que trabalham, principalmente nos tribunais, para se esquivar de políticas públicas de combate ao vício. As medidas governamentais têm surtido efeitos positivos: no Brasil, o consumo caiu de 32% em 1989 para 17% em 2008. (Págs 1 e 6)
Valor Econômico
 
Manchete: Boom de serviços reforça as receitas de municípios
O crescimento do setor de serviços, do crédito e da construção civil está ajudando mais o caixa das prefeituras que o de outras esferas de governo. Dez das 14 maiores capitais do país superararam os respectivos Estados em receita tributária própria entre janeiro e agosto em comparação com o mesmo período de 2008, em que as contas públicas ainda não tinham sido contaminadas pela crise internacional. As dez capitais são São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Salvador, Maceió, Vitória, Goiânia, Campo Grande e Cuiabá.

Nos oito primeiros meses do ano, a arrecadação própria do município de São Paulo, por exemplo, aumentou 27,3% em termos nominais na comparação com o mesmo período de 2008. Enquanto isso, a receita tributária do governo paulista cresceu 20,9%. "O setor financeiro e a construção civil puxam a arrecadação de São Paulo", diz o secretário de Finanças do município, Walter Aluisio Morais Rodrigues. (Págs. 1 e A4)
Candidatos já têm ministério escalado
Quem seriam as peças-chave em eventuais governos Dilma ou Serra?

A petista manteria o eixo do atual governo. O PT teria 17 dos 37 cargos e o PMDB, seis. A candidata quer manter Nelson Jobim na Defesa e remanejar Henrique Meirelles para uma pasta de infraestrutura. Para seu lugar no Banco Central, o mais cotado é o diretor de Normas, Alexandre Tombini. Para a Casa Civil, a expectativa é que Antonio Palocci seja indicado. Luciano Coutinho é o preferido de Dilma para a Fazenda, mas Guido Mantega quer permanecer.

Serra não gosta de falar em equipe de governo antes da eleição. Diz que "dá azar". Se vencer, sua dificuldade será a composição com os partidos políticos, especialmente o PMDB. O ministro da Fazenda ideal de Serra seria Armínio Fraga. Alguns nomes têm escalação garantida, como José Roberto Afonso, Geraldo Biasoto, no BC ou na Previdência, Gesner de Oliveira, no BNDES e Francisco Vidal Luna, no Planejamento. O senador eleito por São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira, iria para a Casa Civil (Págs. 1, A8 e A9)
DVD ainda inibe avanço do Blu-ray
Levantamento da consultoria GfK Retail and Technology mostra que o Blu-ray, formato de mídia em alta definição para reprodução de imagens e áudio, ainda está longe de substituir o DVD na preferência dos consumidores brasileiros. Os fatores apontados pela consultoria e pelos fabricantes vão desde a diferença de preços, ainda grande, entre os equipamentos das duas tecnologias até o desconhecimento de grande parte dos consumidores quanto aos diferenciais do Blu-ray.

Mesmo com o início da produção local dos tocadores de Blu-ray no ano passado e da queda de 48% no preço médio desses aparelhos na comparação de janeiro a agosto de 2010 e o mesmo período de 2009, as vendas ficaram aquém das projeções dos fabricantes. Apesar do aumento de 300% na venda dos equipamentos, o produto não avançou sobre o mercado dos DVDs porque a base instalada ainda é muito pequena. (Págs. 1 e B3)
Foto legenda: Agressividade nas vendas
A FTG repete no material esportivo o modelo dos eletrônicos - projeto nacional e produção na China. "A área cresceu 170% este ano e responde por 10% da receita", diz Ruy Drever, presidente. (Págs. 1 e B4)
Salão retrata disputa com importados
O Salão do Automóvel pode parecer apenas uma grande exposição, que atrai aficionados por carros e famílias em busca de diversão. Mas, em 50 anos de história, a feira tem servido também para a indústria automobilística mostrar sua força para os governos. Talvez não por coincidência, muitas medidas voltadas ao setor tenham sido anunciadas durante ou pouco depois da mostra. E dessa vez pode não ser diferente, já que as montadoras preparam um estudo sobre a perda de competitividade frente aos importados que vai embasar nova reivindicação de incentivos oficiais.

Às vésperas da abertura do Salão, na quarta-feira, a briga por espaço no Anhembi era um retrato dessa disputa. Se os fabricantes locais não conseguiram impedir os carros importados pelas novas marcas de circular pelas ruas, dentro do pavilhão de exposições a divisão seguiu a regra dos mais poderosos. As maiores áreas ficaram com as quatro veteranas do mercado - Volkswagen, Fiat, General Motors e Ford -, todas com estandes superiores a 4 mil m2, enquanto as novatas, como as marcas chinesas, não conseguiram mais que 200 metros. (Págs. 1 e B9)
O Brasil quase dobrou seu poder no FMI após reforma que valorizou os emergentes (Págs. 1 e A11)
 
IP mantém Três Lagoas na gaveta
Câmbio valorizado e carga tributária fazem a International Paper (IP) manter em compasso de espera os investimentos para aumento da produção no Brasil. (Págs. 1 e B8)
Especial/Governança Corporativa
Rejeição de propostas importantes para o aperfeiçoamento da governança corporativa das companhias listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa mostra que "quando se toca em áreas sensíveis do controle de uma empresa, é difícil ter mudanças substanciais", diz Alexandre Di Miceli
Sabesp moverá processo inédito
A Sabesp vai cobrar na Justiça prejuízos impostos pelas empresas de gases industriais, condenadas por formação de cartel pelo Cade. Será a primeira ação desse tipo na Justiça brasileira. (Págs. 1 e B10)
Limite a estrangeiros no campo
Governo uruguaio prepara projeto de lei para restringir a compra de propriedades agrícolas por estrangeiros, em resposta ao crescente interesse de China e Arábia Saudita por terras no país. (Págs. 1 e B14)
Boa Vista chega em novembro
A Boa Vista, nova empresa de análise de crédito que será criada pela Associação Comercial de São Paulo, em parceria com a gestor de
"private equity" TMG, deve ser lançada em novembro. (Págs. 1 e C1)
Itaú quer alta renda na Argentina
Com 260 mil clientes, mas estagnado em posições intermediárias do ranking de bancos da Argentina, o Itaú foca a classe A. Em oito meses, foram abertas 18 agências Personnalité e serão 32 até o fim de 2011. (Págs. 1 e C3)
Barreiras à concorrência
Aquecimento do mercado para executivos de alto escalão faz crescer a adoção de cláusulas de não concorrência nos contratos de trabalho. (Págs. 1 e D8)
Cotas para deficientes
Dificuldades para contratação de deficientes leva Tribunais Regionais do Trabalho a derrubar autuações impostas a empresas que não conseguiram cumprir as cotas previstas na lei 8.213. (Págs. 1 e E1)
Ideias
Sergio Leo

O presidente Lula vai participar da reunião de cúpula do G-20, dias 11 e 12 de novembro, e quer levar seu sucessor. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Luiz Werneck Vianna

Ladainhas do horário político, produzidas por marqueteiros, não têm como suprir a ausência de programas políticos. (Págs. 1 e A6)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: Mineiros vão à Justiça para ter leito em CTI
A crescente falta de leitos em Centros de Terapia Intensiva em Belo Horizonte já levou 61 pacientes a recorrerem à Justiça este ano para conseguir internação. Este número representa um aumento de 125% nas ações judiciais em relação a 2008, quando houve 27 casos. A professora de inglês Sarah Vieira, por exemplo, teve de apelar ao Judiciário para internar a mãe, Ione Vieira, que sofre de câncer no pâncreas, para uma cirurgia urgente, depois de quase um mês de insistência. Com o sistema público saturado, a rede particular é obrigada a atender os casos judiciais e cobrar ressarcimento do poder público. (Págs. 1, 17 e 19)
Eleições 2010: Dilma e Serra em campanha amistosa no Rio
Os dois candidatos à Presidência da República fizeram carreata ontem na capital fluminense. A petista desfilou com o presidente Lula, seu principal cabo eleitoral, em bairros da Zona Oeste. O tucano esteve em Copacabana, na Zona Sul, acompanhado do senador eleito Aécio Neves.

Presidenciáveis priorizam Minas na última semana (Págs. 1, 4 e 5)
Escolas: Cartilha orienta contra bullying
Conselho Nacional de Justiça distribui a escolas 46 mil exemplares com orientação contra agressão e humilhação de estudantes. (Págs. 1 e 21)
Interior: Hotéis investem R$ 110 milhões
Grandes redes anunciam empreendimentos em cidades mineiras. Montes Claros terá unidades com infraestrutura para grandes eventos. (Págs. 1 e 10)
Agropecuário: Orgânicos certificados
Noventa mil produtores brasileiros têm até o fim do ano para fazer credenciamento no Ministério da Agricultura. Só assim poderão usar o selo único para atestar qualidade dos orgânicos, livres de agrotóxicos e outros produtos químicos. (Pág. 1)
Direito & Justiça
Juiz e promotor criticam conversão da pena privativa de liberdade em restritiva de direitos, no caso de condenação por tráfico de drogas (Pág. 1)
México: Narcotraficantes decapitam vítimas e espalham terror (Págs. 1 e 14)
 
Crédito: Consumidor deve usar o cartão em loja conhecida (Págs. 1, 12 e 13)
Jornal do Commercio
 
Manchete: Apreensão recorde de crack em Jaboatão
Agentes da PF prenderam três pessoas e recolheram armas, munição e 18,4 quilos da droga, o que daria para fazer mais de 74 mil pedras. Foi a maior apreensão do ano. Traficantes que agiam no Ibura foram presos em Prazeres. (Pág.1)
Rio Negro registra a maior seca da história (Pág. 1)
 
Domingo de campanha: Carreatas no Grande Recife (Pág. 1)
 
Cólera chega à capital do Haiti, Porto Príncipe (Pág. 1)
Zero Hora
 
Manchete: Comissão apresenta novo desenho do governo Tarso
Governador eleito vai conhecer hoje projeto que propõe a extinção de secretarias, a criação de outras e a formação de um gabinete para atender prefeitos. (Págs. 1 e 13)
Foco: Dilma e Serra miram no sul do país (Págs. 1 e 6)
 
Jornal Bahia Notícias
 
 
Repasse: se nos anos 40 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
 
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.