- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 324

 

 
Edição nº 324, de 27 de novembro  de 2010
 
O mundo mágico da Internet
Pirassununga - SP
O site que está bombando na rede
O Dizimista – Primeiro jornal virtual de Pirassununga e região
A palavra que você não ouve, a notícia que você não lê, a realidade que você não enxerga.
 
Informativo da gandaia curimbatá
 
Sem censura
Mundo velho sem porteira
Octavio Antonio Buya
- Katinguá – urgente – Chegou Buya, o homem-bomba, terror da facção Al-Jibeira.
- Bixin, dias piores virão. Os dias de vento a favor, se existiram, já se passaram. Não sei se qualifico facção ou legião.
- Buya, qual o motivo da dúvida?
- Bixin, uma das passagens mais marcantes da Bíblia é a cena em que Cristo, ao praticar  exorcismo, perguntou o nome do Demônio. A resposta foi: "Legião é o meu nome porque somos muitos".
- Buya, você tem bola de cristal?
- Bixin, o pior cego é aquele que não quer ver.
- Buya, menos, menos!
- Bixin, é que nos prometem banquete e nos dão migalha.
- Xiii, Buya, agora a coisa entortou de vez. Desça um pouco, desça!
- Bixin, use a cabeça. Lá em São Carlos, a cidade se desenvolve com a velocidade de um raio. Veja: nos últimos dez anos, instalaram-se a fábrica de motores da Volkswagen, a filial da TAM, o Hospital Escola e está chegando uma fábrica de turbinas. No Katinguá, esperamos por um aeroporto para disco voador e um porto para navio atracar no seco. Assim como é requentada a pizza que encomendo, pago com cartão, mas recebo fria, a censura dissimulada, vai para a conta da Al-Jibeira, seja ela facção ou legião.
- Buya, que é isso?
- Bixin, "os fins justificam os meios". Nós somos os meios. E, de "meios", acabaremos sendo "fins”.A Al-Jibeira é a salvação da lavoura, embutida, mas muito viçosa."
- Buya, de pato pra ganso, vamos falar de livros.
- Bixin, um país se faz com homens e livros.
- Buya, falemos da obra de Sêneca, “ A tranquilidade da alma”. Nela você aprende a se equilibrar e a conhecer a alma dos perturbados. Pode-se ganhar sozinho na Megasena e continuar mendigo, com todo o respeito aos mendigos.
- Bixin, o que te chamou a atençao nessa leitura?
- Buya, o título do livro: “Tranquilidade da alma”. É o que está faltando neste mundo velho sem porteira.
- Argumente. O mundo será diferente.
 
1 – PARTE DA SENTENÇA DE ROGER  ABDELMASSIH, acusado de abuso sexual contra seus pacientes.
 
“Está comprovado que o réu esta a delinquir de longa data, de forma reiterada, enfrentando as vítimas, com menoscabo à justiça, assumindo posição de superioridade, de ser inatingível. A ordem pública encontra-se francamente abalada, como exposto nas decisões referidas, razão pela qual a decreto de prisão cautelar fica mantido.”
 
OBS: Como se vê a blindagem não é absoluta. Um dia a casa cai.
 
2 - Bandidos invadem casa do presidente da Câmara e fazem família refém
Intenção era sacar dinheiro que vereador tinha no banco
26/11/2010 - 09:16
Três homens armados invadiram a casa do presidente da Câmara de Vereadores de Jardinópolis, Paulo Roberto de Almeida, no bairro Vila Reis, e renderam sua família, na manhã desta sexta-feira (26).
Segundo informações da Polícia Militar, os homens entraram na casa às 6h. Dois deles mantiveram a família refém, trancada dentro de um banheiro, enquanto outro rendeu Almeida e o obrigou a ir até o banco para retirar o dinheiro.
Os dois saíram da casa em uma moto, dirigida pelo vereador, mas Durante o percurso, o presidente da Câmara percebeu que o assaltante não estava armando e entrou em um posto de gasolina para pedir ajuda ao frentista.
Testemunhas seguraram o assaltante até a chegada da polícia. Os outros dois homens se entregaram quando duas viaturas da polícia foram até a casa do vereador.
Ás 9h, a ocorrência estava sendo apresentada na Delegacia de Jardinópolis.
Comentário(s) - 0
3 - Vereador do PT é morto a tiros ao abrir porta de casa
Luís Carlos Romazzini (PT) foi morto na madrugada desta sexta (26)
26/11/2010 - 08:07
Um vereador do Guarujá, no litoral de São Paulo, foi assassinado durante a madrugada desta sexta-feira (26). Luís Carlos Romazzini (PT), tinha 45 anos e estava dentro de casa, no distrito de Vicente de Carvalho.
Vizinhos disseram ter ouvido o vereador abrir o portão por volta das 2h. Em seguida, foram disparados vários tiros. Seis deles atingiram o parlamentar, que chegou morto ao hospital.
Amigos disseram que ele vinha recebendo ameaças e que na última madrugada a casa havia sofrido uma tentativa de arrombamento
 
 
 
Repasse: se nos anos 40 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
Distribuição: 438 cópias
 
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.