- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
Dizimista 344

 

Edição nº 344, de 06 de janeiro de 2011
O mundo mágico da Internet
Pirassununga - SP
O site que está bombando na rede
                                                                                                                                                      
O Dizimista – Primeiro jornal virtual de Pirassununga e região
A palavra que você não ouve, a notícia que você não lê, a realidade que você não enxerga.
 
Balaio do Buya
1 -Árvore acorrentada no centro há 20 anos intriga prefeitura de SP
Uma enorme árvore frondosa, com mais de cem anos de idade e cerca de 15 metros de altura, acorrentada a um muro da rua Xavier Toledo, na região central de São Paulo, intriga a prefeitura. A informação é da reportagem de Cristina Moreno de Castro publicada na edição desta quarta-feira da Folha (íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL).
De acordo com o texto, técnicos da Subprefeitura da Sé fizeram uma vistoria no tronco ontem, mas não souberam informar a espécie ou se a árvore, plantada no largo da Memória, perto do vale do Anhangabaú, pode cair. A vistoria de um engenheiro agrônomo está prevista para a manhã de hoje. Ele deve investigar quem colocou a corrente e tomar providências a respeito.
A árvore fica ao lado da estação Anhangabaú do metrô e do terminal de ônibus Bandeira. O local é histórico: aquele largo começou a ser formado em 1814, com a construção do obelisco, da escadaria e do chafariz. A árvore também é histórica: segundo a prefeitura paulistana, é tombada.
 
 
 
2 - Justiça obriga Unimed a pagar tratamento domiciliar de idosa com câncer
Da Redação - 05/01/2011 - 16h50
 
A Justiça do Rio de Janeiro concedeu liminar que obriga a operadora de planos de saúde Unimed a custear o tratamento domiciliar de uma idosa com quadro grave de câncer no pulmão.
A decisão foi do juiz Flavio Citro Vieira de Mello, do 2º Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro, que entendeu que os planos de saúde também devem arcar com as despesas do chamado homecare. Cabe recurso.
O homecare é o auxílio no tratamento de pacientes crônicos e estáveis, que tem como objetivo tirá-lo do hospital e tratá-lo em casa. Pela decisão, a Unimed também não poderá interromper ou suspender a cobertura de assistência médico-hospitalar da paciente. 
Em sua decisão, o juiz afirmou que a "Constituição Federal no seu artigo 5º assegura o direito à vida e no artigo 196, o direito à saúde, participando as entidades como a requerida de forma indireta para assegurar a proteção de saúde como risco segurado, bem jurídico que a liminar está tutelando".
Caso a empresa não cumpra a decisão, o magistrado estabeleceu multa diária de R$ 3 mil e poderá incorrer em crime de desobediência. A decisão foi dada no plantão judiciário do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), que atende os casos urgentes durante o recesso do Judiciário fluminense. *Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RJ.
 
 
 
 
 
Repasse. Se nos anos de 1940 existisse internet, Hitler não teria assassinado milhões de judeus.
 
Buya neles!!!
 
- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.