- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
SINOPSE DOS PRINCIPAIS JORNAIS DO PAÍS

11 de março de 2010

O Globo
 


Manchete: Câmara aprova pré-sal que prejudica economia do Rio
 

Estado perderá R$ 7,2 bi; Cabral cobra veto prometido por Lula

Por 369 votos a favor, 72 contrários e duas abstenções, o Estado do Rio foi derrotado ontem, na Câmara dos Deputados, na votação da emenda que revê a distribuição da receita com exploração do petróleo no país - nas áreas já em produção, como a Bacia de Campos, e nas futuras, incluindo o pré-sal. Se for promulgada, a economia do Rio deverá perder R$ 7,2 bilhões por ano, incluindo os recursos destinados ao governo e aos municípios. O governador Sérgio Cabral alertou que os R$ 4,9 bilhões arrecadados pelo estado Ibsen, com royalties e participações especiais em 2009 serão reduzidos a R$ 100 milhões, o que quebrará a economia estadual. Cabral e os parlamentares do Rio apostam no - prometido veto de Lula à emenda para evitar o que chamou de deboche. O texto segue ao - Senado. (págs. 1, 19 e 20)

´A emenda desrespeita e viola um acordo político e a Constituição. Ela é um deboche´
Sergio Cabral, governador do Rio, ontem, no STF

Bancoop atrasou até triplex de Lula
 

Em 2005, o presidente Lula e dona Marisa Letícia compraram uma cobertura triplex de frente para o mar na Praia das Astúrias, no balneário paulista de Guarujá, mas amargam até hoje na fila. O casal é uma das vítimas da Bancoop, cooperativa habitacional dos bancários, que está sob investigação do MP por suspeita de desviar recursos para campanhas do PT. Incapaz de concluir a obra, a Bancoop repassou-a para a construtora OAS, mas ela continua parada. Um imóvel como o de Lula naquela praia pode passar de R$ 1 milhão. (págs. 1 e 3)

Os maqueteiros

O presidente Lula criticou ontem quem inaugura "até maquete", referindo-se ao governador José Serra, que, na véspera, anunciara o projeto de uma ponte. Mas o próprio Lula já participou de eventos em que a obra também se resumia a uma maquete. E a ministra Dilma Rousseff lançou ontem licitação que só termina em 2013. (págs. 1, 4 e editorial "Lisura eleitoral")

Foto legenda: O prédio em que o presidente Lula comprou um triplex, no Guarujá, obra foi repassada pela Bancoop à OAS

Defesa de prisões em Cuba causa protestos
 

Entidades de direitos humanos e dissidentes cubanos criticaram duramente o presidente Lula por comparar presos políticos a bandidos e defender a Justiça em Cuba. O chanceler Celso Amorim preferiu pedir o fim do embargo, e a ministra Dilma Rousseff disse que não critica Lula "nem que a vaca tussa". (págs. 1 e 25 a 27 e Cartas dos Leitores)

Pela 1ª vez, genoma revela causa de doença
 

Todo o DNA de um homem foi sequenciado para revelar a origem de sua doença, uma rara síndrome que afeta as terminações nervosas de mãos e pés. Essa foi a primeira vez que o genoma humano teve aplicação médica. (págs. 1 e 28)

Slim passa Gates; Eike é o 8º mais rico (págs. 1 e 23)
 


General que criticou gays é aprovado (págs. 1 e 10)
 


Enem: governo desiste de fazer duas provas (págs. 1 e 11)
 


------------------------------------------------------------------------------------

Folha de S. Paulo
 


 

Manchete: Governo cancela Enem do meio do ano
 

Universidades terão de retornar ao vestibular ou convocar alunos que fizeram o exame no ano passado

O Ministério da Educação do governo Lula anunciou que não haverá edição de meio do ano do Enem, ao contrário do que estava previsto desde que o exame passou a ser usado para substituir os vestibulares em universidades federais.

Segundo o ministro Fernando Haddad (Educação), não houve tempo para organizar o exame com a segurança adequada. A prova vazou no ano passado, quando passou a ser utilizada para selecionar calouros.

Para as instituições que usariam o Enem para selecionar turmas no segundo semestre, Haddad sugeriu chamar alunos que fizeram o exame no ano passado.

Algumas universidades, no entanto, já decidiram que voltarão a usar o vestibular.

A Folha apurou que a nova edição da prova deve ser aplicada apenas depois do segundo turno das eleições.

O governo considera que há mais riscos de tentativa de fraude em 2010, por ser período eleitoral. (págs. 1, C1 e C4)

Peluso quer reduzir férias do Judiciário
 

Os ministros do Supremo escolheram Cezar Peluso para presidir o tribunal até 2012. Ele assume em abril.

O presidente eleito do STF tem 67 anos e raramente dá entrevistas. Quando fala, é sobre o Judiciário.

Sua escolha marca urna mudança de perfil em relação ao atual presidente do Supremo, Gilmar Mendes.

Em entrevista a Fernando Rodrigues, Peluso sugeriu cortar as férias de juízes de 60 para 30 dias. (págs. 1 e A4)

Antônio Gois
Medida provoca frustração, mas é decisão sensata (págs. 1 e C4)

Brasil não deve apoio a todo tipo de dissidente, afirma Amorim
 

Um dia após o presidente Lula criticar o uso da greve de fome por presos políticos em Cuba e compará-los a criminosos comuns, o chanceler Celso Amorim disse que apoiar "tudo que é dissidente" não é papel do país.

Segundo Amorim, o Brasil não condena publicamente violações em Cuba porque "essas condenações feitas muito habitualmente não têm efeito prático". (págs. 1 e A12)

Opinião

Direito de oposição não se submete a filtros ideológicos
José Carlos Dias Especial para a Folha

Presidente Lula, ex-preso político, como é possível submeter a filtro ideológico o direito de oposição? Por que não usou seu prestígio para influenciar Cuba a dar um basta à tortura? (págs. 1 e A3)

José Carlos Dias, advogado criminal, defendeu presos políticos na ditadura militar.

Em votação do pré-sal, Planalto tem nova derrota
 

O governo Lula foi derrotado novamente na votação do pré-sal. Proposta aprovada na Câmara prejudica os chamados Estados e municípios produtores na divisão dos royalties da exploração, como Rio e São Paulo. Se o Senado não a derrubar, Lula pretende vetá-la. (págs. 1 e B4)

Eike sobe de 61º para 8º em lista dos mais ricos
 

Embalado pela alta das ações de suas companhias, Eike Batista, do Grupo EBX, teve um aumento de patrimônio de US$ 19,5 bilhões e se tornou o oitavo homem mais rico do mundo, com US$ 27 bilhões. Em 2009, ele ficou em 610 no ranking da revista "Forbes". (págs. 1 e B12)

Criança brasileira está mais alta, aponta pesquisa
 

Estudo com 41.654 crianças e adolescentes brasileiros revela que, dos 7 aos 17 anos, eles são mais altos que os americanos: uma menina de 9 anos mede 1,38 m no Brasil e 1,34 m nos EUA, em média. Há 20 anos, o crescimento brasileiro ficava abaixo do internacional. (págs. 1 e C9)

Opinião
 

Sede do governo de Minas Gerais contempla futuro

José Carlos Sussekind
Especial para a Folha

A Cidade Administrativa em Belo Horizonte é um projeto com os olhos voltados para o futuro. (págs. 1 e A11)

José Carlos Sussekind é professor e engenheiro.

Editoriais
 

Leia "Passou do limite", sobre Lula e sua reiterada defesa do regime cubano; e "Lei Seca", acerca do trânsito em SP. (págs. 1 e A2)

------------------------------------------------------------------------------------

O Estado de S. Paulo
 


 

Manchete: Governo quer Receita com poder de policia e Justiça
 

Pacote que fecha cerco aos contribuintes começa a tramitar no Congresso

Um pacote tributário enviado pelo governo ao Congresso, e que começará a tramitar agora, cria duros mecanismos de cobrança das dívidas ativas e penhora de bens, informa o repórter Renato Andrade. A Fazenda quer que seus fiscais ganhem poderes de polícia e possam quebrar sigilo, penhorar bens e até arrombar portas de empresas e casassem autorização judicial prévia. Além disso, o pacote cria um sistema de investigação com acesso a todos os dados financeiros e cadastros patrimoniais dos cidadãos. No limite, a penhora poderá ser aplicada contra uma grande empresa ou contra um contribuinte pessoa física que tenha deixado de pagar o IPTU ou o IPVA. O Planalto considera as propostas “indispensáveis” para “modernizar" a administração fiscal. Para a OAB, o projeto é inconstitucional. (págs. 1, B1 e B3)

Principais pontos da proposta
Cria sistema de investigação com acesso aos dados financeiros e patrimoniais dos cidadãos

Autoriza penhoras por oficiais da Fazenda Pública sem a interferência da Justiça

Determina ao Judiciário que autorize aos oficiais de Fazenda poderes de arrombamento

Sujeita todas as medidas adotadas apenas a um posterior crivo da Justiça

Amorim culpa EUA por regime cubano
 

Depois de dizer que não se sentiu constrangido com declarações do presidente Lula, que comparou dissidentes cubanos em greve de fome a "bandidos" de São Paulo, o chanceler Celso Amorim responsabilizou os EUA pelo regime de Havana. "Se alguém está interessado em evolução política em Cuba, eu tenho a receita rápida: acabe com o embargo", disse. Ontem, países europeus condenaram a repressão a dissidentes. (págs. 1 e A12)

Lula critica Serra, que prefere evitar confronto
 

O presidente Lula provocou ontem o tucano José Serra ao dizer que, em ano eleitoral, "tem gente inaugurando até maquete" - na véspera, o governador e provável candidato à Presidência apresentou a maquete da ponte Santos-Guarujá. Embora os tucanos tenham reagido à fala de Lula, dizendo que o presidente já inaugurou “três vezes” a mesma obra, Serra preferiu silenciar, afirmando, por meio de sua assessoria, que “não se sente atingido". (págs. 1 e A8)

Eugênio Bucci
Jornalista

Provocações eleitoreiras

Lula calcula. Se anda meio desbocado, não é por descontrole, mas para ostentar soberania. É assim que promete eleger Dilma Rousseff. No exercício do cargo, é o cabo eleitoral mais loquaz - e ai de quem reclamar. (págs. 1 e A2)

Foto legenda: Duelo - Em Cubatão, Lula inaugura termelétrica que ficou pronta em novembro: presidente fustiga Serra e é criticado por tucanos

Tesoureiro do PT vai ser indiciado por estelionato
 

O promotor de Justiça José Carlos Blat disse que vai requerer o indiciamento criminal e denunciar à Justiça o ex-presidente da Bancoop João Vaccari Neto, por formação de quadrilha, estelionato, apropriação indébita e lavagem de dinheiro. Atualmente, Vaccari Neto é tesoureiro do PT. (págs. 1 e A4)

Avança projeto que obriga SUS a oferecer todos os remédios
 

O Sistema Único de Saúde poderá ter de fornecer remédios que não estão na tabela de distribuição gratuita, após análise de colegiado do Ministério da Saúde. É o que diz projeto aprovado ontem pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado. O texto segue agora para a Comissão de Assuntos Sociais. (págs. 1 e A18)

Enem: Governo descarta duas edições por ano
 

Anunciada em 2009, medida foi cancelada por questões burocráticas. (págs. 1 e A17)

Notas e Informações: A ditadura justificada
 

Lula descortina o lado mais tenebroso de sua personalidade política, ao condenar os "homens capazes de morrer por seus ideais" e ao sair em defesa dos seus algozes. (págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------

Jornal do Brasil
 


 

Manchete: Só as UPPs não bastam
 

Babilônia e Chapéu Mangueira reclamam: segurança não foi acompanhada de outros serviços

Há nove meses era instalada a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) nos morros Chapéu Mangueira e Babilônia. A promessa das autoridades era que, com a segurança reforçada e livre do tráfico armado, a comunidade receberia investimentos e todos os serviços de órgãos que alegavam ser o local uma área´ de risco. Mas os moradores se queixam do abandono: a coleta de lixo não passa todo dia, não há manutenção nas lâmpadas e não existe posto de saúde. (págs. 1 e Tema do dia A2 e A3)

Foto legenda
 

Supremo – Por voto do plenário, o ministro Cezar Peluso será o novo presidente do STF. A posse será dia 23 de abril, e Peluso deixou claro que adotará um estilo mais discreto que o antecessor Gilmar Mendes. (págs. 1 e País A4)

Sucesso das UPAs leva seu modelo até ao Haiti
 

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) caíram no gosto popular, tendo atendido mais de 4 milhões de pessoas desde a sua instalação no Rio, em 2007. O sucesso levou o governo federal a estender o modelo a outros estados e, agora; a exportá-lo a países como o Haiti. (págs. 1 e Cidade A15)

Rio sofre cerco pelo pré-sal
 

Maior produtor de petróleo do país, o Rio poderá perder R$ 5 bilhões de royalties por ano, caso seja mantido o texto do projeto de lei que trata das regras de distribuição de royalties e disciplina a exploração do pré-sal. Na noite de ontem, em votação na Câmara, políticos do estado duelaram contra os interesses dos não produtores. (págs. 1 e País A8 e Editorial)

Anac lança a ´etiqueta-aperto´
 

Passageiros de companhias aéreas regulares terão acesso, no ano que vem, a uma etiqueta da Anac que, colada às passagem e aos próprios assentos, vai informar o espaço útil existente entre as poltronas de cada aeronave. Cinco faixas mostrarão variações de menos de 67 cm (categoria E) até mais de 73 cm (A). (págs. 1 e Economia A18)

Coisas da política
 

O papel do Brasil no Oriente Médio. (págs. 1 e A2)

Informe JB
 

Hélio Costa vai ceder palanque a Dilma. (págs. 1 e A4)

Anna Ramalho
 

Dilma coleciona cartões de bajuladores. (págs. 1 e A15)

Sociedade Aberta
 

Matias Spektor
Cientista político do CFR

O que o Brasil quer com o Irã? (págs. 1 e A21)

------------------------------------------------------------------------------------

Correio Braziliense
 


 

Manchete: Câmara quer impedir posse de distrital preso
 

Ameaçado de intervenção, o Legislativo tenta evitar a todo custo um enorme constrangimento: conceder o mandato de distrital a Geraldo Naves. Ele está preso na Papuda por envolvimento no suborno de testemunha. O presidente da Câmara, Cabo Patrício, avisou que não convocará Naves para assumir a suplência de Júnior Brunelli, apesar de parecer favorável da Procuradoria da casa. Na PF, o médico Brasil Caiado descartou novamente a internação de Arruda. (págs. 1, 33 e 35)

Cristovam X Roriz

Senador do PDT admite concorrer ao GDF caso Joaquim Roriz confirme a candidatura pelo PSC. Partidos de esquerda buscam nome único para a sucessão ao Buriti. (págs. 1 e 36)

Ativismo cultural no combate à violência e à AIDS
 

A venezuelana Gabriela Grosso imprimiu um sentido social à arte. Ela está à frente de um projeto cultural destinado a socorrer mulheres vítimas de violência e prevenir a Aids. Em 2009, arrecadou R$ 40 mil por meio de um leilão artístico. Os interessados adquiriam as peças, numeradas, com um trabalho exclusivo de artistas solidários à causa. Concertos eruditos e show de Ney Matogrosso são atrações deste ano. (págs. 1 e Diversão & Arte, Capa)

Dengue: Mutirão vai se estender por todo o DF
 

Com 1.541 casos registrados da doença, e duas mortes confirmadas, a Secretaria de Saúde vai ampliar nos próximos dias as ações de prevenção e combate ao mosquito Aedes Aegypti por todas as regiões da cidade. A Vila Planalto ainda é a região com maior número de ocorrências: 428. (págs. 1 e 37)

Empréstimo: BB instaura o monopólio do consignado
 

Sindicatos, Ministério Público e instituições financeiras acusam o Banco do Brasil de tentar impor exclusividade na concessão de crédito consignado a funcionários públicos. Apenas na prefeitura de São Paulo, 200 mil servidores só podem utilizar as condições de empréstimo estabelecidas pelo BB. (págs. 1 e 22)

Eleições: Meirelles sai do BC rumo à vice de Dilma
 

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, deixa o cargo até o fim do mês com planos de ocupar a vaga de vice na chapa de Dilma Rousseff. Na avaliação do PT, Meirelles seria a garantia de continuidade da política econômica, a letra viva da carta aos brasileiros apresentada por Lula em 2002. (págs. 1, 2 e 3)

Gripe suína: Tire as dúvidas sobre a doença e a vacina (págs. 1 e 13)
 


------------------------------------------------------------------------------------

Valor Econômico
 


 

Manchete: Chineses acirram briga por R$ 6 bi de Belo Monte
 

Propostas agressivas de fornecedores chineses movimentam os bastidores do leilão de Belo Monte. Com custos muito baixos, até 30% ou 40% inferiores aos dos tradicionais fabricantes europeus, os chineses estão de olho em contratos de fornecimento de turbinas e equipamentos para nova usina, que podem somar R$ 6 bilhões. Eles ameaçam a hegemonia das europeias Alstom, Voith e Andritz. Entre os concorrentes chineses estão a Dongfang, que vai estrear no mercado brasileiro com turbinas para a hidrelétrica de Jirau, e a Harbin, que está se associando à companhia argentina Impsa.

Em termos de preço, os europeus sabem que não podem competir com os chineses. Mas jogam com o fato de possuir fábricas e gerar empregos no Brasil. Os chineses também não terão financiamento do BNDES, mas certamente encontrarão crédito em seu país. "A pressão sobre os fornecedores está muito forte", diz o diretor de energia da Alstom, Marcos Costa, em função da tarifa proposta pelo governo federal, considerada baixa. (págs. 1 e B1)

Foto legenda: Lâmpadas ´verdes´
 

A troca de lâmpadas incandescentes pelas econômicas ´verdes´ de nova geração deve impulsionar as vendas da Osram no Brasil, prevê Martin Goetzeler, CEO global da companhia. (págs. 1 e B12)

BP negocia entrada no pré-sal
 

A gigante petroleira britânica BP é a principal candidata a comprar um conjunto de ativos da americana Devon Energy, numa transação de mais de US$ 5 bilhões que levaria a BP às cobiçadas novas regiões produtoras na costa brasileira. O acordo, que deve ser anunciado nos próximos dias, também reforçaria a posição dominante da BP no Golfo do México e lhe daria participação no Canadá.

A Devon, com sede em Oklahoma, não tem recursos para desenvolver todos os seus projetos. Outros interessados, como a China National Offshore Oil (Cnooc) e Chevron também disputam a aquisição, mas é pouco provável que consigam superar a BP, segundo fonte do setor. (págs. 1 e B13)

Cristalina vive maior euforia desde os cristais
 

Maior PIB agropecuário de Goiás, com 40 mil habitantes, Cristalina vive momento de euforia inédito desde o fim do garimpo de cristais, há mais de um século. A cidade é o epicentro de uma nova onda de investimentos da indústria de alimentos no Centro-Oeste. Água abundante, alta tecnologia nas lavouras, diversidade de matérias-primas, incentivos fiscais e proximidade de grandes centros consumidores iniciaram uma disputa acirrada por grãos, cereais, hortas e pomares na região. Municípios como Luziânia, Orizona, Goiandira e Morrinhos também participam da febre de industrialização do campo, com investimentos totais de R$ 1 bilhão em três anos.

Dona da maior área irrigada por pivôs centrais na América Latina, Cristalina conta os dias para a abertura de três grandes fábricas de conservas e atomatados. Atrás de cada uma espera receber outras seis empresas - de embalagens a transportes, de manutenção a serviços. Custos baixos, mão de obra barata, logística privilegiada e produção de até quatro safras por ano são fatores que alimentam a nova onda. (págs. 1 e A16)

Governo vai criar seguradora para projetos de infraestrutura
 

O governo vai criar uma seguradora estatal para oferecer seguro de crédito aos grandes projetos de infraestrutura previstos para os próximos anos, como a construção do trem-bala entre São Paulo e Rio. Ele pretende anunciar ainda neste ano a criação da empresa, que deverá ser bancada pelo Tesouro e poderá recorrer a recursos de fundos públicos.

A ideia, segundo uma fonte graduada do governo, é corrigir uma falha de mercado, já que hoje não há seguradoras nacionais de grande porte e as internacionais estão combalidas por causa da crise financeira. Além disso, a nova seguradora reduzirá os riscos do BNDES, que desembolsará de R$ 40 bilhões a R$ 50 bilhões anuais nos próximos quatro anos. (págs. 1 e C1)

Ambientalistas lançam ofensiva no Congresso
 

A bancada ambientalista no Congresso lançou a campanha
"Exterminadores do Futuro" para identificar os parlamentares engajados na modificação das leis ambientais. O alvo imediato é a votação do Código Florestal, mas a campanha deve se estender com o objetivo de comprometer a reeleição da bancada ruralista. Encarada como "intimidatória" pelos parlamentares desse grupo, inclusive petistas, a campanha tem o apoio da ONG Fundação SOS Mata Atlântica. "Temos que constrangê-los", diz o presidente da Frente Ambientalista, deputado Sarney Filho (PV-MA). (págs. 1 e A10)

Grécia paga juros altos e cresce chance dê precisar de ajuda externa (págs. 1 e C10)
 


Radares nas estradas
 

O DNIT reabre a concorrência para instalação de radares nas rodovias federais. Os contratos deverão custar R$ 1,4 bilhão ao governo. (págs. 1 e A2)

Arrecadação em alta
 

Os Estados iniciaram o ano com o caixa reforçado pelo aumento na arrecadação de impostos no primeiro bimestre. Além da recuperação da economia, a base de comparação deprimida colabora para o resultado. (págs. 1 e A3)

Negócios aeroespaciais
 

A estatal sueca Swedish Space Corporation negocia a compra de foguetes produzidos no Brasil pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço para o programa europeu de microgravidade. Cada unidade custa cerca de R$ 750 mil. (págs. 1 e B2)

Batalha aérea
 

A Anac multou a Aerolíneas Argentinas por vender passagens com destino ao Brasil partindo do Aeroparque de Buenos Aires antes de obter autorização da agência brasileira. (págs. 1 e B6)

Contratos no metrô peruano
 

A filial brasileira da Bombardier venceu concorrência para fornecer o sistema de sinalização do metrô de superfície de Lima. A obra é tocada por consórcio operado pela Odebrecht. (págs. 1 e B11)

Parceiros no alcooduto
 

A PMCC – parceria de Petrobras, Mitsui e Camargo Corrêa para construção de alcooduto do Centro-Oeste ao litoral do Sudeste - negocia novos sócios para o empreendimento. (págs. 1 e B15)

Recordes mundiais na soja
 

Departamento de Agricultura dos EUA prevê recorde na produção mundial de soja. A demanda também deve ter alta inédita na década. (págs. 1 e B16)

Suínos para os EUA
 

O governo dos EUA sinalizou a autoridades brasileiras que poderá abrir seu mercado às exportações de carne suína de Santa Catarina. (págs. 1 e B16)

Ideias
 

Marta Inês Nassif: PSDB tem 3 meses para reverter avanço de Dilma. (págs. 1 e A10)


Ideias
 

José Roberto Campos: fundos regionais são ameaça ao FMI. (págs. 1 e A2)

------------------------------------------------------------------------------------

Estado de Minas
 


 

Manchete: Vereadores param Câmara de BH para fazer chantagem (pág. 1)
 


------------------------------------------------------------------------------------

Jornal do Commercio
 


 

Manchete: Mega-Sena é do Recife
 

Sorteio de ontem à noite marcou os 14 anos da loteria e o felizardo recifense vai receber R$ 29.887.804,73 por ter acertado sozinho as dezenas 01,03,05,18,40 e 48. Se investido na poupança, valor renderá cerca de R$ 150 mil por mês. (pág. 1)

Ministro descarta prova do Enem no primeiro semestre (pág. 1)
 


Sebastián Piñera leva direita de volta ao comando do Chile (pág. 1)
 


------------------------------------------------------------------------------------

- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.