- Links
» Página Inicial
» Estadão
» Revista Veja
» Revista Época
» Folha de São Paulo
» Revista Isto É
» Revista Carta Capital
» Prefeitura de Pirassununga
-
BALAIO DO BUYA
Jornal Virtual
-
» Contato
 
 
- Balaio do Buya
SINOPSE DOS PRINCIPAIS JORNAIS DO PAÍS - 29.03.2010

29 de março de 2010

O Globo
 


Manchete: PAC-2 vai ser lançado hoje, mesmo com PAC-1 atrasado
 

Governo só pagou, em 3 anos, 16,4% das obras anunciadas em estradas

O governo federal, que lançará hoje o PAC-2, não tem conseguido cumprir os investimentos previstos para a construção e a recuperação de rodovias federais, incluídas na primeira versão do PAC. Segundo dados oficiais, obtidos em fontes como o Sistema Integrado de Administração Financeira só R$ 7,4 bilhões (16,41%) dos recursos anunciados foram pagos de 2007 a 2009, em relação ao que se espera desembolsar até 2010. No relatório de três anos de balanço do PAC, o governo alega que foram investidos R$ 20,8 bilhões em obras concluídas. (págs. 1 e 3)

O procurador do TCU defende punição rigorosa contra a falta de prestação de contas de repasses feitos pela União, como noticiou O Globo. (págs. 1 e 4)

Lindberg ganha prévia e disputará o Senado
 

O prefeito de Nova Iguaçu, Lindberg Farias, derrotou a secretária estadual de Assistência Social, Benedita da Silva, nas prévias do PT, e será o candidato do partido ao Senado em outubro. O diretório regional anunciou o resultado ontem à noite, mesmo sem o fim da apuração, porque as projeções indicavam uma diferença de votos que não poderia ser alcançada. Lindberg integrará a chapa que apoia o governador Sérgio Cabral (PMDB), de quem já foi ferrenho crítico. (págs. 1 e 4)

Casal Nardoni quer novo julgamento
 

Os advogados de Alexandre Nardoni e Anna Jatobá, condenados pela morte da menina Isabel1a, querem a realização de novo julgamento, o que gerou polêmica no meio jurídico. Para alguns criminalistas, o casal tem esse direito porque o crime foi cometido na época em que a lei previa um segundo tribunal do júri para penas de prisão acima de 20 anos. Outros acham que vale a lei atual. (págs. 1 e 10)

Papa diz em missa que não se deixará intimidar
 

Numa alusão indireta às acusações que o levaram ao centro do escândalo de abusos sexuais de menores por religiosos católicos, o Papa Bento XVI disse ontem, na missa de Domingo de Ramos na Praça de São Pedro, que "Deus dá coragem para que não nos deixemos intimidar pelas fofoquinhas da opinião dominante". Clérigos católicos saíram em defesa do Pontífice, mas, em Londres, manifestantes pediram sua abdicação. Já o presidente da Suíça sugeriu a criação de um cadastro de padres pedófilos. (págs. 1 e 22)

------------------------------------------------------------------------------------

Folha de S. Paulo
 


 

Manchete: Mudança na lei dá mais espaço na TV a candidatos
 

Presidenciável poderá aparecer em programa estadual de aliado nacional

Presidenciáveis vão ter mais espaço no horário gratuito graças a nova regra que permite, por exemplo, a aparição de Lula e Dilma Rousseff no programa estadual de partidos da aliança nacional, ainda que o PT não integre a coligação no Estado.
A mudança foi aprovada pelo Congresso em 2009. Antes, a presença de um político no horário gratuito estava restrita ao tempo de seu partido ou sua coligação.
A norma tende a beneficiar o presidente e sua candidata, já que o PT terá mais tempo no horário eleitoral em razão das suas coligações nacionais - Dilma e Lula poderão aparecer em programas em vários Estados. Embora a regra se aplique a José Serra, pré-candidato do PSDB, o arco de alianças da oposição e o tempo dela na TV devem ser menores.
Candidatos a presidente, governador e senador também vão poder "invadir" os programas de postulantes a vagas de deputado. (págs. 1 e A10)

Alckmin dispara em SP; pelo PT, Suplicy supera Mercadante
 

No primeiro levantamento do Datafolha em 2010 para avaliar as intenções de voto ao governo de São Paulo, o ex-governador tucano Geraldo Alckmin aparece disparado à frente dos seus potenciais adversários.
No cenário mais favorável, Alckmin tem 53% das intenções de voto. A pesquisa alternou os nomes de Eduardo Suplicy e Aloizio Mercadante como candidatos do PT. Eles aparecem com 19% e 13%, respectivamente.
Celso Russomano (PP) tem 10%, Fabio Feldmann (PV), 3%, e Ivan Valente (PSOL), 1%. Paulo Skaf (PSB) tem 2% se for candidato. Ainda há incertezas sobre as candidaturas dos partidos no Estado. (págs. 1 e A4)

Fernando de Barros e Silva
Dupla de direita, manda brasa na eleição paulista

Se confirmado o favoristismo de Geraldo Alckmin e Guilherme Afif, voltará ao poder o núcleo mais conservador e menos cerebral do tucanato, a turma cujo lema é "amassar barro". (págs. 1 e A2)

União de redes de varejo cria gigante e mira Nordeste e RJ
 

As redes de móveis e eletrodomésticos Insinuante (BA) e Ricardo Eletro (MG) devem anunciar até amanhã a união de suas operações.
Com 480 lojas em 17 Estados, a nova empresa deve ser a segunda colocada no ranking do varejo, atrás de Pão de Açúcar/Casas Bahia, e quer ampliar seus negócios no Nordeste, no interior paulista e no Rio de Janeiro.
O controle será meio a meio, e cada rede possuirá 50% de participação. (págs. 1 e A13)

Dilma lança hoje PAC 2 sem revelar dados sobre a 1ª etapa
 

Ministra da Casa Civil deixará o cargo daqui a dois dias para disputar Presidência; governo não divulga informações de 94% das ações do programa. (págs. 1 e A11)

Papa diz que não será intimidado por "fofocas"
 

Alvo de críticas por acobertar casos de pedofilia envolvendo padres, o papa Bento 16 disse em missa no Domingo de Ramos, no Vaticano, que a fé lhe dá coragem. Para ele, vem de Deus a "coragem que não se deixa intimidar por fofocas de opiniões dominantes". (págs. 1 e A14)

Fracassa plano para tratar água do rio Pinheiros
 

Fracassou a tentativa do governo paulista de tratar a água do rio Pinheiros para levá-la à represa Billings, que abastece a capital. Após dois anos de testes e R$ 80 milhões, a limpeza não atingiu o exigido pelo Ministério Público. O governo quer melhorar o sistema. (págs. 1 e C1)

Editoriais
 

Leia "Menos embaraços", sobre normas cambiais; e "Clube nuclear", acerca de acordo entre EUA e Rússia. (págs. 1 e A2)

------------------------------------------------------------------------------------

O Estado de S. Paulo
 


 

Manchete: MP cobra governo sobre venda de terra a estrangeiros
 

Ministério Público diz que transações não são fiscalizadas como manda a lei e aponta riscos à soberania nacional

A compra de terras por estrangeiros no Brasil está ocorrendo sem controle das autoridades. A constatação é do Ministério Público Federal, que decidiu cobrar do governo a fiscalização dessas transações. Os procuradores também querem que a Corregedoria Nacional de Justiça alerte os cartórios de imóveis sobre a lei que impõe registro especial para negócios de terras com pessoas do exterior, procedimento que nem todos os tabeliões realizam. A procuradoria defende o controle da venda de terras a estrangeiros com argumentos em defesa da soberania nacional e manifesta preocupação com a formação de enclaves controlados do exterior. Os estados mais procurados são Mato Grosso, São Paulo e Mato Grosso do Sul. (págs. 1 e Nacional A4)

Meirelles vai deixar o BC para concorrer
 

Os nove pontos de vantagem que o Datafolha deu a José Serra (PSDB) sobre Dilma Rousseff (PT) animaram o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, a sonhar com a vaga de vice na chapa da ministra ao Planalto, relatam Fernando Nakagawa e Sônia Racy. Oficialmente, ele quer o Senado. (págs. 1 e Nacional A10)

Fusão criará novo gigante do varejo
 

Mais um negócio para reforçar a consolidação do varejo deve ser anunciado hoje. A rede Insinuante, com sede na Bahia e líder no Nordeste, deverá se unir à mineira Ricardo Eletro. Vão criar a segunda maior empresa de eletroeletrônicos e móveis do País, com faturamento estimado em mais de R$ 4 bilhões. (págs. 1 e Economia B8)


Promotor pede punição no caso Metrô
 

O Ministério Público ingressa amanhã com ação para que o Consórcio Via Amarela pague R$ 238 milhões pelo desabamento nas obras da Linha 4 do Metrô, que causou sete mortes em 2007. (págs. 1 e Cidades C1)

Obama faz visita surpresa
 

Obama visita base dos EUA no Afeganistão, onde pediu ao governo que ataque a corrupção. (págs. 1 e Internacional A15)

Brasil ajuda e refém das Farc é resgatado
 

A bordo de um helicóptero do Exército brasileiro, uma missão humanitária conseguiu resgatar ontem o soldado colombiano Josué Daniel Calvo. Ele era refém das Farc desde abril do ano passado. (págs. 1 e Internacional A12)

Repasse federal gera corrupção, diz estudo (págs. 1 e Economia B1)
 


Carros esperam mais um dia por Rodoanel (págs. 1 e Cidades C3)
 


Visão global
 

Nova luta mexicana

Nenhuma análise de custo-benefício justifica o prosseguimento da guerra contra o narcotráfico no México, escreve Jorge Castañeda.(págs. 1 e Internacional A16)

Carlos A. Sardenderg
 

Alguém vai se decepcionar

A conta não fecha com as promessas do governo. E aí? Ai é que muita coisa não vai acontecer. (págs. 1 e Economia B2)

Notas e Informações
 

A China e a crise no Mercosul

A presença chinesa no Mercosul causou desvios de comércio dentro do bloco. (págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------

Jornal do Brasil
 


 

Manchete: Vasco tira o pé da lama
 

Com uma goleada de 3 a 0 sobre o Fluminense, no Maracanã, o Vasco espantou a crise e voltou a depender de si para chegar à semifinal da Taça Rio. Os gols foram de Thiago Martinelli, Dodo e Fágner - hoje, às 19h30, o Botafogo pega o Boavista. Na F-1, Flipe Massa foi o terceiro na Austrália e é o vice-líder do campeonato. No GP Class 1 de Motonáutica, na baía de Guanabara, vitória da equipe árabe Victory, com os barcos Fazza 3 e Fazza 1. (págs. 1, Esportes D3 a D6 e D8)

Sempre o Império...

No Engenhão, o Flamengo bateu o América por 2 a 1 de virada, gols de Adriano e Vagner Love. (págs. 1 e Esportes D7)

Toda a fé dos jovens para 2014
 

União - O arcebispo do Rio, D. Orani Tempesta, comandou a massa jovem no Centro do Rio, na comunhão do sonho de trazer para a cidade a 29ª edição da Jornada Mundial da Juventude, em 2014, com a presença do papa. (págs. 1 e Cidade A14)

Lindberg é o candidato do PT do Rio ao Senado
 

Lindberg Farias é o candidato do PT ao Senado pelo Rio. Na prévia disputada ontem, o prefeito de Nova Iguaçu concorria com a ex-senadora Benedita da Silva pela vaga. Para Lindberg, o resultado é uma demonstração do desejo dos militantes do PT no Rio de maior presença no governo. "O PT sai unido. O grupo da Benedita irá nos apoiar na campanha", festejou o vencedor. (págs. 1 e Cidade A14)

Defesa dos Nardoni ainda luta
 

A defesa de Alexandre Nardoni e Ana Carolina Jatobá confia na anulação do julgamento do casal, por causa da lei, em vigor à época do crime, que previa novo júri popular em casos de condenações iguais ou superiores a 20 anos de detenção. (págs. 1 e País A5)

Brasil ajuda a resgatar refém
 

O soldado colombiano Josué Calvo, refém da guerrilha das Farc há quase um ano, foi libertado ontem com a ajuda de dois helicópteros militares brasileiros, na zona rural de Meta, ao centro-leste da Colômbia. Calvo foi entregue a delegados da Cruz Vermelha, à senadora Piedad Córdoba e ao monsenhor Leonardo Gómez Seena.(págs. 1 e Internacional A17)

Estrelas e gafes na Amazônia
 

O Fórum Internacional de Sustentabilidade fez de Manaus um palco para discussões ecológicas e um desfile de estrelas como o ex-vice-presidente americano Al Gore e o cineasta James Cameron. Este cometeu uma gafe ao criticar a construção da usina de Belo Monte "no Amazonas", quando ela será em Altamira, no Pará. (págs. 1 e Tema do dia A2 a A4)

Sociedade Aberta
 

Paulo Viegas
Consultor legislativo do Senado

Deve-se chegar a um bom termo na questão dos royalties. (págs. 1 e A11)

Sociedade Aberta
 

Maria Alice Setúbal
Socióloga

Escola: opção cultural da criança à TV. (págs. 1 e A8)

------------------------------------------------------------------------------------

Correio Braziliense
 


 

Manchete: Denúncia suspende concurso da PM
 

A busca pelo cargo na Polícia Militar e por um salário de R$ 4 mil, parece não ter fim para os candidatos a soldado da PM que participam da seleção desde o ano passado. O conselheiro do Tribunal de Contas do DF, Renato Rainha decidiu suspender o concurso por conta de suspeitas de venda de gabarito da prova. É a terceira vez que o processo acaba paralisado. Um grupo de candidatos indignados protestou ontem e vai protocolar hoje um Mandado de Segurança no Tribunal de Justiça do DF, para garantir que a seleção vá até o fim. (págs. 1 e 13)

E se Durval não aparecer?
 

Distritais ainda divergem sobre o que é melhor para as investigações da CPI da Codeplan: ouvir o delator das denúncias da Caixa de Pandora agora ou mais tarde. De qualquer forma, Durval Barbosa é aguardado para prestar depoimento amanhã, mas provavelmente não comparecerá. (págs. 1 e 21)

Copa ajuda vendas de televisores
 

Proximidade do Mundial impulsiona procura por modelos maiores. Como sempre, o ideal é pesquisar e pechinchar. Diferença de preço de uma TV de 40 polegadas entre as lojas pode chegar a mais de R$ 300. (págs. 1 e 12)

Tratamento de câncer no DF exclui 40% dos doentes (págs. 1, 24 e 25)
 


Papa ignora escândalo
 

Bento XVI celebra a procissão do Domingo de Ramos no Vaticano a bordo do papamóvel, em frente aos milhares de fiéis que pareciam não se importar com as denúncias de acobertamento de pedofilia. (págs. 1 e 37)

Defesa de Nardoni quer novo júri
 

Advogados de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá vão tentar, por meio de brecha na lei, requisitar um novo julgamento para o casal condenado na madrugada do último sábado pela morte da menina Isabella. (págs. 1 e 7)

------------------------------------------------------------------------------------

Valor Econômico
 


 

Manchete: Tereos traz sede e ativos de € 1 bilhão para o Brasil
 

O grupo francês Tereos, dono da Açúcar Guarani, quarta maior empresa do setor sucroalcooleiro nacional, escolheu o Brasil para ser o centro financeiro de seu negócio. A companhia trará seus ativos da Europa e da região do Oceano Índico - estimados em € 1 bilhão - para uní-los com a Guarani, numa operação que totaliza € 1,7 bilhão.

Será criada a Tereos Internacional, que abrigará os ativos estrangeiros, com exceção da produção de açúcar de beterraba na França, e terá sede no Brasil. Essa companhia vai incorporar a Guarani. (págs. 1 e B15)

Miniapagões cresceram até 70% no verão
 

Os miniapagões de energia e1étrica passaram a fazer parte do dia a dia dos consumidores de três grandes regiões do país - São Paulo, Rio e Distrito Federal. A duração total desses miniblecautes aumentou de 5O% a 70% nos últimos doze meses até o auge do verão de 2010, em comparação com igual período anterior. O número de horas/ano sem energia subiu de 10 a 11 em 2009 para 15 a 17 em 2010, dependendo da concessionária. O grande apagão de novembro - relatório divulgado pela Aneel responsabilizou Furnas por esse evento - responde por boa parte desse aumento. Os indicadores de qualidade, entretanto, pioraram tanto nos meses anteriores quanto nos posteriores a novembro. (págs. 1, A3 e A4)

Juiz de Fora terá nova usina de aço
 

Juiz de Fora, em Minas, vai ter uma segunda siderúrgica de grande porte - já conta com usina do grupo ArcelorMittal, de 1 milhão de toneladas/ano. A nova unidade, com capacidade para 3,5 milhões de toneladas anuais, será construída pela Ferrous Resources do Brasil, subsidiária da Ferrous Resources Limited, companhia com sede na Ilha de Man, controlada por grandes fundos. O projeto, que exigirá investimentos de R$ 8,8 bilhões, faz parte de plano de R$ 17,94 bilhões que inclui também cinco minas de ferro em Minas Gerais. (págs. 1 e B1)

Cartão é arma do Itaú para chegar à classe C
 

O Itaú Unibanco está utilizando o cartão de crédito como principal instrumento para chegar à classe C e assegurar a presença em um mercado onde seus principais concorrentes, Bradesco e Banco do Brasil, mostram-se agressivos. O Itaú concluiu que, quando se trata de atender ao público de menor renda, a abordagem ostensiva não é a mais adequada. Por essa razão, fechou a financeira Taií e as lojas de rua da Fininvest, herdadas do Unibanco, que atendiam os não correntistas, um total de 470 pontos de atendimento.
Estar presente no ponto de consumo por meio de parcerias com varejistas, estimulando o uso do cartão, mostrou-se mais eficiente. Diferentemente da conta corrente tradicional que necessita de uma estrutura de rede de agências com custo fixo elevado, o cartão chega de forma mais fácil à classe C, com renda entre R$ 1 mil e R$ 2 mil. Permite ainda um relacionamento mais próximo e conhecimento do histórico de consumo do não-correntista, que o crédito pessoal não fornece. "Como é uma operação muito flexível e de custo operacional mais baixo, tem potencial muito grande para fazer transação e concessão de crédito", diz Roberto Setubal, presidente do Itaú Unibanco. (págs. 1 e C1)

Compra da Volvo por US$ 1,8 bi põe grupo Chinês Geely entre os grandes (págs. 1 e B13)
 


Siemens aposta em tecnologias ambientais para crescer, diz o CEO mundial, Peter Lörscher (págs. 1 e B10)
 


Copa verde
 

Obras para a Copa do Mundo de 2014 terão de cumprir padrões de sustentabilidade. "Queremos organizar a Copa mais verde da história", diz o ministro dos Esportes, Orlando Silva. (págs. 1 e A2)

Economia real do jogo virtual
 

Empresas de tecnologia descobrem nos "jogos sociais", disponíveis em sites de relacionamento, uma nova fonte de receita. Estimativas apontam que esse segmento deverá movimentar US$ 2 bilhões em 2012. (págs. 1 e B2)

O chefão das montadoras
 

Presidente da Fiat no Brasil desde 2004 e no comando do grupo na América Latina há 5 anos, Cledorvino Belini, que também é um dos 12 membros do "board" internacional, assume a Anfavea no fim de abril. (págs. 1 e B11)

Nortox quer fim de sobretaxa
 

A paranaense, Nortox, maior produtora nacional de agrotóxicos, tenta derrubar a sobretaxa cobrada na importação de glifosato chinês, matéria-prima para a produção de herbicidas. (págs. 1 e Bl5)

Verticalização no MT
 

Atraídas pela matéria-prima farta e de qualidade, empresas de tecelegam e fiação investem no Mato Grosso - maior produtor de algodão do país há quase um década. (págs. 1 e B16)

Seguro chega às favelas
 

Depois dos seguros massificados, as apólices residenciais chegam à baixa renda. O Bradesco já está oferecendo o produto nas favelas de Heliópolis, em São Paulo, e da Rocinha, no Rio. (págs. 1 e C3)

Sem fronteiras
 

Passado o pior momento da crise internacional, fundos multimercados começam a explorar a possibilidade de investir parte de seu patrimônio no mercado externo. (págs. 1 e D1)

Trimestre do minério de ferro
 

Ao contrário do que se esperava no início do ano, as ações de empresas voltadas ao consumo interno não brilharam. Siderurgia e mineração têm os melhores retornos até agora. (págs. 1 e D2)

Subscrição da Braskem
 

A uma semana do prazo para adesão dos minoritários ao aumento de capital da Braskem, preço das ações abaixo do estipulado na operação desestimula subscrições. (págs. 1 e D5)

Foco logístico
 

Em meio à crise, necessidade de ganhar eficiência e reduzir custos trouxe uma revalorização dos profissionais da área de logística, e com melhores postos e salários. (págs. 1 e D10)

Ideias
 

Miguel Jorge: retaliação cruzada contra os EUA pode abrir nova fase de respeito às decisões da OMC. (págs. 1 e A12)

Ideias
 

Pedro Cavalcanti e Renato Frageli: câmbio desvalorizado não garante desenvolvimento econômico. (págs. 1 e 13)

------------------------------------------------------------------------------------

Jornal do Commercio
 


 

Manchete: Ciro apaga Brasão
 

No clássico das Multidões, Sport vence Santa por 2X0, na Ilha. Na disputa dos ídolos, Ciro leva a melhor, marcando o primeiro gol, já o tricolor Brasão fez pouco em campo e acabou expulso. Leão segue líder invicto. (pág. 1)

Casal de estudantes morre em acidente (pág. 1)
 


Casal Nardoni recebe as primeiras visitas após a condenação (pág. 1)
 


Obra na BR 101 vai atrapalhar a viagem ao Litoral Sul no feriado (pág. 1)
 



------------------------------------------------------------------------------------

- Buya




Buya ©.Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta
página em qualquer meio de comunicação.